Mercado do apocalipse verde tem tudo do fanatismo, diz Pondé

Título original: O infiel 

por Luiz Felipe Pondé para Folha

Confesso: sou um infiel. Não no sentido de infidelidade amorosa, mas religiosa. Não creio no aquecimento global por causas antropogênicas (trocando em miúdos, não acho que nossos carros estejam aquecendo o planeta, e se o Sol fosse um Deus como uns pirados achavam que ele era, estaria rindo de nós e nossos ridículos celulares).

Freud estava certíssimo quando dizia que a maturidade é para poucos e viver uma infância retardada é um modo "seguro" de não enfrentar a vida adulta, que é sofrida, incerta, injusta e inviável.

Isso mesmo, repito para que meu pecado conste nos autos: não creio que o aquecimento global seja causado por emissão de gás carbônico, acho (inclusive tem cientista que afirma isso, os ecocéticos) que o recente aquecimento começou antes dos últimos cem anos, nos quais nosso gás carbônico cresceu, e ciclos de esquentamento e esfriamento sempre ocorreram.

Inclusive aquele aquecimento que se deu entre 50 mil e 20 mil anos atrás (muito conhecido por quem estuda religiões pré-históricas como eu), foi bem benéfico para nossos ancestrais, assim como também o foi o da Idade Média.

Não há consenso acerca das causas antropogênicas do aquecimento global, há sim consenso (todo mundo que estuda religião sabe disso) ao redor do fato que apocalipse sempre deu dinheiro. Gastava-se dinheiro com indulgências na Baixa Idade Média, por que não seria o medo do fim do mundo ainda hoje uma mina de dinheiro?

O mercado do apocalipse verde tem seus sábios-profetas-cientistas, mágicos, gurus espirituais, nutricionistas-sacerdotes de alimentação sagrada, mercado de cristais sustentáveis, enfim, tudo que há nos fanatismos humanos.

Ninguém saiu às ruas (muito menos nus) pela mecânica newtoniana, pela relatividade de Einstein, pelo empirismo de Bacon ou pelo evolucionismo darwiniano. Aliás, que mania mais "teenager" essa de tirar a roupa toda hora. Já estão barateando os seios.

As pessoas saem às ruas porque o verdismo é uma espiritualidade fanática como qualquer outra, regada a comunismo requentado: o verdismo é uma melancia, verde por fora, vermelho por dentro. A certeza daqueles que não comem carne acerca do pecado dos que comem é mais forte do que a condenação do orgasmo feminino pelas autoridades eclesiásticas mais idiotas que caminharam pela Europa nas Idades Média e Moderna.

Acho que a ciência do aquecimento global que afirma categoricamente que somos nós que aquecemos o planeta está mais para astrologia (sem querer ofender a astrologia) do que para astrofísica. Estamos perdendo um tempo danado deixando que as tribos dos sem-roupa fique atrapalhando um cuidado mais técnico acerca do futuro do planeta.

Isso não quer dizer que não exista um problema de sustentabilidade no mundo, apenas que os fanáticos verdes nem sempre ajudam a enfrentá-lo.

A "verdade científica" em jogo é o que menos importa, mesmo porque nenhuma controvérsia científica ao redor do tema pode ser vista como algo diferente de heresia. Discordar não é ser visto como alguém que debate teorias científicas, como deve ser o convívio saudável em qualquer ciência, mas sim como recusa de adesão a uma forma de verdade superior e pura.

As bobagens do tipo "teoria gaia" ofuscam os corações e mentes, como todo fanatismo sempre o fez, e impede muitas vezes de ver que a natureza em sua beleza é muitas vezes mais Medeia do que Gaia.

Em 1755, quando o grande terremoto destruiu Lisboa, a comunidade intelectual europeia se esforçou para eliminar das causas a "vontade de Deus". Hoje, supostos cientistas reintroduzem a forma mais vagabunda de metafísica na ciência, a da "deusa natureza".

