Pular para o conteúdo principal

Rússia condena mulher a dois anos de prisão por atividades das Testemunha de Jeová

A Justiça da Rússia condenou pela primeira vez uma mulher à prisão por atividades das Testemunhas de Jeová — religião que foi abolida no país em 2017 por ser considerada "extremista".

A juíza Elena Shcherbakova sentenciou nesta quarta-feira (24) Valentina Baranovskaya, 69, e Roman Baranovskiy, 46, seu filho, a dois anos de prisão.

Jarrod Lopes, porta-voz da Igreja, protestou contra a prisão de "uma senhora idosa e inofensiva e de seu filho sob acusação infundada".

“Esperamos que um dia as Testemunhas de Jeová tenham permissão para ler a Bíblia livremente e adorar a Deus na Rússia, como fazem em mais de 200 outros países.”

A perseguição implacável na Rússia significa que as Testemunhas de Jeová experimentam do próprio veneno.

Em todo o mundo, a religião é conhecida pelo ostracismo selvagem ao qual submete seus ex-integrantes, impedindo até  convivência entre pais e filhos.

Prisão de Valentina é recado de
que a perseguição aos religiosos
vai continuar 
 

> Com informação do site RNS e foto reproduzida da rede social.

Comentários

  1. Eles estão sertos na Rússia essa seita é destrutiva

    ResponderExcluir
  2. Só 2 anos é muito pouco, tinha que ter uns 20 anos, pra deixarem de apoiar seita pedófila.

    ResponderExcluir
  3. Tinha que pegar 2 gato morto e botar num saco e bater nela até os gatos falarem as equações da dobra espacial

    ResponderExcluir
  4. Imagina esse povo no poder. Já basta um monte de evangélicos malucos no congresso brasileiro.

    ResponderExcluir
  5. Caramba ! Quanto ódio nesses comentários ! Teria a Rússia coragem de proibir a prática do islã em seu território ? Por que então perseguir as TJ ?
    Mesmo sendo ateus ou crentes não deveríamos aplaudir essas atitudes de país nenhum .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem islamismo em território russo, mas radicais são presos. Por outro lado, eles entraram no Afeganistão e expulsaram os radicais islámicos dalí. https://www.bol.uol.com.br/noticias/2021/02/17/quase-20-islamistas-radicais-sao-detidos-na-russia.htm

      Excluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Vídeo: Rasmussen afirma que o homem mais perigoso é aquele que não crê em Deus

Deputado pastor propõe fura-fila da vacina contra Covid-19 para religiosos em SC