Líder tibetano diz que apoiar autoimolações é ‘dever sagrado’


Autoimolação de tibetano
Fanático do budismo tibetano promove um espetáculo do horror
Na abertura do 18º Congresso do Partido Comunista da China, no dia 8 deste mês, pelo menos seis tibetanos se suicidaram em Pequim ateando fogo ao próprio corpo. Desde março de 2011, o número de autoimolações de monges e freiras em protesto contra o domínio chinês do Tibete é de no mínimo 68. 

Losbsang Sangay
Para Sangay, a causa
vale mais do que vidas
O líder tibetano Losbsang Sangay (foto), sucessor político de Dalai Lama, afirmou que tem se esforçado para acabar com essa forma fatal de manifestação, mas ressaltou ser um “dever sagrado” dos exilados apoiar os monges que decidem se matar.

O “esforço” que Sangay afirma estar fazendo não o tem impedido de justificar reiteradamente as autoimolações como instrumento de pressão sobre o governo chinês.

“Os autoimoladores estão dizendo ao governo chinês que a repressão é insuportável”, disse ele em Dharmsala, Índia, onde se encontra exilado.

Como se não houvesse outra forma de protestar, Sangay afirmou que o mundo precisa prestar atenção na “causa do ato [o suicídio]”, e não apenas no ato em si.

Para humanistas ocidentais, a defesa de causa alguma pode ser validada por uma sucessão de autoimolações, as quais certamente farão com que outros fanáticos do budismo deem continuidade a esse espetáculo do horror.

O próprio Dalai Lama diz ser neutro, embora chame as autoimolações de “sacrifícios” que têm de ser respeitados em consideração aos parentes dos mortos. “Eu não quero criar a impressão [para os parentes] de que isso é errado.”

Os budistas tibetanos acreditam na superação da morte por meio do renascimento da consciência do indivíduo, o que explica, em parte, as autoimolações em série.

Isso os coloca no mesmo nível dos cristãos primitivos que se matavam para ir logo para o céu e dos atuais muçulmanos que se tornam bombas ambulantes acalentados pela ilusão de que no céu lhes esperam 72 virgens.


Com informação da Religion News Service, entre outras fontes.

Tibetanos continuam se matando. E Dalai Lama não os detém



Comentários

  1. Não entendo de budismo. Se essas autoimolações são válidas dentro da doutrina budista, então, devem ser respeitadas. Contudo, uma auto-crítica em relação a elas, por parte dos budistas, seria bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Para Sangay, defesa da causa vale mais do que vidas" Provavelmente essa causa não vale mais do que a vida dele.

      Excluir
    2. Aí é uma questão de opinião. Quantas pessoas deram a vida para livrar o brasil da ditadura? As torturas e mortes valeram a pena? Estamos melhor sem a ditadura?

      Excluir
    3. Temos que tomar cuidado com esta de não entender o budismo, sendo que ele tem vários seguimentos.

      As imolações são protestos para fazer o governo chinês enxergar o mal que ele está fazendo.

      Veja bem o que Losbsang Sangay disse: "[...]mas ressaltou ser um “dever sagrado” dos exilados apoiar os monges que decidem se matar."
      Apoiar não significa incentivar.

      Além disso, não sou contra quem decide suicidar, a vida é dele, ele faz o que quiser.

      Excluir
    4. Estão se suicidando de forma macabra e EM PÚBLICO!

      Então fica tudo bem se eu resolver transar em público, afinal, não estou obrigando ninguém a se envolver diretamente em tal ato, assim como o suicida que pratica atrocidades contra o próprio corpo em praça pública, oras!

      Como as pessoas são tão hipócritas na hora de manifestar falsa tolerância e compreensão com atos religiosos...

      Excluir
    5. Vocês devem exigir respeito a quem se masturba em público, desde que seja "me nome de uma boa causa", não é mesmo?

      Ou será que acham o nudismo e a manifestação sexual algo pior que uma pessoa tirando a própria vida de maneira atroz? Pelo jeito, acham sim.

      PS: Previsivelmente, o "Pappa" deve querer postar algo legalista pra tentar se justificar, mas talvez não o faça depois desta observação.

