Malta faz propaganda de complementos e pasta de amendoim

Pastor tornar-se
garoto-propaganda de
 complemento de
marca desconhecida

O pastor e ex-senador Magno Malta (PR-ES) está fazendo em sua rede social propaganda de um suplemento de alimentação e pasta de amendoim.

"Oi, pessoal. Quero mostrar para vocês que estou tomado agora. Vocês sabem que sou da malhação. Então, vocês aí, o pessoal do jiu jitsu, boxe, muay thai, da malhação, do crossfit… Eu aprovo esse suplemento”, diz ele em vídeo postado no Instagram [ver abaixo].

A marca do suplemento é Proway, que não aparece na versão em português do Google.

“Também tem uma coisa maravilhosa, pasta de amendoim, que vocês estão acostumados, e batata-doce, que a gente de manhã come com ovo.”

Malta era para ser o vice-presidente do Brasil. Ele se recusou a compor a chapa de Jair Bolsonaro e preferiu tentar se reeleger, mas conseguiu apenas 17,05% dos votos válidos do Espírito Santo. Afirmo que essa foi uma decisão de Deus.

Na noite do anúncio dos resultados das eleições presidenciais, Malta, na casa de Bolsonaro, fez uma oração em agradecimento aos eleitores.

Ele tinha certeza que faria parte do novo governo. “Vou ser ministro”, disse. Não foi.

Bolsonaro preferiu colocar no ministério destinado aos evangélicos, o da Mulher, Família e Direitos Humanos, a pastora Damares Alves, assessora do gabinete do então senador que usou seu mandato para principalmente combater a igualdade de direitos dos homossexuais.

Apoiador de primeira hora
dos governos de Lula e Dilma,
Malta teria sido vetado
pelos generais de Bolsonaro.



Com informação do Instagram e de outras fontes.




Milícias religiosas agem até contra exposição em escola

Bolsonaro aprova lei que permite que adventistas faltem em dia de prova

Bolsonaro vai ter de aceitar que a Constituição está acima de Deus

Fundamentalismo religioso de Bolsonaro é pior que o da Idade Média, diz Roberto Freire




Bolsonaro ocupa parte de sua agenda para ver filme sobre cura pela fé


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site --------