sábado, 6 de dezembro de 2014

Entidade anti-islâmica lança na Austrália o vinho '72 Virgens'

Rótulo do vinho que
faz sátira ao islamismo
A Sociedade Q, uma organização australiana anti-islâmica, lançou o vinho espumante "72 Virgens", o Hal & Al 72 , para financiar suas atividades, com a realização de palestras. A bebida custa cerca de US$ 60.

O Alcorão, que proíbe o consumo de bebida alcoólica, afirma que todos os muçulmanos obedientes e corretos irão para o céu onde terão à disposição 72 virgens, além de outras “regalias”, como almofadas verdes bordadas de ouro, roupas de seda e água mineral de torneiras reluzentes.

A Sociedade Q foi criada em 2010 por um grupo de pessoas seculares com o propósito de divulgar uma abordagem crítica do islamismo, que é a religião que mais tem se expandido no mundo, apesar de muitas de suas lideranças estimularem atos de discriminação e violência.

Debbie Robinson, presidente da organização, disse que a sátira é uma boa arma contra a intolerância religiosa.

Disse que o rótulo do vinho não informa em que vinicultura ele foi produzido, para evitar que o fornecedor sofra retaliações.

O rótulo traz o seguinte esclarecimento: “Quem beber este vinho pode ficar impedido de entrar no céu islâmico, mas os paraísos judeu e cristão continuam como alternativas”. 

Com informação do Fox News.





Muçulmanos pedem decapitação do indonésio ateu
fevereiro de 2012


Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...