Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

domingo, 24 de março de 2013

Iurd é condenda por dar crédito à versão demoníaca de música

Xuxa
Universal deu crédito à depurtação de
música de Xuxa que faz apologia ao satanismo
O Tribunal de Justiça do Rio condenou a Editora Universal, da “Folha Universal”, a pagar indenização de R$ 60.000 por danos morais ao compositor Rogério Guedes porque ele teve a música “Meu Cãozinho Xuxa” divulgada pelo jornal da igreja como sendo demoníaca, se cantada invertida. Gudes compôs a música para a apresentadora Xuxa Meneghel (foto).

O “cãozinho” do título da música seria uma referência ao diabo, em uma interpretação capciosa.

A versão demoníaca da música foi postada no Youtube [ver abaixo], onde, cantada de trás para frente pela Xuxa, atribui em legenda à letra frases como estas: “Meu anjo é o diabo”, “não me vão parar, vim para destruir”.

Trata-se de um truque tosco que poderia ser feito, por exemplo, com as pregações de Edir Macedo.

De acordo com os autos, Guedes deixou de ser convidado para a produção de novos discos, principalmente destinados às crianças, depois que a Folha Universal divulgou sem nenhum questionamento a versão manipulada do “Meu cãozinho Xuxo”, como se aquilo fosse verdade.

A Editora Universal se defendeu com a alegação de que apenas fez uso de uma informação já pública e notória, disponível em vídeos na internet, o que lhe garante a liberdade de expressão.

Para a desembargadora Regina Lúcia Passos, relatora do caso, contudo, o jornal da Universal abordou o tema com sensacionalismo, prejudicando as pessoas envolvidas.

“Houve ofensa à honra do autor, em decorrência da publicação de material que vincula a letra da música de sua autoria a ‘rituais satânicos e diabólicos’", sentenciou.

A Folha Universal fez referência à música em uma reportagem publicada em agosto de 2008 onde insinuava que Xuxa tinha feito um pacto com o diabo em troca de fama e riqueza.

Em agosto de 2012, a Justiça do Rio condenou a editora da Igreja Universal a pagar a Xuxa R$ 150.000 por danos morais.

Vídeo manipulado para prejudicar Xuxa







Com informação do Tribunal de Justiça do Rio.

Iurd pagará R$ 150 mil a Xuxa por dizer que fez pacto diabólico
outubro de 2012

Xuxa versus Igreja Universal

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...