      Excluir
  2. ate quando o homem vai continuar observando um espelho? não esta na hora de parar de nos envaidecer e tratar a nossa terra com mais dignidade? o termo de sustentabilidade e crescimento controlado e tao facil que a natureza sempre fez isso e nunca deu errado! esta na hora do homem parar as industriar e observar a natureza por um dia....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Homens bomba ferem pessoas que nada tem haver com ele. Pessoas que suicidam sem ferir outros já é outro ponto.

      Excluir
    2. Pessoas se suicidando de forma macabra em público estão sim ferindo os outros.

      Cadê aquele protecionismo ao "psicológico" das crianças? Ou ele só funciona quando a questão envolve sexualidade?

      Quanta hipocrisia!

      Excluir
    3. Se o Dalai Lama tocar fogo nele mesmo em praça pública, com certeza vai ajudar muito a causa Budista do Tibet, bem mais que um bando de desconhecidos se matando todo dia.

      Excluir
  3. Considerando a diferença cultural diria que isso é inaceitável, s for usar o mesmo argumento podemos justificar os homens bomba por exemplo.

    ResponderExcluir
  4. O suicídio é algo para Deus pensar, agora se Deus não existe, então o inferno não existe e quem morre não sofre mais.

    ResponderExcluir
  5. Há uma diferença entre suicidas e homens-bomba: os primeiros SE matam, os segundos se matam E LEVAM OUTROS JUNTO, que não partilham de sua fé nem querem morrer. O homem deve ter o direito de tirar sua vida, mas não de tirar a dos outros.
    É claro que algo deveria ser feito entre os líderes budistas para evitar isso, mas uma vez feito deve ser respeitado. Não se precisa concordar para respeitar. Eu não concordo.

    Winston Smith

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só uma correção: o budismo em si não tem líderes, não há como ter tal debate. O Dalai Lama é líder de um seguimento budista, mas outros seguimentos não tem lideres.

      Excluir
    2. Dalai Lama e o sujeito da foto são líderes budistas tibetanos, isso é fato.

      O homem se matou pra defender esses líderes budistas tibetanos, isso é fato.

      Excluir
  6. quarteto fantastico o homem tocha.

    ResponderExcluir
  7. O suicida não pode ser punido, pois não da para prende-lo depois de morto. Assim também é a inutilidade de seu ato, visto pelo invasor como tolice.
    Mais criminoso é o lider que a isto incentiva, e ainda devem mentir sobre uma outra vida no paraiso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discordo. O suicídio quando encarado como um auto sacrifício me parece nobre e respeitável. Por exemplo: um adulto que entra na linha de tiro para salvar uma criança, ou seja, o adulto recebe o tiro que iria para a criança; ele morre e salva a criança. Dependendo do contexto, esse é um ato heróico, nobre e respeitável.

      Excluir
    2. O Sacrifício Altruísta é uma prática comum entre os Humanos e outras espécies. Em Economia isto se chama transferência de risco. A China tem uma compilação muito popular de máximas chamada OS 36 ESTRATAGEMAS. Uma das máximas é: DEIXAR A AMEIXEIRA MURCHAR EM VEZ DO PESSEGUEIRO. Esse estratagema ilustra a opção racional de sacrificar algo de menos valor em prol de algo mais valioso. Isto se vê, por exemplo, no Jogo de Xadrez, em que é preferível perder um peão a perder um bispo, cavalo, torre ou rainha. Também há na indústria naval o caso dos metais de sacrifício, em que se forra o casco de ferro dos navios com zinco ou magnésio, para que estes oxidem no lugar daquele.
      No caso dos tibetanos, monges e freiras tem se sacrificado para proteger algo que já foi danificado: Liberdade Religiosa e restabelecimento do Estado Teocrático, aqui chamado, Tibete. O que eles fazem não pode ser considerado um sacrifício altruísta e sim um protesto desesperado.
      Os Líderes Tibetanos estão confortáveis aguardando que a Opinião Pública Internacional reaja aos protestos por autoimolação. Entretanto não vêem que tais atos são, também, uma crítica contra a impotência e imobilidade deles mesmos. Ao se matar, os monges e freiras testam as crenças de sua religião/seita, podendo voltar, em outra vida, como Lideranças melhores que as de hoje, ou livrando-se definitivamente de suas aspirações e vocações para um sistema filosófico que não se faz respeitar.

