Pular para o conteúdo principal

Juiz manda Doria e Covas suspenderem os cultos de Edir Macedo e Silas Malafaia

O governador João Doria, de São Paulo, e o prefeito Bruno Covas, da capital, vão ter de determinar a proibição de igrejas que anunciaram que manteriam a celebração de cultos durante a pandemia, destacando-se a Igreja Universal, do bispo Edir Macedo, e Assembleia de Deus Vitória em Cristo, do pastor Silas Malafaia.

CULTOS EM LOCAIS
PRECÁRIOS SÃO SÉRIA
AMEAÇA 
À SAÚDE PÚBLICA
Doria e Covas tinham feito apenas uma “recomendação” para que as igrejas suspendessem suas atividades.

A pedido do Ministério Público, o juiz Randolfo Ferraz de Campos, da 14ª Vara da Fazenda Pública, sentenciou que o governador e o prefeito adotem ‘providências cabíveis nos âmbitos administrativo, sanitário e penal quanto a quaisquer líderes e/ou responsáveis por igrejas, templos e casas religiosas de qualquer credo que façam convocações para realização dos atos religiosos ora proibidos’.

Ele determinou que, em caso de desobediência, cada templo terá de pagar multa diária de R$ 10 mil.

No Rio, um juiz autorizou os templos da Malafaia a continuarem celebrando cultos porque, segundo ele, não há lei que impeça as atividades das igrejas, mesmo em uma situação de emergência.

Santa Catarina   Ainda ontem 20 de março, o juiz Jefferson Zanini, 2ª Vara da Fazenda Pública de Florianópolis determinou que a igreja comandada por Silas Malafaia    estava proibida de fazer cultos ou reuniões por 30 dias no estado de Santa Catarina.

Em caso de descumprimento, a multa é de R$ 20 por dia e por  mil por estabelecimento catarinense que violar a ordem.   A decisão liminar atende pedido da Associação dos Médicos e Empresas Prestadoras de Serviços Médicos do Sul do Brasil (Assulmed).

Com informação do Tribunal de Justiça de São Paulo e do Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina 




Anvisa aprova oito testes rápidos para diagnóstico do Covid-19

'Patroa' contaminada não avisa empregada doméstica, que morre de coronavírus

Igrejas pedem que fiéis rezem contra a pandemia. Alguém avisou o coronavírus?

Morre de coronavírus o presidente do conselho do Santander em Portugal

Supremo derruba liminar que sugeriu soltar presos por causa do Covid-19

Justiça de SP dispensa trabalho presencial de professores de escolas particulares



Comentários

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos

Morre de Covid-19 o segundo pastor bolsonarista da Assembleia de Deus

Bispo Edir Macedo é internado com suspeita de estar com Covid-19