Americana que causou acidente é condenada a ler a Bíblia

Cassandra Belle Tolley
Tolley terá de 
resumir Jó  

O juiz Michael Nettler, de Rock Hill, na Carolina do Sul (EUA), condenou Cassandra Belle Tolley (foto), 28, a oito anos prisão, cinco de liberdade condicional e a ler o Livro de Jó, do Antigo Testamento, e a resumi-lo. Nettler, que é diácono, escolheu Jó por causa de sua fé inabalável em Deus.

Tolley foi julgada no mês passado como culpada por dirigir bêbada na contramão no dia 12 de novembro de 2011 e causar um acidente, ferindo gravemente duas pessoas. O nível de álcool no sangue dela era quatro vezes superior ao limite legal.

A parte da sentença que se refere à Bíblia causou polêmica porque é inconstitucional. “Em circunstâncias normais, o juiz não teria autoridade para fazer isso", disse Kenneth Gaines, professor de direito da Universidade da Carolina do Sul. "O juiz não pode acrescentar arbitrariamente em uma sentença o que quiser.”

Mas Tolley aceitou esse castigo por achá-lo merecido, validando-o, portanto, embora não esteja previsto na legislação. A defensora pública Amy Sikora informou que Tolley já tinha começado a ler a Bíblia.

Justiça de Goiás condena réu a participar de cultos por dois anos.
18 de julho de 2012

Nettler disse ter incluído a Bíblia na sentença para ajudar Tolley a deixar de ser alcoólatra. Ela teve uma infância difícil. Apanhava com frequência e aos 11 anos um parente a encharcou de gasolina e pôs fogo, marcando para sempre o rosto dela com as cicatrizes da queimadura. Esse teria sido um dos motivos que a levaram ao álcool.

Mas agora, na internet, há outra polêmica, a de que a Bíblia não seria a melhor forma de aconselhamento a quem pretende deixar de ser alcoólatra, porque ali, em determinados trechos, a bebida é enaltecida. O próprio Jesus transformou água em vinho de boa qualidade (João 2: 1-11), para garantir a festa de 7 dias de um casamento.

Noé é talvez o maior beberrão da Bíblia. Hoje em dia ele estaria em AAA (Associação de Alcoólicos Anônimos). Diz Gênesis 9:20-21: “E começou Noé a ser lavrador da terra, e plantou uma vinha. E bebeu do vinho, e embebedou-se; e descobriu-se [nu] no meio de sua tenda”. Gênesis 9: 24 afirma que Noé tinha “despertado do seu vinho”.

Ló — descrito como homem íntegro e justo — aparentemente também tinha bebedeiras homéricas. Em uma delas, em Gênesis 19:30-36, teve relações sexuais com suas duas filhas. Mas, nesse caso, não deveria estar muito bêbado porque afinal houve a consumação do incesto.

Juízes 9:13 afirma que o mosto (vinho que acabou de ser retirado da fermentação) “alegra a Deus e aos homens”. Zacarias 9:17 enaltece o trigo por “florescer os jovens e o mosto as virgens”. Gênesis diz que abundância de trigo e de mosto é uma dádiva divina.

Em 1 Timóteo 5:23 há a recomendação para o uso de vinho como remédio. Em Amós 6: 1-6, a orientação é para que o vinho seja bebido em taças.

Em Joel 1:5, há uma reprovação a quem exagera no álcool. Diz: “Despertai-vos, bêbados, e chorai; gemei, todos os que bebeis vinho, por causa do mosto, porque tirado é da vossa boca”. Levítico 10:9 proíbe que bêbado vá a um culto: “Não bebereis vinho nem bebida forte, nem tu nem teus filhos contigo, quando entrardes na tenda da congregação...”

Ageu 1:12 adverte que o vinho não pode ter contato com a “carne santa”. Mas ainda assim a bebida é tão boa, que quem for para o céu lá a terá para se regalar. Em Mateus 26:29, Jesus afirma: “E digo-vos que, desde agora, não beberei deste fruto da vide, até aquele dia em que o beba novo convosco no reino de meu Pai”.

Em vários trechos bíblicos há a oferta da bebida ao Senhor, como em Números 15:5, 7 e 10. Provérbios 3:9-10 diz que quem honrar ao “Senhor com teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos”, terá os lagares transbordados de vinho.

Se ler a Bíblia um pouco além do que impôs o juiz, Tolley, em vez de aconselhamento, terá mais uma prova para que deixe de ser alcoólatra.

