Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Padre pedófilo só teve de rezar Ave-Maria para ser perdoado

O padre Louis Brouillard, 95, de Guam, disse que décadas atrás abusou de crianças e que, após ter confessado a outros sacerdotes, foi perdoado, de acordo com a doutrina da Igreja Católica.

Padre disse que
achava que jovens
gostavam do abuso
“Só tive de rezar Ave-Maria”, disse.

Guam (ou Guão) fica na Micronésia, ao sul das Ilhas Marianas, Oceano Pacífico. Ali, Brouillard foi professor de duas escolas católicas.

Ele disse que nunca foi orientado pelos colegas sacerdotes a parar de violentar os estudantes.

"Naquela época, eu tinha a impressão de que as crianças gostavam, então fui em frente”, disse.

“Mas agora, é claro, sei que é errado.”

Afirmou não saber ao certo quantos jovens estuprou. “Deve ter sido uns vinte.”

Algumas vítimas, hoje já idosas, estão processando a Igreja pelo abuso. O valor das indenizações já superam os US$ 2 milhões.

Com informação das agências

Bispos não precisam denunciar pedofilia à polícia, diz Vaticano


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...