Pular para o conteúdo principal

Psiquiatra forense aponta riscos para o Brasil pelo comportamento psicopata de Bolsonaro

Um dos mais respeitados psiquiatras forenses do Brasil, Guido Palomba disse que o presidente  Jair Bolsonaro apresenta  comportamentos do transtorno psiquiátrico definido como psicopatia ou condutopatia. 

Em entrevista para a TV Cultura (18.março.2021),  ele explica que esses transtornados "têm conduta tosca".

Para ele, "condutopatas são ególatras, não sentem remorso e jamais deveriam ter poder de mando e quando têm é sempre uma lástima". 

Confira a entrevista:


> Guido Palomba é membro de dezenas de associações científicas e culturais, integra o conselho editorial de revistas científicas nacionais e internacionais. Foi diretor científico, no Brasil, do British Medical Journal, edição em língua portuguesa.



Comentários

  1. Psicopatas têm que ser rastreados e isolados da sociedade até morrerem.
    52 milhões de brasileiros, escolheram um psicopata evidente para presidente.
    Como classificar o conhecimento ou intenção deste povo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os 52 milhões, ainda preferem o louco aos ladrões

      Excluir
    2. Parabéns, anônimo, você acabou de mostrar que é tão psicopata quanto o 'mito' em quem você votou.

      Excluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

Cantora gospel incentiva uso de cloroquina: 'Eu tomei'. E morre de Covid-19

Grã-Bretanha retém 'Arca de Noé' por não ter condições de navegar

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade