Igreja Católica na Itália começa a pagar imposto em 2013

A Igreja italiana atua em
diferentes ramos de negócio
s
O governo do primeiro-ministro Mario Monti, da Itália, confirmou que a Igreja Católica terá de pagar impostos a partir de 2013 sobre suas propriedades de cunho empresarial, como hotéis, restaurantes, hospitais, clínicas, escolas, centros esportivos e imóveis para alugar. Propriedades que tenham templo ou outra instalação de fins exclusivos às atividades religiosas permanecerão isentas de tributo.

Por desfrutar da isenção do ICI (Imposto sobre Primeira Residência), a Igreja italiana concorre com vantagens nesses diferentes setores de negócios, o que a tornou uma das mais ricas da Europa.

No dia 1º de janeiro, quando começa o ano fiscal, o governo divulgará o marco regulatório sobre a cobrança do imposto.

O jornal La Repubblica estima que, com a medida, as finanças italianas obtenham uma arrecadação extra de até € 25 milhões (cerca de R$ 60 milhões) por ano. Cálculos do governo, contudo, preveem uma arrecadação mais elevada.

O governo italiano tomou a decisão depois de intenso debate, que incluíram de um lado a pressão da UE (União Europeia) e de contribuintes e, do outro, a resistência dos bispos em aceitarem o fim do privilégio.

A cobrança do imposto faz parte do pacote de medidas de austeridade que a UE está impondo à Itália para combater a recessão do país.

O comerciante Marco Catalano, 35, de Roma, foi um dos 180 mil signatários de uma petição para que houvesse o fim da mamata. “Eles [os bispos] possuem os mais belos edifícios do centro de Roma, em solo italiano, e os alugam a preços de mercado”, disse Catalano.

Com informação do National Secular Society.

‘Gatos gordos’ da religião não devem ter isenção fiscal, diz Dawkins
julho de 2012

Isenções fiscais da Igreja

Comentários

  1. Tem que fazer o mesmo aqui no Brasil, com todas as igrejas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo fim da isenção21 de novembro de 2012 20:12

      Tem que fazer o mesmo aqui no Brasil, com todas as igrejas.[2]

      Excluir
    2. Tem que fazer o mesmo aqui no Brasil, com todas as igrejas. [3]

      Excluir
    3. Errmãos,idem ibidem[4]

      Excluir
    4. brasil cria vergonha e segue o exemplo da italia. faça o mesmo. cobre de todas as igrejas o imposto

      Excluir
    5. A Itália estar seguindoo exemplo a China =D

      Excluir
  2. Graças a Deus. haeuhaeuhaeuhae

    ResponderExcluir
  3. Deus tá nas lacunas... ops, nos detalhes21 de novembro de 2012 18:43

    A Igreja Católica, com sua opulência e luxúria, salvará a União Europeia da recessão!

    ResponderExcluir
  4. Satanás o Único e Verdadeiro. Eu Sou.21 de novembro de 2012 18:53

    Eu já disse dai a César o que é de César, e dai a mim o que é Meu, Eu Sou o Único e Verdadeiro.

    ResponderExcluir
  5. Sera que tem alguma relação dizimo com enriquecimento de pastores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É claro que não!
      Por um segundo pareceu que você estava usando sarcasmo então vim aqui esclarecer para todos que lerem seu comentário que você só esta exaltando a gloria de Deus para com a vida dos pastores!
      Amém

      Att
      Cristão bom entendedor de textos...

      Excluir
    2. [sarcasmo ON]

      É claro que não! como disse o anônimo acima no texto todo confuso.

      Os pastores enrriquecem expontâneamente, por mágica, o dinheiro aparece milagrosamente do nada, entendeu.
      Isso não tem nada haver com o dizimo, o dizimo apenas desaparece em algum momento depois que é doado, não quer dizer que os pastores pegam ele, quem pega o dizimo é deus, você tem idéia de quanto custa fazer a manutenção do universo?

      Excluir
    3. Ops... [sarcasmo OFF]

      Excluir
    4. kkkkkkkkkkkk
      O enrriquecimento dos patores brota do chão! São pés de dinheiro que só eles tem a semente!

      Excluir
  6. Ainda mais nesses tempos de crises em que o desemprego aumenta em todo o mundo (incluindo o Brasil).

    ResponderExcluir
  7. AS IGREJAS EVANGÉLICAS AQUI DO BRASIL QUE DEVERIAM PAGAR!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Todas deveriam pagar para pregar verdadeiras mentiras.

    ResponderExcluir
  9. Respostas
    1. Isso daí para as igrejas é fichinha... (sem contar as "brechas")

      Excluir
    2. Lógico que a igreja vai reclamar, mas não passa de teatrinho melodramático oportunista pra "sensibilizar" ainda mais os fiéis diante das novas "dificuldades" (cof, cof) que ela enfrentará.

