Pular para o conteúdo principal

Benção de Edir Macedo confirma que Bolsonaro é um presidente 'terrivelmente evangélico'

Foto da Presidência da República
Macedo disse que Bolsonaro
 foi escolhido por Deus para
governar os brasileiros

O bispo Edir Macedo (foto à esquerda)abençoou neste domingo, 1º de setembro de 2019, o presidente Jair Bolsonaro (foto), que compareceu ao Templo de Salomão, em São Paulo.

“Uso de toda a autoridade que me foi concedida por Deus para abençoar este homem, para lhe dar sabedoria, para que este país seja transformado, que faça um novo Brasil”, disse o pastor.

O líder da Igreja Universal disse que “Deus escolheu Bolsonaro para liderar 210 milhões de brasileiros”.

Desde a campanha presidencial, o católico Bolsonaro tem feito discurso voltado somente para as demandas dos evangélicos, principalmente neopentecostais.

Para valer de uma terminologia do próprio Bolsonaro, pode-se dizer que ele é um “presidente terrivelmente evangélico”, o que é um atentado contra o Estado laico.

Com informação das agências e foto de divulgação.



Bolsonaro logo vai descobrir que orações não resolverão os problemas do Brasil

Youtuber diz que sacrifício de bode atrapalha governo de Bolsonaro

Fundamentalismo religioso de Bolsonaro é pior que o da Idade Média, diz Roberto Freire

Em oito meses de governo, Bolsonaro teve 38 encontros com evangélicos





Comentários

Posts mais acessados na semana

Bolsonaro fica irritado com aprovação da CoronaVac que vai salvar vidas

No governo Biden, fundamentalismo cristão tende a retornar a sua insignificância

Empresário bolsonarista Luciano Hang, sua mulher e mãe estão internados com Covid-19

Dona Religião é casada com sr. Atraso e têm vários filhos

Aprovação da CoronaVac significa duro golpe no bolsonarismo