Macron estica o confinamento na França por mais um mês

O presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou hoje (13) que as medidas de confinamento no país vão ser prorrogadas até 11 de maio.

O país adotou as medidas em 17 de março, mas vem seguidamente prorrogando o prazo a cada duas semanas. Antes do anúncio de hoje, a política drástica de confinamento para conter a pandemia de Covid-19 no país estava prevista para acabar em 15 de abril.

'QUANTO MAIS AS REGRAS
 FORAM APLICADAS MAIS
VIDAS VAMOS SALVAR'

"Temos de continuar os nossos esforços e aplicar as regras. Quanto mais elas forem respeitadas, mais vidas vamos salvar. É por isso que o confinamento vai continuar até 11 de maio", disse o Presidente francês numa comunicação ao país.

Macron reconheceu também algumas ineficiências no combate a propagação e no tratamento da doença covid-19 "como acontece em todos os países".


Segundo Macron, o fim progressivo do confinamento, a partir de12 de maio, deve começar pela reabertura de creches. "Vamos temos que organizar diferentemente esse deslocamento, para a segurança de todos”, disse. Já as aulas nas universidades só serão retomadas no fim de julho. Grandes festivais culturais não poderão ocorrer até meados de julho.

Pelos regras do confinamento, os franceses só podem deixar suas casas apenas para ir ao trabalho, supermercado e realizar viagens estritamente necessárias.

Nesta segunda-feira, o governo francês registrou mais 335 mortes em hospitais por coronavírus. Com isso, chega a 14.967 o número de mortos pela doença no país. A França ainda tem 98.076 casos confirmados de covid-19.

Com informação das agências.




Vídeo: Quarentena, brigas políticas, remédios polêmicos. É a Gripe espanhola de 1918!

20 fatos que você precisa saber sobre entubação

Vídeo: prefeito que disse que cura da Covid-19 virá da igreja é internado

'Internet Segura' adverte para onda de golpes na quarentena

Cidade de Nova York improvisa necrotério fora de hospital

Psicóloga diz como é possível manter o equilíbrio emocional em tempo de pandemia

13 teorias da conspiração sobre o coronavírus. Ou: a bolsa ou a vida?

Microbiologista critica a negação à ciência e alerta que o Covid-19 mudou o mundo




Comentários