Psicóloga cristã afirma que tolerância religiosa é falta de fé

Marisa Lobo prega no Twitter a intolerância religiosa
A psicóloga cristã Marisa Lobo escreveu ontem em seu perfil no Twitter que “nada é mais lógico do que a perseguição. A tolerância religiosa é uma espécie de falta de fé. #Prossigamos fazendo o bem.” 

A evangélica Marisa Lobo se tornou uma subcelebridade da internet por misturar crença religiosa com a ciência da psicologia — com intensidade, ela é elogiada por uns e criticada por outros. Depois de ter sido advertida pelo Conselho Regional de Psicologia do Paraná, ela passou a se apresentar na internet como “psicóloga e cristã”.

No Twitter, Lobo não diz por que defende a perseguição e a intolerância religiosa. Talvez seja porque, de acordo suas postagens posteriores, tenha resolvido recorrer à polícia contra as ofensas das quais é alvo na internet.

“Estou processando diretamente na delegacia de crimes virtuais uma cambada que passou dos limites comigo”, escreveu. “Ontem fui na delegacia e abri 17 processos contra afrontas em redes sociais. “Aguardem. Só não entendo por que tanto ódio... só porque sou feliz?”

Ela tem criticado no microblog a contestação do biólogo e mestre em genética Eli Vieira à afirmação do pastor Silas Malafaia de que “ninguém nasce gay, homossexualismo é um comportamento”. Lobo escreveu que “não existe fatos científicos que provem que a homossexualidade seja genética”.

Para ela, “embora tente-se explicar a origem da homossexualidade, o que precisamos é entender a origem da nossa tolerância [dos cristãos].





Com informação do Twitter da Marisa Lobo.

Comentários

  1. Pelo menos ela é honesta e demonstra o que os outros não tem coragem: na fé não há senão fundamentalismo e, em váris religiões, inclusive nas abraâmicas, qualquer tipo de tolerância é a não-observância de seus preceitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "inclusive nas abraâmicas"? principalmente nas abraâmicas!

      Excluir
    2. Quando vc vê uma pessoa que se diz psicóloga e ainda por cima cristã (tudo junto e misturado), pode pegar o diploma dela e rasgar, pois com certeza ela o comprou no paraguai... Quem estuda se liberta dessas crendices medievais... e pelo visto, ela ta mais presa do que fiel do valdomiro santiago, kkkkkkkkkk

      Excluir
    3. Quem estuda se liberta dessas crendices medievais...

      Também concordo, mas ainda prefiro dizer que quem aprende se liberta dessas crendices medievais...

      Excluir
  2. Você não pode ter fé pra tolerar a religião ?
    É isso mesmo ? IAEHIAEUHEAIUA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O legal é ver ela querendo falar INtolerância... IUEHIAUEHIAEUHAEI
      Mudou completamente o sentido do que ela queria dizer... Ou seja, graças ao que ela disse, você NÃO pode ter fé pra tolerar a religião. iHAEIUAEHIEUUAE

      Excluir
    2. nossa... deixa eu desenhar pra vcs entenderem...
      Tolerância religiosa não é tolerância COM religiões e sim tolerância das religiões para com outros assuntos... ok?!

      o que ela disse foi que se vc tolera algo que a sua religião diz que é errado, então vc não tem fé suficiente...

      Desenhei direitinho pra vcs?

      a propósito...

      na minha opinião, ela está completamente errada...


      ass: Bruno

      Excluir
    3. Bruno, você está precisando voltar urgentemente para as aulas de desenho, meu filho!

      Em tempo:
      Tolerância religiosa refere-se à atitude respeitosa e convivial diante de diferentes religiões.

      Excluir
    4. Liberdade religiosa é o direito de optar por uma religião, bem como a falta de crença em qualquer entidade divina.

      A razão da tolerância está na falta de fé. Por rejeitar a fé o ser humano torna-se mais racional.

