Fordelis afirma que vai processar quem estiver chamando-a de ‘assassina’

A pastora e deputada federal Fordelis (PSD) gravou um vídeo onde ameaça processar todos aqueles que estão chamando-o de “assassina”.

Afirma que tem prints das redes sociais de “falsos acusadores” e que vai acionar os seus advogados.

“Quem me chamou de assassina” vai ter de provar, acrescenta.  

'Não vou 
ficar mais
 calada'

O Ministério Público acusa a pastora Fordelis de ser a mandante do assinato do seu marido, o pastor Anderson.

Ela foi indiciada por crime de homicídio triplamente qualificado, falsidade ideológica e organização criminosa.

A sua cassação pelo Conselho de Ética da Câmara dos Deputados é tida como certa, quando o órgão voltar a se reunir após a quarentena da pandemia.

O assassinato do pastor Anderson é uma dos mais sórdidos da história de crimes do Brasil.

De acordo com as investigações e depoimentos, o homicídio envolve orgia sexual em família, suposto incesto, desvio de recurso de templos e disputa de poder entre marido e mulher.


Com informação da rede social e de outras fontes.

Pastora Flordelis e seu marido frequentavam casa de swing, diz fiel à polícia 



Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Artista gospel se recusa a cantar em casamento de amigo gay

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Igreja de 221 anos fecha nos EUA por falta de fiéis; avanço da secularização