Os coitados do Kant e do Newton nunca imaginaram que um dia iríamos retroceder às trevas assim. Andamos sim em círculos.

A pergunta que não quer calar é: se está certo quem diz que quando se quer saber a verdade sobre a sociedade deve-se seguir o dinheiro, cabe a nós identificarmos quem está ganhando rios de dinheiro com esse fanatismo que já se constituiu em mais um fator a dificultar sairmos do buraco econômico em que estamos.

Quem diz amar a humanidade geralmente detesta seu semelhante.
setembro de 2010

Artigos de Pondé.

Comentários

  1. Apenas uma minoria de cientistas são negacionistas do aquecimento global, 99% dos cientistas climáticos aceitam que o aquecimento global está diretamente relacionado com a atividade humana. A quantidade de CO2 na atmosfera cresceu junto com a temperatura média do globo, dados de fontes independentes mostram isso.
    Até parece que o império do petróleo não tem nenhum interesse em incentivar esse tipo de ceticismo, já tivemos um grande exemplo disso no passado quando as empresas de cigarro tentaram negar e esconder estudos que mostravam que o cigarro causava câncer. Quem afirmava que causava câncer? Os cientistas. Quem negava? Os fabricantes de cigarro e os cientistas financiados por eles.
    Quem está afirmando que o aquecimento global está diretamente ligado com a atividade humana? A maioria dos cientistas climáticos (fontes independentes ao redor do globo). Quem está negando? Alguns cientistas (a maioria nem trabalha com o clima), em um movimento que se iniciou nos E.U.A. (que por coincidência é o maior consumidor de petróleo do planeta), líderes religiosos, republicanos e outras pessoas que não tem nenhum conhecimento sobre o assunto. Alguém que viu um documentário na TV e quer dar aula de como o clima funciona enquanto ignora a quantidade de evidências que sustentam o aquecimento global.
    Negar o aquecimento global é uma posição política, não tem nada a ver com a busca pela verdade, assim como negar que o cigarro causa câncer não tem nenhum compromisso com os fatos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sidney,voce esta certo,ha provas cientificas sobre isso e nao deve ser subestimado,gatinho

      Excluir
    2. Ah é então porque n tem debate na tv sobre isto? porque só existe propaganda aquecimentista em todas a emissoras, porque os jornais só levam aquecimentistas para entrevistar? (rede Globo) porque pt, pstu, pc do b, psol, mst, saõ os maiores apoiadores? porque estes partidos tem a mesma ideologia comunista

      Excluir
    3. Vc acha que não teve debate? Ele já existiu e foi ganho a décadas no meio acadêmico, já olhou Vênus e sua atmosfera de gás carbônico a temperatura média lá é 400C, O gás carbônico altera o clima e as reservas de petróleo não são infinitas. Melhor pensarmos em outras fontes de energia hoje do que quando o petróleo e o carvão tornarem-se escassos.

      Excluir
    4. Me passe o telefone de alguém que more em vénus, para saber se eles estão queimando muito petróleo lá.
      A terra n é venus e o homem n é
      responsável pela alteração global do clima isto aí é papo de eugenista
      2006: “antes do fim do século bilhões de pessoas morrerão e os poucos casais sobreviventes ficarão no Ártico onde o clima fique tolerável”. (The Independent).
      2012: “O problema é que nós não sabemos o que o clima está fazendo. Há 20 anos nós achávamos que sabíamos. Isso nos levou a alguns livros alarmistas – o meu incluído – porque parecia muito claro, mas não aconteceu”
      James lovelock

      Quanto a outras fontes de energia ok, que gaste dinheiro com isto, e na meter cabresto nos países prejudcando e encarecendo a vida de muita gente

      Excluir
    5. Vênus tem quase o tamanho da terra esta numa zona considerada abitada e sua atmosfera contem 96,5% de dióxido de carbono, por isso lá é o inferno e aqui não. As leis da gravidade são as mesmas aqui ou em Vênus do mesmo modo uma molécula de CO2 vai ter a mesma capacidade de reter calor aqui ou em qualquer canto do universo.
      Não existe nada mais comodo do que não ser responsável.

