Alice tem problema em um ouvido, mas o médico operou os dois

Um médico cujo nome não foi divulgado operou no dia 16 o ouvido esquerdo de Alice (nome fictício) no Hospital Regional de Santa Maria, em Brasília.

A menina de 7 anos sofre de má formação congênita.  Mas no ouvido direito, não no esquerdo.

O médico operou o ouvido errado porque, conforme ele admitiu, não leu o prontuário de Alice, onde estava todo o histórico do seu caso.

O  grito, de Munch Quando percebeu o erro, o médico abriu outro ouvido, submetendo a menina a duas cirurgias seguidas.

O procedimento no ouvido errado, no direito, não deixou sequelas na menina, mas a mãe de Alice reclama que a cirurgia no esquerdo não corrigiu a má formação, o que seria a causa de infecções e dores.

A mãe teme que Alice tenha de operada mais uma vez. “A minha filha ficou traumatizada com tantas cirurgias”, disse ela ao Correio Braziliense. A menina já tinha sido operada  três anos atrás.

Contratado no início deste mês por intermédio de concurso, o médico foi demitido pelo hospital.

Mesmo assim a mãe recorreu à Justiça contra o hospital.

“Foram eles [administradores da instituição] que contrataram um açougueiro”, disse.

> César foi ao dentista para extrair dois dentes e ficou banguelo. (outubro de 2009)

> E aí, no velório, o bebê morto começa a chorar. (setembro de 2008)

> Erros médicos?