      Excluir
    3. Não estava falando dos tibetanos.

      Excluir
    4. A matéria é sobre os tibetanos.

      Excluir
    5. nesse caso não. Apenas mais mortes desnecessárias. Nem todo romantismo do mundo muda isso.

      Excluir
  8. Se alguém ainda considerava o budismo razoável ante as demais religiões... É mais do mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles estão fazendo é uma forma de protesto sem ferir outros. Eles ainda não impõe, não se matam por causas inúteis, etc...

      Sob grande sofrimento, quase qualquer um pensaria em se matar, independente da religião/filosofia de vida.

      Excluir
    2. Estão se matando em nome de seu budismo estatal, uma causa inútil para os fanáticos religiosos alienados que estão apenas defendendo o poder para seus líderes religiosos budistas.

      Excluir
    3. Se o ato de protestar em público através de uma atrocidade como atear fogo ao próprio corpo é algo que não fere os outros, então fazer um protesto em público através de nudismo e masturbação não deve ser considerado algo que fira os outros também, logo, não é moralmente condenado por vocês, certo?

      Excluir
  9. Esta morte inutil, ainda por cima é motivo de chacota para o inimigo, se todos se imolassem ao mesmo tempo, eles teriam finalmente terminado seu trabalho. O suicidio nunca funcionou como um ato construtivo, neste caso é tenebrosa a posição confortavel de seus lideres que covardemente incentivam seus seguidores a perderem a vida, enquanto conseguem manter seu status de lideres religiosos e politicos com o sacrificio alheio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Getúlio Vargas. Leandro N. Alem (el defensor de los desposeídos), político argentino. Penelope Delta, escritora grega se matou durante a 2° Guerra Mundial durante a invasão nazista à Grécia. Jan Palach, estudante checo cometeu autoimolação como protesto político pela invasão à República Checa liderada pela União Soviética em agosto de 1968. Thich Quang Duc , monge Mahayana (budista), que durante uma manifestação na cidade de Saigon, Vietnã do Sul, contra a política religiosa do governo de Ngo Dinh Diem (católico), ateou fogo em seu próprio corpo em um processo de autoimolação, que aumentou a pressão internacional sobre o regime de Diem e a questionou a política norte-americana na Guerra do Vietnã. A Primavera Árabe teve início na Tunísia (único país onde parece ter produzido resultado), com manifestações e autoimolações.

      Excluir
  10. Satanás o Único e Verdadeiro. Eu Sou.14 de novembro de 2012 23:40

    Aqui no céu em minha morada ninguém pega fogo. Vinde a mim todos que estais cansados e oprimidos sobre o fardo e eu vos aliviarei.

    ResponderExcluir
  11. _Os cristãos se matavam para ir para o céu? _De onde tiraram esta tolice?
    _A Palavra de Deus diz que aquele que tira a sua vida, não tem parte no reino de Deus/não tem direito à salvação!
    _Que imensa confusão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vai estudar , já foi pratica muito comum entre cristãos eles se imolarem..quer saber mais? Estuda, pesquisa etc

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. _Francamente...? _Não imaginei que sua limitação fosse tanta!
      _O seu comentário poderia ter sido mais feliz e mais inteligente!!!
      _Em primeiro lugar, não vale muito à pena se reportar, em todas as falas, aos episódios que fazem parte do passado já que a matéria mencionada dá conta do que acontece agora(presente); em segundo lugar, quem comete as atrocidades das quais se tem notícia através dos tempos, tem sido as pessoas, movidas pela falta de entendimento.
      _O que estou dizendo e que tenho que esmiuçar em função de gente sem entendimento, é que: ao falar em cristãos, está-se atribuindo atitudes de um grupo, aos ensinamentos bíblicos e isso, nem sempre ocorre.
      _Ao que me consta, no passado, os cristãos eram expostos nas arenas para serem devorados pelos leões mas, ainda assim, não negaram sua fé!
      _Trazendo para os dias atuais, nos países em que não é permitida a prática cristã, as pessoas são mortas por causa da fé no Senhor Jesus..., são espancadas ao se negarem a assinar documentos que os façam negar que Jesus Cristo é o Senhor! _Isso, meu caro, acontece hoje!
      _Penso que quem deva estudar e pesquisar, não seja eu! _Que tal descer do pedestal e parar de olhar para o próprio umbigo?