      Sam Harris no seu livro “O Fim da Fé” disserta sobre este problema dos crentes moderados que, graças à sua indefinição, consegue-se manter, em lume brando, o ódio extremo e a cultura de morte.

      Excluir
  3. Por incrível que parece, eu concordo com parte do que ela disse. É incoerente que alguém que acredite estar com a verdade seja "respeitoso" de uma opinião absurdamente contrária.

    Afinal, não somos respeitosos e tolerantes com pedófilos, estupradores, assassinos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não cometa o erro crasso de confundir pedófilo com abusador (estuprador) de crianças, pois não existe nenhuma relação direta entre estes dois tipos de pessoas.

      Excluir
    2. Ela nao deixa de ter razao. Explico: toda religião, especialmente as abraâmicas, pretendem-se universal e a única verdadeira. Pregam ainda que os infiéis são manipulados pelo demônio, são perigosos e vão arder eternamente no inferno.
      Portanto, se você for tolerante com outras religioes, estará
      a) ajudando o demônio;
      b) colocando-se em risco;
      c) colaborando para que seu semelhante sofra eternamente e;
      d) desobedecendo deus.

      Esse papo de tolerancia nao passa de panos quentes, de um "abafador" que colocaram para amenizar a OBVIA e inevitavel tensao que existe entre todas as religioes...
      Querem passar a falsa ideia que é possivel que as religioes convivam em harmonia, quando o conteudo delas é justamente: "somos a unica verdade e os outros sao do mal". Como ideologias assim poderiam conviver harmonicamente? é uma impossibilidade matematica.

      A unica chance de harmonia plena é extirpar esse cancer da humanidade, esse cancer chamado religiao, especialmente as institucionalizadas. E como fazer isso? educação.

      Excluir
    3. Isto não pode ser sério.
      O cara compara cometer crime com ter opinião contrária?
      Assassinato é um crime, condenado mundialmente. Nada tem a ver com diferença de credo, opinião sobre qualquer assunto, religião, filosofia de vida e por aí vai.

      Excluir
  4. marisa lobo deveria ler bíblia, e se a bíblia fosse levada a sério , ele deveria de entrar quieta na igreja e sair calada.

    Não tenho dúvidas nenhuma de que a religião por si só foi e é capaz de fazer mal e mau as pessoas. Imagina como foi na idade média, seria o mesmo hoje, se não fosse aqueles que luta por direitos iguais de todos , se não fosse isto mais uma vez o cristianismo iria causar mais uma desgraça na humanidade , matando e perseguindo gays, umbandistas , benzedeiras ateus etc.. O mundo já foi tolerante demais com o cristianismo , uma vez que é uma religião segregadora e doentia, só perdeu o seu poder de agir , mais seu instinto doentio continua o mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Pior é que ela está certa de acordo com o manual de instruções que ela segue, que diz para cortar qualquer tipo de relação com quem não segue a mesma fé que você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é verdade. Esse pensamento é uma babaquice sem tamanho e prova definitiva de fanatismo, mas é o que seria coerente dentro dos dogmas do cristianismo.
      Hipócrita é o cristão que encontra uma pessoa de outra fé (ou sem nenhuma) na rua e não tenta apedrejá-la, como manda a Bíblia. É isso que a religião dele manda fazer; se ele não faz, ou é porque não tem tanta fé assim (e portanto não considera a lei de seu deus maior do que a lei dos homens, e prefere arriscar não ir para o céu, mas não ser preso), ou não conhece esse mandamento (e portanto é um imbecil, por seguir algo que nem conhece) ou porque resolveu escolher só o que acha legal da religião e ignorar o que não acha (outra atitude completamente idiota; você não pode pegar algo suportamente absoluto e escolher só o que convém. Ser cristão e não apedrejar pagãos é tipo se dizer nazista, mas não espancar judeus).
      Tolerância é mesmo, de certa forma, falta de fé. Ainda bem; a nossa sociedade, apesar dos pesares, pacífica, mostra que felizmente as pessoas não têm tanta fé assim (se tivessem, estaríamos constantemente numa guerra santa). Fé não é nem nunca foi uma coisa boa, fé é a capacidade de ignorar fatos para manter crenças. Em resumo, fé a forma bonitinha de dizer que ser ignorante é legal.

