Nova temporada de Cosmos será lançada em março de 2020

Imagens da série apresentada
 pelo Neil deGrasse Tyson
 foram produzidas por
computação gráfica avançada 

A Fox e a NatGeo divulgaram que a série Cosmos: Possible Worlds será lançada em março de 2020 nos Estados Unidos.

O lançamento ocorrerá com um ano de atraso porque duas mulheres acusaram o astrofísico Neil deGrasse Tyson, apresentador da série, de “comportamento sexual inadequado”.

A primeira temporada da série com Tyson foi lançada em março de 2014, com sucesso de público e crítica.

A temporada de 2020 também teve a colaboração de Anny Druyan, viúva do astrônomo Carl Sagan, que foi o idealizador e apresentador da série Cosmos.

Com o total de 13 episódios, o primeiro da série de Sagan foi apresentado ao público no dia 28 de setembro de 1980.

Sagan até hoje tem uma legião de admiradores. Muitas pessoas se tornaram astrônomas por causa da série.

Druyan disse que essa terceira temporada de Cosmos é a mais ousada ainda".

“O 'Navio da Imaginação' nos levará a lugares que nunca ousamos nos aventurar antes: mundos e mundos perdidos por vir, profundamente no futuro e diretamente através daquele buraco na cortina que mascara outras realidades — e tudo isso rigorosamente baseado na ciência e tornado real pelo exuberante VFX [soft de efeitos especiais] ".

Cosmos: Possible Worlds é uma bela homenagem a Sagan, que no dia 9 de novembro de 2019 completaria 84 anos.
Ainda mais porque a série será lançada em um momento em que descobertas sobre novos mundos são noticiadas quase todos os dias.




Com informação da Fox e de outras fontes.



Gravação de Carl Sagan para ETs vai ser reeditada em vinil

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Lições de mortalidade que recebi do meu pai, Carl Sagan

Pessoas ficam mais generosas diante da imensão dos cosmos



Comentários

EDITOR DESTE SITE



Paulo Lopes é jornalista profissional diplomado.
Trabalhou no jornal centenário abolicionista
Diário Popular, Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras publicações.