      Excluir
    4. salamandra você deve estudar porque você não conhece tua religião, se fatos historicos não são relevantes porque você lê a bíblia.

      É evidente que sua tolice e inerante à sua vida.
      É triste ver cristãos tão ignorantes a respeito a suas próprias crenças.

      Excluir
    5. _Quer puxar briga? _Perdeu seu tempo!
      _Até mais!

      Excluir
    6. estúpida quer dar uma de entendida e mal sabe nada que pena. Que pessoa pobre de cultura, o sacrifício em si já é ímolação . Você deveria ir estudar pegar um livro e fazer direito o dever de casa . No mais você não passa de uma estúpida é lamentável .. Nem sei porque perco meu precioso tempo com você. Uma pessoa que nunca tem nada para acrescentar de relevante.

      Excluir
    7. _A recíproca é verdadeira!
      _Até mais,acéfalo! kkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    8. Perca um pouco do seu tempo estudando. pega um livro que não seja a bíblia pelo menos uma vez na vida . eu sei o tipo de pessopa que você , então não acredite mesmo que vou preder meu tempo com você.

      Acefalia significa literalmente ausência da cabeça. É uma malformação muito menos comum que a anencefalia. O feto acéfalo (sem cabeça) é um gêmeo parasita unido a outro feto completamente intacto. O feto acéfalo tem corpo mas carece de cabeça e de coração; o pescoço do feto está unido ao do gêmeo normal. A circulação do sangue do feto acéfalo é proporcionada pelo coração do irmão. O feto acéfalo não pode existir independentemente do feto ao qual está unido.



      Excluir
    9. _Está bem, talvez não tenha entendido..., prá variar!
      _Até mais, parasita!

      Excluir
    10. Suas palavras são um reflexo de você. Tudo que diz são abjeções de sua mente..portanto nada de novo.. Volte aos livros e estude , quem sabe um dia você comece a dizer algo coerente e não somente a expor seu reflexo de caráter doentio, como eu já disse eu sei com quem estou lidando ,entando que você é perturbada mentalmente.. Me admira os que aqui perde tempo com você, porque é precisa se rebaixar pra chegar em seu nível tanto ético como cultural , você é um ser bizarro . Se for possível ,passar bem

      Excluir
    11. Corrigindo..Entendo que você é uma perturbada mentalmente.

      Excluir
    12. Suas palavras são um
      reflexo de você. Tudo que
      diz são abjeções de sua
      mente..portanto nada de
      novo.. Volte aos livros e
      estude , quem sabe um dia
      você comece a dizer algo
      coerente e não somente a
      expor seu reflexo de caráter
      doentio, como eu já disse
      eu sei com quem estou
      lidando ,entendo que você é
      perturbada mentalmente..
      Me admira os que aqui
      perde tempo com você,
      porque é preciso se rebaixar
      pra chegar em seu nível
      tanto ético como cultural ,
      você é um ser bizarro .

      Excluir
    13. Parasitas são organismos que
      vivem em associação com outros
      dos quais retiram os meios para a
      sua sobrevivência, pastores , padres e...

      Excluir
    14. Anonimo, o que cristãos ou supostos cristãos fazem que não é diretamente ensinado pela bíblia, isso é por conta deles mesmos. Muitos foram e são martires, mas pq são MORTOS pela fé e fidelidade a Cristo, isso é consequência, mas os que se mataram voluntariamente o fizeram por escolha própria, a bíblia não ensina suicídio, portanto esses fatos não são de importância alguma para um cristão...

      Excluir
  12. O cristianismo primitivo celebrava os mártires e virgens que preferiram o suicídio à desonra. Santa Pelagia, que temia a perda de sua castidade, saltou de um telhado para escapar de um soldado romano, mais tarde foi canonizada por seu suicídio. A Igreja passaria a condenar o suicídio somente no séc. IV, principalmente graças a Santo Agostinho. No Concílio de Guadix 305 EC, foram expurgados da lista de mártires todos os santos que morreram por suas próprias mãos. Usando o pretexto de piedade, o Concílio de Cartago 348 EC condenou somente àqueles que tinham escolhido a morte por razões pessoais e o Concílio de Braga 363 EC condenou e negou ritos funerários apropriados para todos os suicidas.