Noé é um dos beberrões da Bíblia
Com informação das agências e da Bíblia Online





Revista mostra trechos bíblicos cuja existência crentes fingem não saber.
maio de 2012

Comentários

  1. O primeiro milagre de Cristo foi transformar água em vinho, pfvr né

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo devido a idolatria cristã: http://logosantropolatria.blogspot.com.br/

      Excluir
  2. que vida sofrida a dessa moça. Seria melhor indicar uma ajuda psicologia pra ela ao invés de ler a Biblia que, com toda certeza, não ajudará em absolutamente NADA!.

    ResponderExcluir
  3. Jo no livro mitico foi aquele que jeova deixou o diabo destruir toda a vida dele. Sera o que ela vai aprender lendo isto???

    ResponderExcluir
  4. Quem disse que juizes não podem fazer comedia?

    ResponderExcluir
  5. A se a bíblia fosse resolve problemas, aqui no brasil seria um paraíso, já que existem capelas em presídios.

    ResponderExcluir
  6. Não é muito difícil resumir o livro de Jó. Deus e o Diabo, estando ociosos e entendiados, resolveram fazer uma aposta para se divertir. Deus afirmou que Jó era fiel, enquanto o Diabo objetou que ele só era fiel porque Deus o recompensava. Se Deus o atormentasse com numerosos flagelos, insistiu o Diabo, Jó se revelaria um ímpio. Depois dessa aposta, uma desgraça atrás da outra se abateu sobre Jó, que, além de ter que aguentar tanto sofrimento, ainda foi obrigado a tolerar os conselhos entendiantes dos seus amigos. Taí um resumo de poucas linhas para a americana usar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais uns detalhes:O Diabo propôs que Deus causasse problemas para Jó, mas Deus autorizou que o Diabo fizesse isso(Jó 1:11-12) A partir do capítulo 3, Jó começou a reclamar. Os amigos de Jó, que o estavam criticando, defendendo Deus, depois receberam uma bronca de Deus(Jó 42:7-8)

      Excluir
  7. E despertou Noé do seu vinho, e soube o que seu filho menor lhe fizera.
    Gênesis 9:24

    O vinho tinha feito Noé dormir e após acabar o sono, Noé acordou.

    ResponderExcluir
  8. Nessas horas, eu preferiria a pena de morte...

    ResponderExcluir
  9. Após o dilúvio, o mundo deveria ser uma maravilha, mas tornou-se novamente em dresgraça por causa da bebedeira de Noé, pois Noé bêbado, ficou andando pelado e o filho Cão o viu pelado e contou aos irmãos, por causa disso, Noé amaldiçoou o filho de Cão, Canaã. Mas se o fruto que gera a bebida não existisse, não haveria como Noé embebedar-se.

    ResponderExcluir
  10. É injusto dizer que o Lot tinha bebedeiras homéricas, como diz o texto. Lot foi embebedado pelas duas filhas, que, preocupadas com a possibilidade de não deixarem descendentes, concordaram em dormir com o próprio pai. Ou seja, quem armou toda a presepada foram as filhas, não o Lot.

    ResponderExcluir
  11. Se ler biblia realmente fosse bom o brasil nao estaria esse lixo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não basta ler, é necessário comentar o que leu, analisar.

      Excluir
  12. "Tolley foi julgada no mês passado como culpada por dirigir bêbada na contramão no dia 12 de novembro de 2011 e causar um acidente, ferindo gravemente duas pessoas."

    Ela poderia aprender muito mais se ela ficasse ferida com o acidente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A dor provocada pelo acidente faria ela pensar porque ocorreu o acidente.

      Excluir
  13. Os próprios crentes admitem que ler a bíblia é tão chato, mas tão chato, que pode até ser usado como castigo, tortura ou pena alternativa! Deve ser por isso que a esmagadora maioria deles não leem.

    ResponderExcluir
  14. O que tem a Bíblia com tudo isso? Sobre Noé, a Bíblia cita um acontecimento, não diz que ele era beberrão ou alcoólatra. O condenável é o exagero sem responsabilidade. Sem mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bastou um momento para Noé ficar bêbado, pelado e colocar a culpa num dos filhos, pelo fato do filho ter visto o pai pelado e contado aos outros.

      Excluir
    2. Este foi o tempo que o escritor levou para relatar o fato. Não insulte a minha inteligencia.

      Excluir
    3. Quanto foi o tempo?

      Excluir
    4. Não foi preciso Noé ser um beberrão costumeiro, bastou ele beber uma vez.

      Excluir
  15. PQP, isso é pior do que cadeira elétrica ou injeção letal. Definitivamente o sistema carcerário norteamericano é cruel e desumano. Deveria haver pelo menos as opções de engolir Césio 137, doar rim sem anestesia ou amputar perna com facão enferrujado. Qualquer uma das três opções é melhor do que ser obrigado a ler a gibíblia à força.

    ResponderExcluir

Postar um comentário