      Sem contar que é por isso que ela sobreviver a tanto tempo, afinal, quem não chora não mama, então é bom mendigar ao máximo possível e com todos ao redor, inclusive e principalmente com as autoridades do estado.

      Excluir
  10. E, pra completar: Aleluia! Deus existe! rs

    ResponderExcluir
  11. A ICAR já não é mais nada na Europa, agora ela vai se focar na América do Sul e quando o espaço da mesma acabar aqui... vai ser a hora da Africa...

    ResponderExcluir
  12. Se fosse cobrado no Brasil,quanta grana pro governo usar hein!

    ResponderExcluir
  13. Enquanto isso por aqui os sem vergonhas dos religiosos só enriquecem.

    ResponderExcluir
  14. Sonhar é preciso:"O governo brasileiro decide cobrar impostos de todos imóveis de igrejas cristas no país"Aleluia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente nós estamos caminhando em sentido oposto!

      Excluir
  15. Adooooro esses precedentes! Uma hora acontece aqui, no Brasil. As coisas estão mudando, a ditadura das religiões, aos poucos, vai arrefecendo. Exclusão do proselitismo barato das cédulas, de crucifixos de órgãos públicos... Só não pode parar. Ma che belo, Italia!

    Ruggero

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em relação ao Brasil, creio que isso não irá acontecer – pelo menos não em nossa Constituição. A proibição de imposto para templos de todos os cultos cumpre função constitucional de garantia de liberdade religiosa, que seria uma modalidade de impedir que o Estado embarace culto (ou o funcionamento do templo) através da cobrança de impostos. Nesse quesito, ele não poderia ser revogado!

      Mas que foi mal feita essa forma de imunidade na Constituição de 1988, isso foi... deveria ser proibido até determinada renda, e depois dela cobrasse com alíquota progressiva!

      Excluir
    2. Mas na Itália não estão cobrando das igrejas diretamente, e sim de suas instituições "filantrópica", imóveis para alugar, etc. Objetos que eles usam a identidade da igreja pra lucrar e se safar dos impostos.

      Excluir
  16. Muito bom, na Italia o povo ve o resultado e tem retorno dos impostos que são pagos.. Jesus pagou imposto mesmo não sendo justo de acordo com a lei da época dele pagar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jesus existiu, é? Como podemos comprovar isso? Acho que você está enganado. Daqui a pouco vai dizer que Paulo Coelho é mago e faz chover só porque assim está escrito.

      Excluir
    2. Pelo que me lembro, jesus não usava carteira.

      Excluir
    3. comecei a ler o comentário mais acima, mas parei no "jesus pagou imposto".
      é o mesmo que dizer: "a fada do dente me deu dinheiro!"

      Excluir
  17. tome-lhe, religião!


    tenho fé nas novas gerações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, pena que já não existiremos mais quando as coisas melhorarem.

      Infelizmente, vivemos engolindo muitos abusos como se tivéssemos muito tempo pela frente para viver, o que não é verdade. A vida é bem curtinha, então se não fizermos algo pra mudar as coisas hoje mesmo, vamos deixar de existir sem nunca ter conhecido um mundo diferente e sem termos experimentado o que gostaríamos.

      A nossa vida é uma só, ela é breve e está em nossas mãos (sim, de cada um de nós) mudar as circunstâncias do mundo exatamente hoje para que possamos ter alguma mínima chance de experimentar o que sonhamos, caso contrário, já era e isso é pra sempre mesmo, pois não vamos voltar aqui no futuro nem pra ver como as coisas ficaram, muito menos pra viver e aproveitar alguma mudança.

      Mudança é agora, ou melhor, é pra ontem! E não depende dos outros, mas sim, de cada um de nós.

      E aí, vamos fazer alguma coisa, ou vamos aceitar jogarem o nosso único e breve tempo de vida na lata do lixo permanente?

      Excluir
    2. sim. Será a longo prazo. Eu chuto mais uns 400 anos pra coisa ficar legal mesmo.

      a religião, hora ou outra, vai começar a decepcionar e não ter mais amparo na ignorância. Gradativamente vai ser esquecida, como um vestígio de algo primitivo. Restarão apenas focos pequenos de pensamento religiosos, e estes serão considerados meio malucos.


      as futuras gerações ficarão abismadas com a nossa tolerancia com a religião. Vai ser um tema de barbárie.

      Excluir
    3. Quanto mais estudo, menos religião, quando começarem a investir certo na educação, ai que as igrejas começarão a ficar vazias, gostaria de ver isso, mas pelo visto, só meus bisnetos verão.