    "_A Palavra de Deus diz que aquele que tira a sua vida, não tem parte no reino de Deus/não tem direito à salvação!"

    Não há qualquer registro de condenação por parte de Deus para o suicídio de Sansão. Pelo contrário, Deus lhe concedeu o último pedido, dando-lhe forças para se vingar dos filisteus:
    Então Sansão clamou ao SENHOR, e disse: Senhor DEUS, peço-te que te lembres de mim, e fortalece-me agora só esta vez, ó Deus, para que de uma vez me vingue dos filisteus, pelos meus dois olhos.
    Abraçou-se, pois, Sansão com as duas colunas do meio, em que se sustinha a casa, e arrimou-se sobre elas, com a sua mão direita numa, e com a sua esquerda na outra.
    E disse Sansão: Morra eu com os filisteus. E inclinou-se com força, e a casa caiu sobre os príncipes e sobre todo o povo que nela havia; e foram mais os mortos que matou na sua morte do que os que matara em sua vida.
    (Juízes 16:28-30)

    Salamandra Gouvêa, as pessoas cometem suicídio por diversas razões, por doença ou transtorno mental. Depressão, esquizofrenia, transtorno bipolar e outros transtornos psíquicos de causas físico-biológicas, alcoolismo, abuso de drogas, etc. Ou para por fim ao próprio sofrimento.

    Nenhum deus benevolente mandaria este homem para o inferno por ele se matar. http://farm7.static.flickr.com/6183/6141722699_ba5a4e8bec.jpg

    Como ele, muitas pessoas também pularam do World Trade Center, no atentado de 11 de setembro, visto que não havia outra escolha. O que você escolheria, morrer queimada, esmagada, asfixiada ou se suicidar? Alguém poderia condená-los por terem agido assim, num momento de desespero?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. "Nenhum deus benevolente mandaria este homem para o inferno por ele se matar"

      Não queira moldar os padrões de justiça de Deus pelos seus achismos... Sejamos humildes.. Não to dizendo que este homem foi condenado ou não, é td delicado nesse assunto, mas se matar não salva ninguém pq o que leva a condenação é o pecado, e contra este, só a fé em Cristo redime..

      Excluir
  13. Dimitri

    Seus dois comentários neste post foram excelentes. Parabéns! Continue comentando por aqui!

    Winston Smith

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Winston Smith, concordo com seu comentário (Anônimo14 de novembro de 2012 16:04) e obrigado.

      Excluir
  14. Homens mortos perderam a oportunidade de fazer algo construtivo pela mundo. Não se deve colocar como opção a morte diante de um problema.

    ResponderExcluir
  15. Respostas
    1. _É isso aí!
      _Às vezes, encontramos frases edificantes por aqui!

      Excluir
    2. Mas em tais ocasiões, a senhora nunca está presente.

      Excluir
    3. Estava presente agora. Loser!

      Excluir
    4. Quer uma frase edificante?
      "Alisa o cimento e junta o tijolo"

      Excluir
    5. Eles já fazem isso. Muitas igrejas estão sendo construidas para levar a esperança, o conforto, o amor e a justiça de Deus para muitas pessoas em vários lugares do mundo. E igrejas são construídas, também, com cimento e tijolo.

      Excluir
  16. Defensores do suicidio, buscando justificativas ate cansarem. Fazendo comparações esdruxulas, pobres homens. que jogam suas vidas fora. Quer dizer que eu estou condenando as vitimas do incendio ? Não ha comparação. Não me julguem ingenuo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que não entenda mau o posicionamento do nosso querido amigo Willian Papp.

      Ele apenas está oportunamente justificando o suicídio para defender a religiosidade, nada mais.

      Na defesa da religiosidade, ele crê, a exemplo dos crédulos e seus respectivos líderes, que os fins justificam os meios.

      É isso.

      Excluir
    2. Acho que não ein? Pelo que acompanho ele é ateu mas não vêa religião como um mau e tem mostrado argumentos validos. O comentario dele e de outros mostram que o suicído as vezes não é ruim.

      Excluir
    3. /\
      ||
      Cresça, amadureça e depois reveja se é mesmo essa a sua opinião.

