Legionários de Cristo cria comissão para ouvir vítimas de padre devasso

A ordem Legionários de Cristo criou uma comissão para apurar as denúncias de pedofilia contra o seu fundador, o padre mexicano Marcial Maciel (1920-2008), na foto abaixo.

Maciel é o padre mais devasso da história recente da Igreja Católica. Era viciado em cocaína, teve várias amantes, estrupou seminaristas, coroinhas e, pelas acusações, um sobrinho e dois de seus filhos.

Já na década de 70 ele foi denunciado ao Vaticano, que nada fez. Ele contava com a admiração do papa João Paulo 2º, que chegou a escrever ser Maciel um exemplo a ser seguido. Na época, a Legionários mandava anualmente milhões de dólares para a Santa Fé.

Somente no ano passado o Vaticano interveio na ordem, colocando em sua direção o cardeal Velasio De Paolis. Ele vai presidir a Comissão de Aproximação [com as vítimas de Maciel] para elaborar um “relatório final” sobre as acusações da pedofilia.

A Legionários já está sendo acionada na Justiça por vítimas  – inclusive por dois dos supostos filhos – para que pague indenização. Com a criação da comissão, a ordem mostra estar disposta a negociar o pagamento de compensações.  A filha que o padre teve com uma espanhola já recebe pensão. Seus advogados tinham entrado com um pedido de uma indenização milionária.

Elio Masferrer, presidente da ALER (Associação Latino Americana para o Estudo das Religiões), estima que o patrimônio da Legionários esteja entre 20 bilhões de euros a 25 bilhões, o que, na moeda brasileira, vai de R$ 46 bilhões a R$ 57 bilhões. Tal magnitude corresponde ao patrimônio de uma empresa de exploração de petróleo.

Alvaro Corcuera, diretor-geral da Legionários, explicou em nota que a comissão pretende lidar “com seriedade e responsabilidade os acontecimentos relacionados à conduta do padre Marcial Maciel e as implicações e consequências que eles tiveram em algumas pessoas”.

Foi Maciel que escolheu Corcuera para substituí-lo na direção da ordem. Há insinuações de que os dois eram amantes.

Com informação das agências e do arquivo deste blog.


Comentários

Anônimo disse…
" Maciel é o padre mais devasso da história recente da Igreja Católica. Era viciado em cocaína, teve várias amantes, estrupou seminaristas, coroinhas e, pelas acusações, um sobrinho e dois de seus filhos".
- Com essas acusações este cidadão nunca foi padre, deveria estar internado num manicomio ou preso.
Anônimo disse…
o que me revolta é que quando eu estava estudando la ..uma comisão pra investigar mas nem passou perto dos seminaristas..foi.mas nao perguntou nada ..bem sabemos que existem la dentro padres que continuam comentendo os mesmos erros ...padres que no deveriam está la..
ex-seminarista(legionarios de cristo itap./sp)
Anônimo disse…
Acho que os legionários de Cristo, apesar das atitudes depravadas do seu fundador merecem respeito e admiração. É uma ordem organizada e devotaao Santo Padre, e a maioria dos seus membros busca a santidade. Existem várias incongruências no artigo acima.

-------- Busca neste site