      Excluir
    6. Essa teoria de que o CO2 causa uma "estufa", retendo energia na atmosfera e causando aquecimento é estranha. Se assim fosse, os raios solares sequer conseguiriam atingir o solo, gerando resfriamento.De fato, nas recentes erupções de vulcões na Islândia e Chile puderam constatar isso.
      A própria ONU deixou de usar o termo "aquecimento global" para " alterações climáticas".
      Logo mais vão reconhecer que isso sempre aconteceu na história geológica do planeta(de forma muito mais severa, diga-se) e, claro, fugir do papel de idiotas.
      Logo mais também vão aceitar que o planeta não só não está aquecendo como está passando por um período neutro.

      Lobby do petróleo?Isso não é nada perto do lobby de isenções fiscais das energias "verdes" que, extremamente ineficientes e caras, nunca teriam lugar no mundo sem ajuda ideológica/militante.O petróleo é mainstream, não precisa disso, acredite.Veja só seu computador, do que é feito!

      Os homens precisam resolver a fome e distribuição de renda.E, claro, a poluição. O resto é conspiração.
      E meus parabéns! Você foi usado!

      Excluir
    7. Bem, retiro o que disse.
      Você não foi "usado". Que exagero (vc deve achar o mesmo de mim).
      O negócio é que isso realmente deveria ser um debate científico e está sim saindo dessa órbita.

      Excluir
    8. Tem razão é inútil discutir deste modo, sei que existe as eras glaciais e seus intervalos e que o clima muda com o tempo isso ocorreu muitas vezes antes e durante a existência da especie humana. Pode ser debatido se o aumento da temperatura é causado pelo homem ou não, mas o aumento existe já foi quantificado. Do mesmo modo o aumento do CO2 é quantificado só resta determinar se a influencia dele é significativa. Uns dizem que sim outros que não. Infelizmente as decisões que irão influir no bem estar humano, na agricultura e no desenvolvimento econômico vão depender de leigos aqueles que escolhem os representantes e os próprios governantes que em sua maioria estão a deriva a cerca do debate. De qualquer modo quem é o Ponde para opinar sobre o assunto? preferiria ver o Marcelo Gleiser a debater o assunto um cientista com argumentos e conhecimento a respeito e não um politico direitista ultra conservador.

      Excluir
    9. E aí metido Sidney, quem te meteu?

      Excluir
    10. Na real

      1. o aquecimento global está bem documentado.

      2. a causa do aquecimento global também está documentada, é o aumento do CO2, causado pelas atividades humanas.

      3. isto é consenso entre os climatologistas. Pode não ser consenso entre todos os cientistas, mas só os climatologistas contam.

      O Pondé tem direito à opinião dele, mas é só uma opinião, e pior, vai contra o consenso científico. Eu também não sou climatologista, mas acho que o Bertrand Russell tinha razão, quando os especialistas chegam a um consenso, um leigo como eu não pode considerar a hipótese contrária como verdadeira.

      Os cientistas podem estar errados? Podem. Mas não sou eu nem o Pondé quem vai decidir isto: o consenso científico muda ao sabor das evidências, e por enquanto elas apontam para aquecimento global antropogênico.

      Se alguém quiser dar uma espiada, existe uma relação monstruosa de TRABALHOS CIENTÍFICOS apoiando a tese do aquecimento global antropogênico em http://www.skepticalscience.com/

      Posso concordar que o exercício de futurologia sobre as consequências do aquecimento global podem estar exagerados, mas eu tenho certeza que achar que não haverá consequência alguma é auto-engano.

      Excluir
    11. Muita babaquice científica foi dita por causa da camada de ozônio. Esse apocalipse profetizado pelas equações laboratoriais não deu certo. O CO2 não tem nenhum efeito negativo comprovado como causa do aquecimento global. É incontroverso que a Terra está iniciando nova era de resfriamento (estamos nos primeiros 3000 anos de um fase de 80000 anos aproximadamente). Então, fico com o Pondé nessa crítica aos ecomalandros.

