Pular para o conteúdo principal

Correios lançam selo comemorativo da primeira visita tripulada à Lua



por Agência Brasil

A foto da pegada do astronauta norte-americano Neil Armstrong na primeira visita tripulada à Lua é estampa de selo comemorativo dos Correios.

A chegada do homem ao satélite da Terra completou 50 anos no dia 20 de julho de 2019. A imagem reproduzida pelos correios foi autorizada pela Nasa, agência espacial norte-americana.

A tiragem do selo será de 240 mil unidades. O selo tem valor de R$ 3,75 a unidade.

Os Correios prometem vender as peças nas principais agências de todo o país “e na loja virtual dos Correios.

O lançamento do selo ocorreu no dia 20 de julho de 2019 em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo. 


Neil Armstrong, Michael Collins e
Buzz Aldrin em julho de 1969, antes da missão






Som ‘estranho’ que Apollo 10 captou na Lua tem explicação

Estudo conclui que a Lua foi habitável há 4 bilhões de anos

Estudo afirma que bolsões vulcânicos da Lua tem água

Estudo mostra novas evidências da colisão de Theia com a Terra


Comentários

  1. Tudo não passa de uma...FARSA...feita em estúdio, vejam no vídeo abaixo, que parte do cenário desaba, e entram pessoas com roupas comuns para arrumar a bagunça.

    https://www.youtube.com/watch?v=ul-Oex0v6pY

    Não caiam nessa Mentira !!!

    ResponderExcluir
  2. Tudo não passa de uma...FARSA...feita em estúdio, vejam no vídeo abaixo, que parte do cenário desaba, e entram pessoas com roupas comuns para arrumar a bagunça.

    https://www.youtube.com/watch?v=ul-Oex0v6pY

    Não caiam nessa Mentira !!!


    ResponderExcluir
  3. Eu não fui para a Lua.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Hospital de campanha de evangélicos em Nova York não aceita voluntários gays

Cristianismo é a religião que mais perseguiu o conhecimento científico

Vídeo: R.R. Soares manda o Covid-19 para o inferno, mas não tira a máscara do rosto