      Excluir
    4. Já sou bem crescido e acho que quem devia crescer é vc. Ficar trolando não faz vc melhor. Tem poucos aqui que argumentam de verdade e vc não é um deles. Vc é um trol.

      Excluir
  17. "dever sagrado"...




    putz...

    ResponderExcluir
  18. O Budismo está certo. Tudo é criação da mente. A mente em ilusão, cria a idéia de Deus, de salvadores, de outro mundo, de imolações e sacrifícios. Não é diferente com a Bíblia. A BÍBLIA sempre foi um INCENTIVO AO NOBRE MOTIVO DE MATAR. Aliás, aqui pra nós, a coisa que mais é referendada na Bíblia, - e a negativa, a interdição no DÉCALOGO SOA ATÉ HIPÓCRITA -; é o direito de matar. Presume-se que Deus não seja o "criador" da morte...Mas a Ele se atribui, ou Ele próprio se arroga, o "direito" de matar. São inumeráveis,incontáveis, as ocasiões na Bíblia em que Deus faz matar, quando manda matar, ou sanciona o direito dos reis de matarem. Para CASTIGAR a humanidade, Deus MATOU toda a vida na terra com o dilúvio. Para PUNIR ISRAEL porque adorava "outros deuses", ASSASSINOU populações inteiras, CONCLAMANDO os povos vizinhos para escravizá-los, e levá-los deportados em cativeiro...PARA SALVAR SEU UNIGÊNITO FILHO, DEIXOU QUE MILHARES DE CRIANÇAS MORRESSEM, NUMA MATANÇA ordenada por Herodes; E o anjo não avisou às mães das pobres vítimas do INFANTICÍDIO... Apenas escapou da CARNIFICINA INFANTIL,DE FAZER CORAR O PIOR DOS TIRANOS, o bebezinho nazareno, que TINHA VINDO PARA SALVAR (SIC!) A
    TODOS...Francamente, só uma imbecil, debilóide como essa Salamandra, para DEFENDER UM LIVRO ESCROTO DESSES, e por sinal, que NUNCA LEU.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Numa dessas ele ainda da os dez mandamentos ,não mataras...Que prá ele e os queridinhos dele não serviu de nada.

      Excluir
  19. Salamandra é um nome muito chique pra ela...Tá mais pra lagartixa, ou calango, mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que isso, Felipe!
      Quantos anos você tem?

      Excluir
    2. Que isso é uma pergunta, portanto falta o ponto de interrogação.

      Que isso? O que é isso?
      Isso é um pronome demonstrativo.

      Excluir
  20. No Antigo Tibet existia trabalho escravo e servidão, o que era justificado pelo argumento de "carma" e "reencarnação". Os mais pobres eram obrigados a trabalhar para a aristocracia monástica, quando algum escravo se recusava a trabalhar ou pagar os altos tributos, era severamente torturado e abandonado para morrer congelado, o que não era visto como algo errado, já que os monges acreditavam que os escravos e torturados estavam somente "pagando carma".

    Outra é que a linhagem tibetana de Dalai Lama estava em conflito e perseguia várias outras linhagens, numa sociedade de extrema intolerância religiosa, fora que a linhagem dele era a mais machista e misógina de todas.

    Duvidam? Pesquisem por vocês mesmo em relatos de jornalistas e historiados que viveram no Tibet antes da década de 50.

    Quem protesta são somente os descendentes da aristocracia monástica (minoria), que perderam suas mordomias, já que a imensa maioria dos tibetanos está muito melhor hoje, do que no tempo em que eram escravos.

    ResponderExcluir
  21. Apesar de, em essência, ser uma religião agnóstica, que não crê em deuses, reencarnação e sobrenatural, várias linhagens do Budismo se deterioraram, seja por influências de gurus hindus, new age e da teosofia mas também pela mistura com algumas religiões primitivas, como no caso do Tibet, aonde o Budismo Tibetano se misturou com a religão primitiva do povo Tibetano, Bon Po, e se tornou a linhagem mais supersticiosa do Budismo.

    ResponderExcluir
  22. Estive por aqui e não vou voltar. E acho importante ressaltar antes de qualquer coisa que até agora, não acredito em nada. (Para motivo de entender o porque falo).

