Embora mais pobres, fiéis da Igreja Universal pagam o maior dízimo


Cada fiel paga
a média de
R$ 96,50 por mês

Embora entre os evangélicos sejam os mais pobres, os fiéis da Igreja Universal são os que pagam o maior valor de dízimo, na média de R$ 96,50 por mês. A informação é do DataFolha.

Em segundo lugar vêm os seguidores da Igreja Batista, com a média mensal de R$ 95,8, e os da Assembleia de Deus (R$ 70,30).

Os pastores pregam que o dízimo tem de corresponder a 10% dos ganhos da cada fiel, mas apenas 7% dos seguidores pagam tanto.

A contribuição da maioria não passa dos 2% dos rendimentos.

Em 2016, a recessão econômica afetou o dízimo e as doações, cujo valor não aumentou sequer para compensar a inflação.

Foi o ano em que a Igreja Mundial entrou em crise financeira.

Ainda assim os evangélicos contribuem em valor três vezes mais em relação aos católicos.

Com informação do DataFolha.


Vídeo mostra a miséria de uma dizimista da Igreja Universal

Católicos brasileiros pagam dízimo anual de R$ 1, diz cardeal




A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

-------- Busca neste site