Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Polícia acusa líder de seita de ter devorado ‘mulheres más’

Bruna, Jorge e Isabel: canibalismo e triângulo amoroso
A Polícia Civil de Garanhuns (PE) prendeu na quarta-feira (11) Jorge Negromonte da Silveira (foto), 51, sob a suspeita de que ele, por motivos religiosos, tenha matado pelo menos três mulheres para devorar partes de seus corpos. Com ele morava Isabel Cristina Pires da Silveira (à direita na foto), 51, sua mulher, e Bruna Cristina Oliveira da Silva, 25, ex. Todos foram presos no mesmo dia.

De acordo com a polícia, os três confirmaram em depoimento que praticavam o canibalismo religioso para purificar as suas vítimas. As mulheres atraíam as vítimas com a promessa de emprego de babá. O trio criava uma menina de cinco anos que é filha de Jéssica, uma vítima morta em 2008.

Os três disseram à polícia que quem escolhia as vítimas era uma entidade que apontava “as mulheres más”, com “útero maligno”. No quintal da casa do trio, foram encontrados enterrados restos mortais de vítimas. Isabel chegou a vender empadas recheadas com parte da carne das mulheres porque, segundo ela, a Bíblia condena o desperdício.

Revoltada com os crimes, a população destruiu a casa, acabando com provas que poderiam ser úteis para a polícia.

Giselly Helena da Silva, conhecida como Geisi dos Panfletos, foi uma vítima assassinada por Silveira em 2007. A sua família apresentou à polícia uma fatura recente de um cartão de crédito dela. Vídeo de uma loja identificou os suspeitos.

De acordo com a polícia, os três afirmam ser de um grupo religioso chamado Cartel que prega o anticapitalismo e combate a superpopulação do planeta. Na explicação dos fanáticos religiosos, as vítimas eram preferencialmente “mulheres más” para que não tivessem filhos. O número de vítimas pode chegar a oito.

O delegado Wesley Fernandes contou que quando Bruna chegou a presídio se recusou a alimentar da comida de lá. "Ela disse que só comia carne humana."

Em um vídeo, Isabel confirmou que vendia na cidade -- inclusive em hospitais e delegaciais -- empadas com carne humana. Disse que só era um "pouquinho".  "[Era] mais com molho, só as pontinhas."


"Todas estão com Deus e purificadas"

video

Com informação das agências e vídeo do SBT.

Polícia pega pai de santo que matou menino em ritual de magia negra.
julho de 2011

Magia negra.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...