Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Cadetes do Reino Unido podem optar por juramento sem Deus

Humanistas esperam que outros setores
das Forças Armadas sigam o exemplo
A Organização Cadetes do Ar, do Reino Unido, criou a opção de um juramento aos seus novos integrantes que não faz menção a Deus.

Criada em 1938, a organização teve grande importância na defesa do país durante a Segunda Guerra Mundial. Atualmente, possui 41 mil membros, com idades entre 13 e 20 anos, com mais de 1.000 esquadrões.

A Associação Humanista Britânica elogiou a decisão da Cadetes do Ar e manifestou a expectativa de que o mesmo venha a ocorrer em outros setores das Forças Armadas.

De acordo com a Associação Humanista das Forças Armadas do Reunido Unido, muitos recrutas são ateus e, por isso, não se justifica fazê-los jurar por uma divindade.

David Brittain, secretário-geral dessa associação de humanistas militares, disse que cerca de 65% dos adolescentes que prestam esse juramento não têm nenhum deus, e eles “não estão dispostos a mentir, dizendo palavras que não acreditam”.

Até agora, todos os cadetes do ar eram obrigados em uma cerimônia presidida por um padre a jurar ser “um bom cidadão e fazer o meu dever para com Deus e a Rainha [...]”. Na versão do juramento para os descrentes, Deus deixa de ser mencionado e a cerimônia é conduzida por um leigo.

Com informação do The Guardian.





Exército brasileiro ajuda na distribuição de Bíblia no Haiti
setembro de 2011

Religião no Estado laico


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...