      Excluir
  18. Já não era sem tempo! Não dá pra pensar senão em termos de absurdo, que o Estado italiano não exerça o dever de tributar os eclesiásticos, cidadãos como quaisquer outros, sem privilégios nem benefícios além dos demais. Por outro lado, será uma oportunidade da Igreja praticar o que diz acreditar, e viver o conteúdo do que ensina. Eles mesmos, os bispos milionários italianos, com seus carrões BMW e sapatos Armani, deviam rogar ao Governo, com toda "humildade", que lhe aceitassem os proventos!Pois não é um dever, o da cidadania; ao qual nos catequizam os bispos, que sob pena de pecado de omissão, não podemos nos eximir de concretizá-lo? Aqui no Brasil os bispos católicos são considerados os "guardiões da Ética"... São todos considerados inatacáveis, do ponto de vista da corrupção financeira...Só os pastores protestantes - e não estou dizendo que estes não sejam, além de notórios vigaristas, públicos finórios -; só os pastores são atacados como vendilhões, pela demanda descarada de dízimos e ofertas. Mas a Igreja Católica embora riquíssima, megaliardária, cobra, através da sistemática propaganda hipnotica de "doação voluntária"; cada centavo que investe em seus templos faraônicos, acomodações luxuosas para seus dignatários, gozando de opulência em vidas nababescas!Criticam os padres o jogo escrachado e grosseiro, da pedição estelionatária charlatã, da Universal, Mundial e Internacional...Mas vejamos se não é também um estelionato e grande, benzerem toneladas de tecido azul que dava para cobrir uns dez estádios; e dividir em fragmentos aos quintilhões, alegando ser o suposto MANTO DA MÃE PADROEIRA...Quantos metros quadrados teria a superfície dessa Mãe Invisível, para que esta venda infinita de pano azul, lhe cobrisse da pátria a maternidade?...Embora não cubra dos padres a vergonha!? Como podem posar de ministros do Evangelho, esses vendilhões, esses sibaritas?Imposto neles!

    ResponderExcluir
  19. Entidade filantropica é uma coisa distinta das entidades pilantropicas.
    Desconto no imposto ou abatimento , so para contribuintes que fazem doações. Nunca isenção presumida o que leva a notorias falcatruas.
    RR Soraes, ja declarou que não faz benevolencia com os mais necessitados, então porque tem direito a isenção que eu não tenho.

    ResponderExcluir
  20. vixi maria. O vaticano está sendo minado aos pouquinhos. Vai ser maravilhoso quando o papa for reduzido a apenas um velho religioso caduco como qualquer outro.


    viva!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o que ele, na verdade, já é: tem muito católico (daqueles "não-praticantes") que discordam da autoridade papal.

      Excluir
    2. È falta só eles discordarem da autoridade de deus.

      Excluir
  21. A notícia é boa para o avanço das liberdades no mundo. Nem todos os católicos são obedientes cegos, no tocante à autoridade pontifícia. Sabemos que há mais legitimidade no conciliarismo, que no papismo; foi por isso, aliás, que ao longo dos últimos mil anos se fortaleceu o segundo. Era mais útil a centralização monárquica, o absolutismo teocrático do Papado, servia mais ao direito divino. A Igreja está demorando, e muito, em ceder à evidência democrática. Seria muito melhor administrada, seus gestores seriam menos corruptos e mais competentes. Será talvez a ultima a ceder, depois do Reino Unido e Império Nipônico. Ou talvez nunca ceda? Fato é que sofrer um revés desses, justamente no território icônico-pátrio do catolicismo, é uma grande advertência histórica, um convite à reflexão, uma chamada. Também na questão da perseguição aos homossexuais, justamente sendo detentora de um prolífero contingente deles no seu clero, a Igreja será forçada paulatinamente a mudar. Sofrerá muitas derrotas, também, e alguma humilhantes. Avalanches de denúncias, algumas com provas filmográficas, escândalos, é o que podemos prever para os próximos tempos. E a completa obsolescência, neste tema, da culpabilidade por tal pecado. Infelizmente, por um apego inamovível ao pensamento retilíneo, inábil em abraçar a DIFERENÇA; a Igreja não avança, e os setores libertários sofrem sob a crueldade de uma Instituição que os devia ajudar, pelo peso simbólico que tem na sociedade. E é o mundo que perde em avanço, em renovação...Porque é sempre o recrudescimento da intolerância, e revolta, que promovem nova violência; eis o resultado da incoerência entre a prática, e o discurso, no qual a Igreja diz ser contra a violência e que é sua missão combater e denunciar.

    ResponderExcluir
  22. a biblia ja dizia isso a fera de revelaçao se refere aos governos politicos e a meretriz a religiao que se encontra na luxuria .. assim a biblia diz que a fera atacara a meretriz e afara numa e comerá sua carne veja na sua biblia em revelação(apocalipse) 17:3,16.
    ja estamos vendo o o cumprimento desta profecia .. o fim está proximo mesmo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a gibiblia é uma grande mentira feita por constatino valério e seus clérigos.

