Paulopes

Religião, ateísmo, ciência e astronomia

segunda-feira, 23 de março de 2015

País em crise, e o que preocupa deputados evangélicos é beijo gay

Para Frente de 72 deputados e
três senadores, o que ameaça
o Brasil é beijo de novela 
Neste momento, as perspectivas econômicas são as piores possíveis, como nunca foram nas últimas décadas. O mercado financeiro prevê inflação anual acima de 8%. O país está entrando em uma recessão e uma de suas consequências, o desemprego, já aparece nos índices.

E ainda há as impressionantes denúncias de ladroagem de milhões e milhões de dólares na Petrobras e uma crise política que ameaça o país com a ingovernabilidade.

Apesar disso, o que mais está preocupando a Frente Parlamentar Evangélica é o beijo gay entre duas personagens de uma novela.

Constituída por 72 deputados federais e três senadores, a Frente acaba de divulgar um repúdio não à deterioração dos índices econômicos nem à corrupção que minou a maior estatal brasileira, mas contra a novela "Babilônia", da Rede Globo.

O Brasil está despencando, e a Frente Evangélica deu prioridade à divulgação de uma nota em que acusa novelas da emissora de terem o propósito de derrubar "princípios cristãos", com a imposição do “modismo” de “outra forma de amar”, entre pessoas do mesmo sexo.

Assinada pelo deputado João Campos (PSDB-GO), presidente da Frente e pastor da Assembleia de Deus, a nota afirma que o beijo entre as personagens interpretadas por Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg faz parte “dos constantes estupros morais impostos pela mídia liberal”.

A nota pede que os consumidores evangélicos boicotem não os produtos cujos preços dispararam no supermercado, como batata, feijão e carne, mas aqueles dos anunciantes da novela "Babilônia".

Nas redes sociais, insuflados pela Frente, evangélicos promovem uma campanha para que os cristãs não deem audiência à Babilônia, na expectativa de que a novela seja retirada do ar.

Enquanto isso, o Brasil afunda.

Com informação da nota da Frente Parlamentar Evangélicas e outras fontes e foto de divulgação.





Pastor não deveria se tornar político, afirmam brasileiros


Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...