      Excluir
  2. Só sei que o FRIO aqui tá bravo.

    ResponderExcluir
  3. Pondé é sempre um banho de água fria!
    (Márcia)

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Alguém viu os resultados da medição do Datafolha sobre a marcha para jesus?

    Bem longe dos milhões que o Maracitaia bradava. Será que o Maracutaia vai considerar que foi científico dessa vez?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora o bode sifras maracutaia vai dizer que é conspiração. Mais quando deram o número da marcha gay ele achou tudo fidedigno.

      Excluir
  6. Minha opinião é de que os homens estão realmente agindo como uma praga sobre os recursos naturais do planeta, quanto ao aquecimento global, cientistas dizem sim, outros dizem não. Eu não sou cientista, tenho que me basear na opinião deles que estão contraditórias e tirar minhas próprias conclusões que são mais palpites. Vejo uma forma de agregar valor a produtos e ações ditas limpas. Faço a minha parte ou tento, produzindo pouco lixo, reaproveitando o que posso e sempre plantando arvores.

    ResponderExcluir
  7. Bem, pelo menos dá a entender que ele reconhece que HÁ um aquecimento global com causas desconhecidas; que as temperaturas médias do planeta aumentam de forma lenta e gradual. Isso já é um passo. Anos atrás, os críticos diziam que nem havia aquecimento global...

    As maiores críticas ao aquecimento global vieram do dinamarquês Bjørn Lomborg. Os republicanos dos EUA chegaram a idolatrá-lo; a extrema direita do partido ficou com um pé atrás com Lomborg, não por causa do seu ceticismo ambiental, mas porque ele é gay assumido e defensor dos direitos LGBTs. A direita conservadora acaba esquecendo esse “pequeno” detalhe...

    Mas o mais irônico de tudo é que o professor Bjørn Lomborg refutou suas próprias ideias e hoje admite que o aquecimento global seja sim provocado (parcial ou totalmente) pela interferência do ser humano na natureza. O que faz com que alguns o chamem de traidor ou vira-casaca.

    Agora, com todo respeito ao Sr. Luiz Pondé, ele não tem autoridade alguma para opinar sobre esse assunto. Pode discordar; é um direito dele. Mas um mero professor de filosofia não pode ser apontado como um especialista em climatologia. Da mesma forma que eu, um simples geógrafo, não darei meus palpites sobre o imperativo categórico em Kant ou as novas técnicas em otorrinolaringologia. É pagar muito mico em assuntos que não lhe compete. Aliás, o que Sr. Pondé pensaria sobre o professor de estatística Bjørn Lomborg?

    Bjorn Lomborg, “o ambientalista cético”, muda de ideia
    http://ultimosegundo.ig.com.br/ciencia/meioambiente/bjorn+lomborg+o+ambientalista+cetico+muda+de+ideia/n1237766444787.html

    ‘Sem inovação, nunca resolveremos o aquecimento global’, diz autor de ‘O Ambientalista Cético’
    http://envolverde.com.br/noticias/sem-inovacao-nunca-resolveremos-o-aquecimento-global-diz-autor-de-o-ambientalista-cetico/

    ResponderExcluir
  8. Estou com você Pondé. Esta história que sacolinha plástica e um ou dois graus a mais no termômetro vai "destruir" o planeta é porca mesmo. Tem um vídeo no youtube do falecido comediante americano George Carlin que brinca com isso. Ele diz que a terra era uma bola de fogo que tinha os mares fervendo, foi bombardeada por asteróides, passou por eras glaciais, vulcanismo, tempestades eletromagnéticas e elétricas, terremotos, movimentação de placas tectônicas,tsunamis e o ser humano em sua infinita arrogância acha que está destruindo o planeta? O planeta vai muito bem obrigado como sempre esteve. O que vai acontecer é que a vida do ser humano vai virar um inferno. Então parem com esta bobagem de "salve o planeta". Vamos por criança na escola, pois uma população mais esclarecida vive melhor. Só isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Abraço por trás16 de julho de 2012 12:29

