Pular para o conteúdo principal

Político italiano anti-vacina é internado com catapora


Massimiliano Fedriga do Liga
Norte, de extrema direita.
Anti-vacinação, ele teve
catapora e foi hospitalizado


Massimiliano Fedriga, 38, governador da região de Friuli-Venezia Giulia, foi internado há seis dias por causa da varicela, doença a qual os brasileiros nomeiam com o termo tupi: catapora.

Até aí seria um fato normal, nem digno de notícia, caso  Massimiliano Fedriga não tivesse se notabilizado por ser um crítico veemente da obrigatoriedade de vacinação em toda a Itália. O feitiço virou contra o feiticeiro.

O governador Massimiliano Fedriga é membro do partido de extrema direita italiano,  Liga Norte, pelo qual atuou como chefe da Câmara de Deputados na votação do Decreto Lorenzin, que obriga a vacinação de crianças e adolescentes para matrícula em escolas.

O decreto foi proposto em 2015 pela então ministra da Saúde Beatrice Lorenzin (2013-18), de centro, e ganhou força no o debate público após um surto de sarampo em 2017. Fedriga era totalmente contra a obrigatoriedade da imunização infantil no país.

Tendo opiniões contrárias à direita e à esquerda, o Decreto Lorenzin foi afinal convertido em Lei pelo Senado em 7 de junho de 2017, determinando a vacinação obrigatória contra 12 diferentes doenças. A desobediência à lei pune os pais com multas pecuniárias e proíbe alunos 0 a 16 anos não imunizados de frequentarem escolas e jardins de infância.

Ironia

Passados apenas 20 meses da aprovação da lei de vacinação, Massimiliano Fedriga contraiu catapora e teve que ser internado em Údine por alguns dias.

Com Corriere della Sera e outros veículos






Aviso de novo post por e-mail

Canadense antivacina causa surto de sarampo em Vancouver

Líder americana de campanha antivacina morre de gripe suína e meningite

Vacina tríplice não aumenta risco de autismo, concluiu pesquisa




Quem se opuser às vacinas deve responder por crime, diz Varella


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


-----

Comentários

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos

Hackers invadem conta de Malafaia e doam R$ 10 mil à Cruz Vermelha

Bispo Edir Macedo é internado com suspeita de estar com Covid-19