    Mas me questiono a serviço de quem ou de que esse blog é realizado... Promoção do pensamento crítico? Acho que virou uma doutrina ateísta que visa falar poucas e boas de qualquer expressão religiosa.

    Chega a ser absurdo esse jornalismo acusatório de uma realidade completamente diferente da nossa, e que aposto, mal há esclarecimento doutrinário. Ok suas críticas ao evangelho aqui no Brasíl sempre serão pertinentes, é parte da sua realidade, e de como você vê o mundo que o cerca. Mas por favor, não tente abordar assuntos além do seu saber com julgamentos estabelecidos. É importante falar, mas é bom saber o que fala também.

    Não sabemos nada da vida dos que matam no oriente médio por motivos religiosos, a não ser o "fanatismo" evidenciado pela mídia ocidental.Quem dirá dos Tibetanos.

    Cuidado; Quase nenhuma religão aceita a outra. Quase todas criticam tudo que foge a doutrina dela mesma. Todas querem conduzir à um exercício dogmático e não crítico. É isso que está sendo feito aqui.

    A religião dos ateus;Tacando fogo nas igrejas e pregando o ódio às outras formas de ver o mundo. (Continuo achando legal as matérias sobre a relação band/record e pastores aqui no site)

    Porém, com todo respeito, o cara budista que se mata por motivos políticos china-tibet está além do nosso entendimento.

    Eu sinceramente não sei o quão requerida é uma mudança para que pessoas se matem dessa forma. Espero que o que o povo tibetano precise, chegue logo!

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E antes que venham as acusações de culturalista/relativista.

      O meu único ponto é: Como alguém quer dar uma solução para um contexto que não o teu próprio? Tem intelectualoides por ai que pensam que conselho só é bom quando é para a gente mesmo. Acho que fico com eles nessa.

      Teve uma pessoa que falou aí em cima que se fosse algo sexual todos puniriam, mas que o suicídio agride da mesma forma. Meu amigo, com certeza o seu ponto está certo, julgamos ora de um jeito, ora de outro. Estranho seria se fosse a mesma medida para tudo não acha? A vida e os fatos que levam a anulação da mesma com certeza merecem um debate mais aprofundado. Principalmente quando se é "ateu" e se defende isso com tanto vigor.

      A nossa moral contemporânea ocidental é muito baseada no cristianismo ainda. A partir do momento que negamos a existência de um Deus, não seria essa moral dicotômica e polarizada de bem e mau a próxima no paredão? Sim já fazemos parte dela, mas certamente questionaríamos algo em relação a mesma.

      É essa mesma moral que coloca o suícidio como algo ruim e pecaminoso. Não estou me importanto se sou pouco fundamentado com essa afirmação, mas digo: "Tudo depende". Prefiro tentar perceber como o outro enxerga as coisas, e encontrar os valores de bem o mau de acordo com as crenças dos outros.

      Ninguém está querendo que ninguém se suicide. E certamente seu sono não será afetado pelo tibetano que se matou, não na era da indiferença.

      Excluir
    2. Somos contra a burrice, só isso. Eu gostaria de ser neutro se os religiosos não ficassem me enchendo o saco diarimente.

      Excluir
  23. Religiosos são como as pragas parasitas que vivem sugando o hospedeiro só isso. Simples assim.
    Se algum padre, pastor etc, coloca a mão na massa para o trabalho logo sera discriminado por seus pares e lideres. Talves ate expulso. Pois o trabalho com o suor proprio não é uma de suas caracteristicas.

    ResponderExcluir
  24. Qdo se trata do budismo, o senso crítico paralisa, qdo na verdade morte/suicído justificada por qualquer religião é um absurdo. Coloquem o cérebro pra funcionar!

    ResponderExcluir
  25. Não sei de onde tiraram esse apoio!

    Todas as declarações de líderes tibetanos são CONTRÁRIAS à autoimolação, inclusive desse líder tratado no texto e do Dalai Lama.

    Pesquisando no Google só encontrei esse suposto apoio em blogs. Em sites de notícias mais sérios vi declarações desestimulando a prática. O máximo que disseram foi pra chamar a atenção para o motivo das autoimolações.

    Essa matéria manipulou e distorceu grosseiramente as declarações, hein!

    ResponderExcluir

Postar um comentário