      Ah, claro, a opinião do Pondé é firmemente baseada em dados empíricos. O Pondé deveria aproveitar e revelar o que ele anda lendo que os cientistas climáticos não estão lendo pra chegar a essa conclusão tão cientificamente abalizada e influenciar imbecis como você. O desinformado do Pondé ignora a grande maioria dos climatologistas e você, imbecil, vai na onda dele. Consulte essas fontes:

      * National Academy of Sciences (NAS)
      * National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA)
      * NASA’s Goddard Institute of Space Studies (GISS)
      * Environmental Protection Agency (EPA)
      * The Royal Society of the UK (RS)
      * Canadian Meteorological and Oceanographic Society (CMOS)
      * Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC)

      e depois reveja suas idéias.

      É claro que muita gente lucra com o alarmismo em torno da situação climática, mas isso não constitui um argumento contra a influência humana no clima planetário. Mas você, como todo bom imbecil ignora isso.

      Excluir
    2. Exatamente todos ligados a governos e todos recebem verbas, de quem? dos governos ué?
      Ian Plimer, professor de Geologia da Universidade de Adelaide, Austrália:
      “O aquecimento global antrópico [ligado ao homem] é o maior, mais perigoso e mais ruinosamente caro golpe trapaceiro da história. É a nova religião para a população urbana que perdeu a fé no Cristianismo. O relatório do IPCC é sua Bíblia. Al Gore e Lord Stern são seus profetas."

      Prof Ivar Giaever, Premio Nobel de Fisica 1973:
      "Eu não acredito no aquecimento global... ele transformou-se numa nova religião".
      Prof. Frederick Singer, ex-diretor do serviço meteorológico satelital dos EUA e revisor do IPCC:
      “O CO2 é claramente um gás industrial ligado ao crescimento econômico, ao transporte, ao carro, àquilo que nos chamamos de civilização. E há forças no movimento ecologista que são pura e simplesmente contra o crescimento econômico que eles consideram intrinsecamente mau.”
      Prof. Philip Stott, do Departamento de Biogeografia da Universidade de Londres
      “O aquecimento global foi manipulado para legitimar uma série de mitos que existiam previamente: anti-carro, anti-crescimento e por cima de tudo, anti o grande Satã que é os Estados Unidos”.
      Lord Lawson of Blaby, ex- Chancellor of the Exchequer e ex-secretário de energia da Grã-Bretanha:
      “A esquerda ficou fortemente desorientada pelo fracasso manifesto do socialismo e, mais ainda, do comunismo como ele foi implantado. Em conseqüência eles tiveram que encontrar outra via para canalizar seu anti-capitalismo”

      Agora; Se vc quer saber mesmo onde exist safadeza, é só ver onde é publicado opiniões contrárias ao aquecimento global, (perdão já mudaram para mudança climática) são publicadas longe dos olhos e ouvidos da maioria das pessoas a mídia, n chama, n publica e esconde.

      Excluir
    3. Dr. Kiminori Itoh, físico-químico ambientalista, membro do IPCC:


      “Os temores espalhados sobre o aquecimento global constituem o pior escândalo científico da história... Quando o público perceba a verdade, vai se sentir decepcionado com a ciência e com os cientistas”.

      Excluir
    4. Imbecil é sua mãe...
      O planeta vai estar ai firme quando sua raça for para o inferno seu idiota!

