Pular para o conteúdo principal

OMS adverte que não pode haver relaxamento das medidas restritivas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) fez um alerta sobre o relaxamento de medidas restritivas contra o novo coronavírus cedo demais.

DECLARAÇÃO DA OMS
OCORRE EM MOMENTO
EM QUE BOLSONARO
CRITICA O ISOLAMENTO GERAL

O diretor-geral da agência, Tedros Ghebreyesus, reconheceu que, em muitos se países, foram tomaram "medidas sem precedentes com custos econômicos e sociais significativos", o que ao menos dá tempo para conter a expansão da pandemia.

"A última coisa de que qualquer país precisa agora é reabrir escolas e negócios e ser forçado a fechá-los novamente por causa de um ressurgimento do vírus", disse Ghebreyesus, salientando que "medidas agressivas para encontrar, isolar, testar e tratar casos são a maneira melhor e mais rápida" para levantar as restrições.


A OMS recomenda ainda o aumento da força de trabalho em saúde pública e a criação de "um sistema que permita encontrar todos os casos suspeitos", bem como a preparação de instalações capazes de acolher doentes e conter o contágio de forma eficaz.

Ghebreyesus apelou também para o aumento da produção e realização de testes da doença e para a criação de "um plano claro e um processo para colocar em quarentena" pessoas que tenham tido contato com o novo coronavírus.

Com informação das agência.




Jornalista da Itália compara a pandemia a uma invasão de alienígenas

Após resistir em suspender cultos, o hipócrita Malafaia quer ajudar vítimas do vírus

Vídeo: guru de Bolsonaro, Olavo de Carvalho diz que ninguém morreu de coronavírus

Vídeo: Covid-19 elevará o desemprego; e R.R. Soares pede dinheiro

Vídeo: Covid-19 elevará o desemprego; e R.R. Soares pede dinheiro

Psicóloga diz como é possível manter o equilíbrio emocional em tempo de pandemia

'Patroa' contaminada não avisa empregada doméstica, que morre de coronavírus

Igrejas pedem que fiéis rezem contra a pandemia. Alguém avisou o coronavírus?




Comentários

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos