terça-feira, 30 de junho de 2015

MP quer saber se cocaína de culto da Universal é verdadeira

Suposto ex-drogado
é submetido a 'teste'
por Formigoni
  
O MP (Mistério Público) de São Paulo pediu à CIPP (Central de Inquéritos Policiais) que investigue se são verdadeiras a cocaína e a maconha que o bispo Rogério Formigoni (na foto à direita), 40, usou para fazer um “teste” em um suposto drogado.

Vídeo dinível o Youtube [ver abaixo] mostra o bispo da Igreja Universal oferecendo as drogas a Raul (à esquerda) para provar que esse fiel se livrou delas graças a uma rápida à conversão dele ao evangelho.

"Hoje a sua história mudou", disse o bispo. Foi o que bastou para que o fiel se curasse, de acordo com o vídeo.

O Ministério Público mandou uma cópia do vídeo ao órgão policial para fazer parte da abertura de um inquérito.

Se a cocaína e a maconha forem verdadeiras, Formigoni terá de informar onde ele as comprou. Se não forem, ele acabará admitindo, ainda que indiretamente, que se tratou de uma encenação para enganar os fiéis.

No vídeo, o bispo diz: “Cadê a cocaína? Antes de jogá-la [fora], a gente vai fazer um teste [no fiel]".

Também foi feito o teste da “cerveja”.

Raul rejeitou as drogas e a bebida alcoólica. “Dá nojo", disse.

Não é a primeira vez que Formigoni expõe drogas a fiéis durante culto. Ele próprio admitiu em dezembro de 2014 que foi viciado em crack.

Em nota, a Igreja Universal informou que não incentiva o porte de drogas. Explicou que em alguns casos pastores expõem substâncias ilícitas a fiéis para provar que eles deixaram de ser dependentes.

O show pastor


Com informações e imagens do Youtube (1 e 2) e outras fontes.





Culto-show estimula cérebro como droga, diz pesquisador


Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...