      Excluir
    5. Este usuário "Abraço por trás" mostra bem o que é a truculência (e ignorância) do nazismo ecochato gordo tetudo mão cabeluda. O que você particularmente faz para melhorar a situação? Separa seu lixinho? Anda de bicicletinha? Planta uma arvorezinha?
      Artigo publicado recentemente em jornal de abrangência nacional mostra que elevando o nível educacional das pessoas à economia de energia é muito maior do que toda esta papagaiada ecológica. Este aquecimento global é um engodo e radicais fundamentalistas como você usam isso para extravasar as dores da viuvez dos sistemas autoritários. Vai morar na Síria que é seu lugar já que não respeita a opinião dos outros.

      Excluir
    6. Os criacionistas e negadores do aquecimento global tem mais um ponto em comum: apoiam-se em citações (muitas vezes retiradas do seu contexto), em vez de evidências e trabalho científico...

      Excluir
    7. Isso mesmo, bravo! Vamos continuar jogando sacolinhas (e garrafas pet)no lixo, nos rios e riachos, jogando sujeira pela janela do carro, dirigindo bêbados, atravessando o sinal fechado, passando na faixa de pedestres e etc...(podem acresecentar na lista), Monsieur Pondé é contrário ao 'politicamente correto', se Pondé fala então é verdade!

      Excluir
    8. ...acrescentar...

      Excluir
  9. Luiz Mário de Melo e Silva16 de julho de 2012 11:05

    Aquecimento e resfriamento são fenômenos naturais que ocorrerão perodicamente. No entanto, ocorre que, atualmente, a discussão sobre o aquecimento da Terra se dá com referências a períodos onde não havia a presença humana e sua atuação sobre a natureza, ou seja, a transformação cada vez maior e em ritmo mais acelerado, o que seria um anacronismo e, portanto, uma falsidade comparar períodos históricos. Por isso, seria salutar relembrar Karl Marx quando dizia que "No primeiro momento a história se apresenta como tragédia, mas se repete como farsa", como tenta fazer a "ciência" ao escamotear a presença humana. Aliás, tomando o ser humano como a natureza condensada, ou esta objetivada naquele, podemos pensar a ciência como a linguagem refinada da natureza. Portanto, a "ciência" jamais poderá esquecer do ser humano, ainda que a política tente fazer isto.

    ResponderExcluir
  10. Esse texto é no mínimo estranho. Criticar o uso que se faz do aquecimento global pra encher os bolsos de muita gente esperta é uma coisa, daí pra dizer que o aquecimento não tá acontecendo, ou que nós não temos nenhuma influência nisso, é um passo muito grande.

    ResponderExcluir
  11. Eu não sei por que leio os textos do Pondé. É um mistério. Sei que eles são rasos, chatos e dissimulados, e ainda assim os leio. Deve ser uma forma de masoquismo.

    ResponderExcluir
  12. @OFF

    sugestão de materia

    http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5994262-EI7896,00-Apos+declaracoes+Rosane+Collor+vira+piada+nas+redes+sociais.html

    ResponderExcluir
  13. Rodrigo César Dias: "Eu não sei por que leio os textos do Pondé. É um mistério. Sei que eles são rasos, chatos e dissimulados, e ainda assim os leio. Deve ser uma forma de masoquismo." (2)

    Minhas suspeitas é que eu leio porque sou viciado em dar uma segunda chance a todo mundo, mesmo a malucos em geral.:-) E porque, de uma forma distorcida e um tanto atabalhoada, o Pondè causa provocações que podem, em alguma medida, inspirar o debate.

    Como neste caso, sobre o aquecimento global. Ele não sabe nada sobre o assunto, mas faz afirmações com tanta segurança, que o pessoal vai na dele.

    Aqui tem um apanhado completo, e bem detalhado, sobre o aquecimento global, causas, evidências, dados, estudos, etc, etc, etc.

    http://genereporter.blogspot.com.br/2011/03/documento-gr-aquecimento-global.html

    Dá um certo trabalho ler tudo, mas está muito bem escrito,
    e embasado, vale a pena, se o que se deseja é uma conclusão, e não uma "crença" sobre o assunto.

