Islândia estuda autorizar venda de cigarro só com receita médica


O parlamento da Islândia está examinando um projeto de lei que, se aprovado, só permitirá a venda de cigarros somente a pessoas dependentes do vício e que tenha receita médica. Os cigarros seriam vendidos em farmácias, que ficariam obrigadas a mandar para as autoridades os nomes dos compradores.

Na prática, o projeto de lei passa a considerar o cigarro como uma droga ilícita e o seu consumo só seria autorizado por quem estiver se tratando com um médico.

Os preços dos cigarros seriam submetidos a um elevado reajuste. A punição a quem os contrabandear seria equivalente à aplicada aos traficantes de drogas pesadas. Atualmente, os cigarros podem ser comprados em qualquer estabelecimento comercial.

A Islândia, uma ex-colônia da Dinamarca, é um país nórdico com cerca de 320 mil habitantes. Ela possui a região vulcânica mais ativa do planeta. A sua renda per capita está entre as cinco mais elevadas. Em 2005, era de US$ 40.277 (R$ 63.000). A do Brasil em 2010 era de US$ 11.300 (R$ 17.600).

Com informação do The Guardian.

março de 2011