Pular para o conteúdo principal

MPF pede retirada do ar do vídeo do feijão que Valdemiro Santiago diz que cura Covid-19

O MPF (Ministério Público Federal) encaminhou ao Google pedido para que retire do Youtube o vídeo onde o pastor Valdemiro Santiago vende semente de feijão ungido que cura Covid-19.

O líder da Igreja Mundial está vendendo a semente a partir de R$ 100 e até R$ 1.000.


O órgão solicitou também a preservação da íntegra do vídeo e a informação sobre a sua quantidade de acessos, para eventual responsabilização do pastor.

O Google terá de responder em cinco dias.

A decisão do MPF serve como um aviso aos pastores para que não usem a pandemia para explorar os fiéis.


Com informação do MPF.



Deputado evangélico tem projeto para que dízimo seja descontado do salário

Embora mais pobres, fiéis da Igreja Universal pagam o maior dízimo

Quem não paga dízimo fica exposto ao Satanás, afirma Edir

Para famílias de baixa renda, dízimo é despesa prioritária




Comentários

  1. https://brasil.elpais.com/brasil/2020-05-11/em-meio-a-pandemia-bolsonaro-acelera-medidas-para-beneficiar-desmatador-armamentista-e-evangelicos.html#?sma=newsletter_brasil_diaria20200512

    "O presidente Bolsonaro tem se escorado cada vez mais no apoio evangélico, seja no Congresso ou nas urnas. O mais recente aceno do mandatário às igrejas ocorreu em abril, quando, segundo o jornal O Estado de São Paulo, ele acionou a Receita Federal para que o fisco estude demandas feitas por lideranças evangélicas, que querem deixar de pagar dívidas com a União. O secretário da Receita, José Barroso Tostes Neto, chegou a participar de reunião com deputado David Soares (DEM-SP), filho do missionário R. R. Soares, líder da Igreja Internacional da Graça de Deus. Segundo balanço feito no final do ano passado, apenas a congregação de Soares deve 127 milhões de reais, e o total da dívida das igrejas chega a 1 bilhão de reais."

    "O presidente encampou em 5 de fevereiro um projeto que autoriza a extração de ouro nas terras indígenas. A medida, considerada por ele como uma “lei áurea” para os povos nativos, é vista como uma tragédia pelos ambientalistas, e ainda precisa ser aprovada no Congresso."

    "O presidente Bolsonaro nunca escondeu seu desejo de armar a população com a finalidade de garantir o “direito à autodefesa”, ainda que 100% dos estudos sérios conduzidos sobre o tema apontam para o fato de que ter um revólver em casa é fator de risco para os moradores —principalmente para a mulher, e especialmente neste período de quarentena. "

    ResponderExcluir
  2. Esse Bolsonaro e doente mental!.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Romualdo Panceiro cria a Igreja das Nações para concorrer com a Universal

Pastor diz que máscara é ‘frescurite’; fiel idosa e marido morrem de Covid-19

Maitê recupera pensão de solteira apesar de união com empresário







EDITOR DESTE SITE
Paulo Lopes é jornalista.Trabalhou
no jornal abolicionista Diario Popular,
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e outras publicações.

Contato