      Excluir
    2. O Apocalipse é a parte da bíblia que assume ser fantasia, tem dragões e cavaleiros, só falta uma princesa em perigo.

      Excluir
  23. Pôo véio agora que eu ia abrir uma igreja;Dinheiro de Deus ,no meio desses evangelicos trouxas prá fazer uma grana igual ao Edi Acordacedo,Silas Maracutaia,RRSoando,Santo Vardomiro e o casal vinte,voces vem com esse papo de pagar imposto.Oh dá um tempo aí.Faz de conta que o governo não tá vendo.

    ResponderExcluir
  24. É isso aí italianada, vamos fazer o "povo da pracinha que se autodenomina nação" deixar de mamar nas tetas dos ignorantes. A maldita ICAR já tava em queda, isto é apenas uma aceleradinha, e as igrejas capitalistas brasileiras que ponham as barbinhas de molho que serão as próximas....

    ResponderExcluir
  25. Esse povo ingrato isso sim! DEPOIS QUE TUDO QUE A SANTA IGREJA CATÓLICA FEZ... só é uma fase, a Santa Igreja nunca vai acabar, até que seu esposo volte!

    ResponderExcluir
  26. o papa deve estar se borrando de medo. A icar não vai aguentar o peso das desconversões que vão ocorrer cada vez mais.

    vai vendo:

    - pedofilia sendo exposta e virando estereótipo a nível global para os padres, gerando desconfiança mesmo em população mais ignorante;
    - o vaticano sendo minado economicamente, o que deixará os velhos de batina cada vez com menos poder;
    - o conflito ciencia vs religião católica, que deixará a última cada vez mais desgastada e com menos credibilidade acerca de eventos e causas naturais;
    -a militância ateísta mais expressiva nos meios de comunicação. Vide nomes influentes (e pops) como Harris, Dawkins, Dennet, Shermer, etc
    - muitos outros pontos

    a arapuca para a religião está montada e já está em vigor. Daí em diante é só solapada.

    ResponderExcluir
  27. Duas coisas são preocupantes neste artigo: 1. "Propriedades que tenham templo ou outra instalação de fins exclusivos às atividades religiosas permanecerão isentas de tributo" - igrejas ou similares se safaram da tributação; 2. O Vaticano é um Estado independente, declarado como o menor país do mundo, logo, possuindo soberania sobre o q deve ou não ser tributado em seu território. Poderiam ser mais rígidos em relação a esta Lei, afinal, a fatia mais grossa do bolo se concentram nesses lugares que estão isentos.

    ResponderExcluir
  28. Seria muito bom que isso ocorresse aqui no Brasil também, mas creio que estamos muito longe disso.

    ResponderExcluir
  29. Uma mera questão de inveja.

    ResponderExcluir
  30. Embora na minha opinião seja uma medida tímida ainda, não alcançando o grosso do patrimônio do Vaticano, talvez seja um estimulante para outras nações reverem as benessses concedidas à ICAR.

    Sem falar que torna cada vez mais pertinente a necessidade de uma nova assembleia constituinte no Brasil, para liquidar com as papagaiadas que sobreviveram na Constituição de 1988.

    Em 88 a nossa urgência era fortalecer a Democracia e espantar o fantasma do Regime Militar, por isso negligenciamos - até por não termos tanta influência - muitas questões de cidadania em geral.

    O mundo (e o próprio Brasil) já mudou bastante nos últimos 24 anos. Nossa Constituição é velha e já tem artigos ultrapassados, especialmente o que define (ou melhor: não define de forma clara, apenas sugere) o laicismo do Estado.

    Nós temos pressa e tendência a sermos pessimistas, dados alguns exemplos trágicos de retorno à Era Medieval. Mas se fizermos uma análise cronológica as coisas estão andando bem rápido.

    Muito mais rápido do que gostariam os cristãos, seguramente.

    ResponderExcluir
  31. Que ótimo isto abrirá precedentes para que no Brasil também as IGrejas sejam impostas assim como as Evangélicas.Vai ser um tal de gritarem que é perseguição kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  32. Tanta gente julgando-se inteligente em detrimento dos ignorantes cristãos, porém se embasam nas aulas de história do ensino médio para falar de religião. Afirmações sem argumentação sólida, nem ao menos fontes que comprovem a veracidade do que dizem. Para falar de algo, mesmo sendo contrário, tem de ter conhecimento. Não basta ficar nas informações sensacionalistas dos "sábios" professores de história, tem que pesquisar. E ainda dizem que os cristãos são os ignorantes que acreditam em qualquer besteira...

    PS: Como teve muitos falando disso, vale ressaltar que católico não-praticante não é católico!

    ResponderExcluir
  33. Deveriam fazer um abaixo assinado para que estabelececem esta mesma lei aqui no Brasil. Paguem impostos seus insolentes!!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Busca neste site