Pular para o conteúdo principal

Fordelis afirma que vai processar quem estiver chamando-a de ‘assassina’

A pastora e deputada federal Fordelis (PSD) gravou um vídeo onde ameaça processar todos aqueles que estão chamando-o de “assassina”.

Afirma que tem prints das redes sociais de “falsos acusadores” e que vai acionar os seus advogados.

“Quem me chamou de assassina” vai ter de provar, acrescenta.  

'Não vou 
ficar mais
 calada'

O Ministério Público acusa a pastora Fordelis de ser a mandante do assinato do seu marido, o pastor Anderson.

Ela foi indiciada por crime de homicídio triplamente qualificado, falsidade ideológica e organização criminosa.

A sua cassação pelo Conselho de Ética da Câmara dos Deputados é tida como certa, quando o órgão voltar a se reunir após a quarentena da pandemia.

O assassinato do pastor Anderson é uma dos mais sórdidos da história de crimes do Brasil.

De acordo com as investigações e depoimentos, o homicídio envolve orgia sexual em família, suposto incesto, desvio de recurso de templos e disputa de poder entre marido e mulher.


Com informação da rede social e de outras fontes.

Pastora Flordelis e seu marido frequentavam casa de swing, diz fiel à polícia 



Comentários

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

Cantora gospel incentiva uso de cloroquina: 'Eu tomei'. E morre de Covid-19

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Abertas as inscrições para o minicurso ‘Educação pública: laicidade, religião e história do ateísmo’