Pular para o conteúdo principal

Governo vai comprar 10 milhões de testes rápidos para o diagnóstico do coronavírus

O Ministério da Saúde informou que comprou em regime de urgência 10 milhões de testes rápidos para detectar o Covid-19. O carregamento dos testes será distribuído aos estados em oito dias, a partir do final da semana que vem, de acordo

“Estamos adquirindo um número de testes significativos para que, na próxima semana, daqui a oito dias, (já) tenhamos 5 milhões de testes rápidos para a distribuição em todo o Brasil”, informou o  secretário Wanderson Oliveira, da Vigilância Sanitária.

Ele também disse que a intenção é ter um modelo de combate ao novo coronavírus semelhante ao da Coreia do Seul, com testes em massa em sintomáticos, inclusive com a montagem de drive thrus.

Também afirmou que o governo busca parcerias com empresas privadas, como a Vale, e uma de logística, para aquisição dos testes — cada um custa 75 reais, segundo Wanderson Oliveira.

Se não houver parceria, o governo bancará a compra dos testes sozinho.




Anvisa aprova oito testes rápidos para diagnóstico do Covid-19

'Patroa' contaminada não avisa empregada doméstica, que morre de coronavírus

Igrejas pedem que fiéis rezem contra a pandemia. Alguém avisou o coronavírus?

Morre de coronavírus o presidente do conselho do Santander em Portugal

Supremo derruba liminar que sugeriu soltar presos por causa do Covid-19

Justiça de SP dispensa trabalho presencial de professores de escolas particulares




Comentários

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Hospital de campanha de evangélicos em Nova York não aceita voluntários gays

Vídeo: R.R. Soares manda o Covid-19 para o inferno, mas não tira a máscara do rosto

Saiba por que a seita Testemunhas de Jeová é um paraíso para pedófilos