Igreja Católica da Argentina recusa pedidos de desfiliação


Igreja informou
 que o direito canônico
 não admite a
quebra de vínculo

[notícia]

A Igreja Católica da Argentina comunicou que não vai aceitar os milhares de pedidos de desfiliação que tem recebido de uma campanha promovida pela Cael (Coalizão Argentina pelo Estado Laico).

Autoridades católicas informaram que, pelo direito canônico, o desligamento da Igreja só pode ser feito por intermédio da excomunhão, o que não é o caso de agora.


A Cael foi criada em 2009 para lutar pela separação entre a Igreja e o Estado argentino, que tem uma religião oficial, o catolicismo.

A campanha pela apostasia se intensificou por ocasião da votação no Senado da legalização do aborto até a 12ª semana de gestão — a medida foi rejeitada.

Apesar da negativa da Igreja, a Cael não desistiu da campanha, mas agora também pede os país não batizem os seus filhos, de modo que eles próprios possam tomar uma decisão quando crescerem.

Com informação da Folha.


Caso de menina estuprada leva francês a pedir desbatismo

Número de brasileiros sem religião dobra em apenas dois anos

Nos Estados Unidos, número de sem religião dobra em 14 anos




Triplica nos Estados Unidos universitários sem religião

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site