Evangélico apedreja casa de umbanda e faz ameaça de morte

Um evangélico apedrejou na sexta-feira, 3 de maio de 2019, o Terreiro da Vó Benedita, que fica próxima da igreja do agressor, em Campinas, interior de São Paulo.

A denúncia é de Padrinho Joãozinho Galerani e Mãe Sueli Galerani, responsáveis pelo terreiro.

Em nota de repúdio, eles afirmaram que a sua casa também foi apedrejada e que supostos evangélicos furaram pneus de carros de frequentadores do terreiro.

Os umbandistas disseram que no sábado o evangélico avisou que iria buscar uma arma para matá-los, porque eles “não têm Deus no coração”.

Informaram que iam registrar um Boletim de Ocorrência contra o evangélico e a igreja.

Os sites locais noticiaram que o ataque tinha partido de um “fanático religioso”, mas a polícia não identificou o agressor.

Os umbandistas tiveram
 de chamar a polícia

Com informação da Carta Campinas e de outras fontes, com reprodução de foto do Facebook.





Fanatismo evangélico ameaça a democracia no Brasil, diz reverendo

‘Fanatismo’ depredou imagem de Nossa Senhora, diz arcebispo

Bellotto assumiu seu ateísmo por causa do fanatismo religioso

Preferir morrer a renegar Jesus Cristo é estupidez do fanatismo



Receba por e-mail aviso de novo post

Comentários