Pular para o conteúdo principal

Marcha de Jesus de São Paulo é adiada para novembro por causa do coronavírus

Jesus é filho de Deus, ele enfrenta o Satanás, é poderoso, mas não o suficiente porque amarelou diante de um bichinho, o novo coronavírus, o Covid-19.

Se não fosse assim, por que o autoproclamado apóstolo e líder da Igreja Renascer Estevam Hernandes adiou a maior Marcha para Jesus do Brasil, a de São Paulo?

Prevista para 11 de junho com o tema “O Príncipe da Paz”, a 28ª edição da Marcha foi adiada para o dia 2 de novembro.

Espera-se que o apóstolo tenha avisado o coronavírus.

Com informação da organização da Marcha para Jesus.




Anvisa aprova oito testes rápidos para diagnóstico do Covid-19

'Patroa' contaminada não avisa empregada doméstica, que morre de coronavírus

Igrejas pedem que fiéis rezem contra a pandemia. Alguém avisou o coronavírus?

Morre de coronavírus o presidente do conselho do Santander em Portugal

Supremo derruba liminar que sugeriu soltar presos por causa do Covid-19

Justiça de SP dispensa trabalho presencial de professores de escolas particulares




Comentários

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Hospital de campanha de evangélicos em Nova York não aceita voluntários gays

Vídeo: R.R. Soares manda o Covid-19 para o inferno, mas não tira a máscara do rosto

Cristianismo é a religião que mais perseguiu o conhecimento científico