Pular para o conteúdo principal

Evangélicos jogam sujo para tentar impedir festa de Iemanjá

Evangélicos de Maceió querem  
culto no mesmo dia e local
Evangélicos de Maceió (AL) marcaram um evento no mesmo dia, 8 de novembro, e no mesmo local da tradicional festa de Iemanjá, na Praça Multieventos, na orla de Pajuçara.

Como a prefeitura manteve a festa, os evangélicos estão dispostos a manter seu jogo sujo. Eles vão recorrer à Justiça para ocupar o lugar com o evento “Maceió de Joelhos”.

Representantes de evangélicos e do Coletivo Religioso de Matriz Africana se reuniram no dia 30 de novembro na sede do Ministério Público de Alagoas na tentativa de se chegar a um acordo.

Contudo, o pastor Paulo César da Silva se recusou a aceitar outra data para seu evento. “Vamos rezar pelas famílias alagoanas.”

Mãe Zazi, do coletivo, disse que a atitude dos evangélicos só pode ser explicada como intolerância em relação às religiões de afrodescendentes.

“O que está acontecendo é uma intolerância cultural e religiosa.”

Com informação do G1.





Justiça multa igreja evangélica por intolerância religiosa

Comentários

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Romualdo Panceiro cria a Igreja das Nações para concorrer com a Universal

Pastor diz que máscara é ‘frescurite’; fiel idosa e marido morrem de Covid-19

Maitê recupera pensão de solteira apesar de união com empresário







EDITOR DESTE SITE
Paulo Lopes é jornalista.Trabalhou
no jornal abolicionista Diario Popular,
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e outras publicações.

Contato