Pular para o conteúdo principal

Maia critica Bolsonaro: 'Até agora não há uma política para isolar os idosos do Covid-19'

O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, criticou o Governo Bolsonaro defender a adoção de um isolamento parcial contra o coronavírus, liberando os mais jovens, mas sem se preocupar com os idos.

MAIA ESTÁ PREOCUPADO COM
AS AFIRMAÇÕES DO PRESIDENTE
CONTRA O ISOLAMENTO DE TODOS

“Como alguém pode falar em isolamento vertical se até hoje não apresentou uma proposta de contingenciamento para os idosos brasileiros mais pobres?”

“Como pode falar de um assunto sabendo que temos milhares de idosos no Rio de Janeiro, que São Paulo tem 7 milhões de pessoas acima de 60 anos, muitas delas com baixa renda?", afirmou Maia em entrevista,

"E até hoje a gente não viu do governo política para isolar os idosos. Você não pode tirar de uma comunidade tirar uma parte para trabalhar e voltar para o mesmo ambiente de 30, 40 metros quadrados.”

Com informação da Câmara dos Deputados.




Jornalista da Itália compara a pandemia a uma invasão de alienígenas

Após resistir em suspender cultos, o hipócrita Malafaia quer ajudar vítimas do vírus

Vídeo: guru de Bolsonaro, Olavo de Carvalho diz que ninguém morreu de coronavírus

Vídeo: Covid-19 elevará o desemprego; e R.R. Soares pede dinheiro

Vídeo: Covid-19 elevará o desemprego; e R.R. Soares pede dinheiro

Psicóloga diz como é possível manter o equilíbrio emocional em tempo de pandemia

'Patroa' contaminada não avisa empregada doméstica, que morre de coronavírus

Igrejas pedem que fiéis rezem contra a pandemia. Alguém avisou o coronavírus?




Comentários

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Hospital de campanha de evangélicos em Nova York não aceita voluntários gays

Vídeo: R.R. Soares manda o Covid-19 para o inferno, mas não tira a máscara do rosto

Saiba por que a seita Testemunhas de Jeová é um paraíso para pedófilos