    Em tempo, tudo indica, ao final da leitura acima, que há um aquecimento global, e que é em boa medida causado por ação antropogênica. Mesmo que o Pondé esperneie muito.:-)

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  14. “A pergunta que não quer calar é: se está certo quem diz que quando se quer saber a verdade sobre a sociedade deve-se seguir o dinheiro, cabe a nós identificarmos quem está ganhando rios de dinheiro com esse fanatismo que já se constituiu em mais um fator a dificultar sairmos do buraco econômico em que estamos.”
    Concordo em parte com o Pondé, mas me parece que ele lança mão de frases de efeito para juntar alhos com bugalhos. Se a pista é seguir o dinheiro, convenhamos que ela nos leva em outra direção: Shell, Petrobrás, Exxon, GE, HSBC, Santander, Chevron, Nestlé,AT&T etc.
    No mais, igualar preocupação ecológica – mesmo desinformada – a comunismo é pautinha bem manjada do que existe de mais reacionário...
    ...Ronaldo Caiado e Kátia Abreu agradecem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por aí. Pondé mistura alhos com bugalhos e rima açucar com sal.

      Excluir
  15. Alguns idiotas, como o Pondé, acham que se aumentar 2°C na temperatura global não vai fazer diferença alguma. Experimente aumentar a sua temperatura corporal em 2°C. A ideia é a mesma. Tem muita gente sem conhecimento científico opinando em assuntos nos quais não compreende.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se a comparação vale... De qualquer forma, os efeitos e sua extensão são um mistério, o que temos é uma especulação.

      O certo é que para aumentar em 2°C a temperatura média dos oceanos ou da atmosfera envolve uma quantidade descomunal de energia que não é dispersada no espaço, como seria normalmente, mas que fica aqui.

      Excluir
  16. Ainda está para se decobrir qual o pior problema de todo este discurso: estamos estragando nosso meio ambiente por burrice ou mera ignorancia? Estaremos prontos para 'abraçar' a causa verde e fazer certos sacrifícios, como nosso conforto constituído por eletricidade ou café instantâneo? Quantas pessoas destas sabem o que é viver na Natureza, além das férias em acampamentos, onde os turistas deixam toneladas de tranqueiras para trás?
    analisessintaticasdarealidade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Mesmo que as pasquisas em climatologia estejam erradas. Mesmo que o aquecimento global não tiver causa antropogênica. Mesmo que a mídia faça sensacionalismo e que publicitários aproveitem qualquer bobagem para chamar as empresas que representam de "sustentávais". Com tudo somado, refletido com frieza e longe dos argumentos emocionais. Só um completo imbecil atribuiria a bandeira ambientalista a uma conspiração dos ricos. São os mais poderosos que tentam negar os danos ambientais. E acreditar nessas teorias conpiratorias chamando o ambientalismo de "fanatismo" é a gralha chamando de preto o corvo. O aquecimento global está longe de ser o único problema ambiental. Os maiores problemas ambientais que estamos causando são contra nós e mais ninguém. O que mais destruímos são recusos que não farão falta aos outros seres vivos mas que quando acabarem (e isso não demora)destruirão a estrutura econômica. Se a estrutura econômica cair, a sociedade de direto cai com ela e o caos social selará o destino de bilhões. Já são milhões que vivem com menos de 800kcal/dia. Os recentes "abalos" econômicos só nos mostram um sistema moribundo, adernando onde é mais pesado (os ricos). E como último argumento, quando há uma guerra a destruição é terrível e muita gente perde o que tem para o fogo. Por outro lado, muitos lucram com a guerra. O fato de existirem pessoas lucrando com a causa ambiental não é relevante para dizer que a destruição não existe.

