Lei em discussão na Austrália extingue logotipo das marcas de cigarro

Advertência terá cores fortes
O Parlamento da Austrália está discutindo uma lei que, se aprovada, extinguirá dos maços de cigarros o logotipo da marca do fabricante. As embalagens passariam a ter cores opacas, dando destaque a advertência de que o tabagismo faz mal à saúde.

Trata-se do primeiro projeto de lei no mundo que propõe o banimento de marcas de cigarro na  embalagem. Países como Nova Zelândia, Canadá e Reino Unido poderão seguir o exemplo.

A aprovação da nova lei é praticamente certa, tanto que a Philip Morris já pede via judicial uma compensação para o prejuízo que estima que terá.

Nicola Roxon, ministra da Saúde, defende a lei com o argumento de que até agora as medidas de intimidação à indústria do tabaco tiveram resultados abaixo da expectativa.

Ela disse que o objetivo do governo é reduzir o número de fumantes de 19% da população para 10% até 2018. Na Austrália, o tabagismo causa a morte de 15 mil pessoas por ano e dá o gasto de US$ 32 bilhões ao sistema de saúde pública.

Com informação das agências e foto de divulgação.

Islândia estuda autorizar venda de cigarro só com receita médica.
julho de 2011

Mais sobe tabagismo.