Acusação de assédio derruba cardeal da Igreja na Escócia

Keith O'Brien
Keith O'Brein foi acusado por
 três padres e um ex-sacerdote
O cardeal Keith O'Brien (foto), 74, renunciou hoje (25) ao cargo de chefe da Igreja Católica da Escócia, após a imprensa britânica ter divulgado que ele está sendo acusado de assédio sexual. Ele ia se aposentar ao final do próximo mês por atingir a idade máxima para exercer a atividade. É um ferrenho opositor à concessão de direitos aos homossexuais,

O assédio teria ocorrido há mais de 30 anos, de acordo com queixa encaminhada ao Vaticano por três sacerdotes e um ex-padre. No fim de semana, Federico Lomardi, porta-voz do Vaticano, informou que o papa Bento 16 deveria tomar uma decisão sobre as denúncias.

O ex-sacerdote declarou ao jornal inglês The Observer que O'Brien se aproveitava das orações noturnas com seminaristas para manter “contatos inapropriados”.

Ele disse que desistiu de ser padre quando O'Brien se tornou bispo. "Eu sabia que ele teria poder sobre mim”, afirmou. “Para a Igreja, eu larguei a batina para me casar, mas não foi por isso. Eu saí para preservar a minha integridade."

O'Brien negou que tivesse assediado seminaristas e atribuiu as acusações a pessoas que têm interesse de que ele não participe do conclave papal.

Um dias antes de o escândalo explodir na imprensa, O'Brien foi notícia por ter defendido publicamente o casamento de padres com a justificativa de que há sacerdotes que não conseguem cumprir o celibato.





Com informação das agências.

Padres acusam chefe da Igreja da Escócia de ‘atos impróprios’
fevereiro de 2013

Comentários

  1. "Um dias antes de o escândalo explodir na imprensa, O'Brien foi notícia por ter defendido publicamente o casamento de padres com a justificativa de que há sacerdotes que não conseguem cumprir o celibato."

    Não que ele não tenha aprontado no passado, no entanto, é ÓBVIO que essas acusações surgiram agora por puro oportunismo da ICAR diante do posicionamento anti-celibato deste clérigo!

    ResponderExcluir
  2. no vaticano só há víboras. O jogo pelo poder é constante.

    ResponderExcluir
  3. Miriam, católica de valores CADE VOCÊ MINHA FILHA

    Agora é hora de você voltar a se manifestar não achas?
    Defendeste ele e agora?

    Sérgio

    ResponderExcluir
  4. Mais um bispo caiu no tabuleiro do Catolicismo. Digo: cardeal.

    ResponderExcluir
  5. Padrão na ICAR, este comportamento exclarece como funciona o catolicismo.
    Abrigo de Pedofilos, pederastas,estrupadroes e demais criminosos sexuais.
    Todo depravado se esconde atras de uma bandeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí, pederastas (gays), pedófilos e demais criminosos sexuais...

      Antigamente, gays que iam pra prisão eram punidos com estupro pelos colegas de cela. Hoje são só os pedófilos, pois a maioria dos estupradores heterossexuais não recebem o mesmo tratamento por seus pares detentos...

      O melhor é que, antes dos atuais detentos irem pra cadeia, eles estiveram aqui do lado de fora e foram os nossos discursos sobre punições na cadeia que fomentaram suas atitudes brutais lá dentro.

      Fico encantado com a mentalidade do cidadão comum brasileiro...

      Excluir
  6. Miriam, católica de valores

    meu anjo você defendeu esse amado religioso, nos acusou de querermos desmontar a amada ICAR, por que te calas?

    Sérgio

    ResponderExcluir
  7. padres são predadores sexuais.


    acorda crentaiada!

    ResponderExcluir
  8. os bispos e padres sao verdadeiros tarados,predadores sexuais,pedofilos,homossexuais,esse é um comportamento padrao dentro doc catolicismo em geral,e dentro da ICAR,seus fieis,tb nao valem porcaria nenhuma,enfim é uma relgiao de fachada,suja,imunda...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Busca neste site