    ResponderExcluir
  18. Luiz Mário de Melo e Silva17 de julho de 2012 10:52

    É claro que a elite "que já sente a ferrugem corroer", como diz o poeta, faz tudo para desacreditar a Natureza, pois nesta não existe elite e acaso haja algo que seja supostamente confundida com ela (elite) é a VIDA que é igual para o mais simples ao mais complexo dos organismos, portanto, na Natureza não há um centro dominador como pretendem os supostos donos do mundo (elite). Então o que se assiste é o desespero dos ricos tentando impedir que cada ser humano se perceba como Natureza, logo, autônomo, sem amarras diante o capitalismo que impõe o vil metal como medida para todas as coisas. Medida que, aliás, já não mais se sustenta pois este sistema econômico oscila apenas sem ter mais para onde expandir e anda em círculos como se evoluindo estivesse, ideia que só se sustenta devido à idiotização mundial que ocorre por meio da ideologia capitalista inoculada pela pseudociência a serviço da elite. A pseudociência oxigena o capitalismo, fazendo o mundo acreditar que oscilação é evolução, pois ele sucumbiria a uma rigorosa e criteriosa análise científica.

    ResponderExcluir
  19. Certo, mas levando em conta que a poluição causada pelo Brasil é mínima comparada a dos EUA, e que eu represento uma porcentagem insignificante no Brasil, posso concluir que mesmo que eu fosse morar numa caverna e nunca mais produzir lixo não orgânico, não mudaria ABSOLUTAMENTE NADA a não ser meu modo de vida.
    Lamento, mas enquanto meus recursos permitirem vou produzir lixo e CO2, deixando assim minha marca no mundo (ainda que seja marca de sujeira).
    Eu não fiz esse mundo ruim, mas posso ajudar a torná-lo pior

    ResponderExcluir
  20. Luiz Mário de Melo e Silva18 de julho de 2012 08:05

    Anônimo: depois de morto, o ser humano é lixo orgânico que é biodegradável e, portanto, benéfico ao meio ambiente. Ocorre que o consumismo, como conduta moral e padrão cultural enfiado goela abaixo pelo moribundo capitalismo ao idiotizar o cidadão, desvia a atenção do tema ambiental de ser cerne.

    ResponderExcluir
  21. Ricardo de Almeida18 de julho de 2012 21:39

    Deus do céu, como esse Pondé escreve mal, distorce conceitos, mete o nariz onde não entende e ainda tem espaço na grande mídia! Pelo menos o seu colega de tchurminha "reaça", JP Coutinho, escreve melhor e tem mais senso de humor.

    ResponderExcluir
  22. Alguns dos críticos mais agressivos: são os mais fiéis leitores dos artigos do Luiz Pondé. Não perdem um.

    ResponderExcluir
  23. Ricardo de Almeida19 de julho de 2012 21:12

    Pois é Caio Bov, é quase um vício ler o que essa anta reacionária escreve, a maioria dos textos dele chegam a ser hilários de tão primários, acho que essa é a grande (des)graça de lê-los, se é que você me entende.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiz Mário de Melo e Silva20 de julho de 2012 14:00

      Caro Ricardo: você abordou a subcultura que, dizem (quem diz, quem...?!), é algo da ralé, da periferia. Pondé faz o mesmo, utilizando, porém, algum perfume...

      Excluir
  24. Não sei se a questão do aquecimento global é real ou mito, mas o Ponde acerta num ponto: a reação desses ''ecochatos'', quando contestados, se assemelha a dum fanático religioso... Pode reparar...

    ResponderExcluir
  25. Não sei se a questão do aquecimento global é real ou mito, mas o Ponde acerta num ponto: a reação desses ''ecochatos'', quando contestados, se assemelha a dum fanático religioso... Pode reparar...

    ResponderExcluir
  26. O Pondé é filósofo e não cientista do assunto em questão... seu pitaco não tem valor científico. Concordo inteiramente com o César e com o Sidney. A questão aqui é saber se a partir dos dados há aquecimento global causado pelo homem? a resposta deve ser sim ou não com base nos dados... qualquer outra resposta que envolva política, dinheiro, etc, etc... é uma falácia pois não será conclusão de premissa relevante... (mesmo sendo esse OUTRO assunto relevante para outro tópico)...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Busca neste site