      Excluir
    2. Nossa sociedade é tão 'pacífica' quanto o Oriente Médio.

      Excluir
    3. Aqui você não é preso e condenado à morte por não seguir a religião oficial. As pessoas podem olhar torto para você se não for da religião delas, mas não vão atacá-lo no meio da rua, exceto em raríssimas ocasiões, mas essas são exceções e são porque essas pessoas são desequilibradas, não porque isso é encorajado e considerado o certo.
      Tem muita merda acontecendo aqui, mas comparado com o Oriente Médio, vivemos nas Colinas Tão Distantes junto com os Teletubbies.

      Excluir
    4. Ok, 'Alice'! Bons sonhos aí nas suas "Colinas Tão Distantes"...

      Excluir
  6. tem homens que são mais violentos que outros , tem homem que tem mais pelôs no corpo que outro, tem homem que tem mais apetitite sexual que outro, o que determina isto ? É educação , ou são fatores biológicos?

    A falta desses fatores não faria um homem ser afeminado?

    Marisa lobo é mais uma que vai querer contestar o que não sabe , puro achismo da cabeça dela , as vezes eu tenho vergonha de ser brasileiro por causa dessas pessoas. Eu tenho vergonha do brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu costumo dizer que é por uma pessoa como essa mulher, que tenho vergonha de pertencer à raça humana.

      Excluir
  7. Então galera, vamos ser intolerantes com ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente> Vou começar agora: Víbora, hipócrita, dissimulada , frequentou uma facul de segunda, não sabe o que é ciência, não tem compromisso com a pesquisa e fica querendo ser a gata mestra dos otários de plantão.

      Proto começei.

      Excluir
  8. Concordo plenamente. Religião é fascismo!

    ResponderExcluir
  9. e cada vez mais os talecrentes estão mais saidinhos, primeiro o malafaia, agora ela, pregando impunemente o fundamentalismo. em qualquer outro país mais sério já seriam enquandrados como grupo de ódio e estariam sobre investigação da policia federal. mais dia menos dia vai acontecer uma "revolução evangélica" no Brasil de fazer inveja ao irã.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se rolar uma revolução evangélica aqui eu entro pra resistência.
      Topa ir junto?

      Excluir
    2. Senhores e senhoras (ou senhoritas), temo que esses evangélicos estão dando pequenos passos (ênfase em pequenos) para transformar nosso país em uma ditadura evangélica.
      Primeiro, com o domínio da mídia, controlando canais de televisão para expor sua visão de mundo arbitrária e hipócrita, onde os pastores são seres milagrosos capazes de realizar feitos assombrosos de cura, prosperidade e "sucesso". Segundo, eles tem uma bancada só sua (a dita "bancada evangélica") no senado e na câmara dos deputados, que defendem sua atuação política, com a introdução de leis que vão contra a constituição e os direitos humanos. Agora, eles se utilizam da internet para expor sua retórica de ódio e intolerância em nome de "deus".
      Algo precisa ser feito.
      Precisamos criar uma campanha não só de conscientização da população, mas também uma campanha de investigação para expor os podres dos pastores, políticos e apoiadores dessa "filosofia", de modo que els fiquem tão envergonhados, humilhados e desacreditados diante da opinião pública que nunca mais seriam vistos pelo povo como alguém digno de ser levado à sério. Temos que cortar o mal pela raiz, antes que eles tenham o poder. E caso eles assumam, (o que, creio eu, só será por um golpe) haverá apenas uma resposta ao domínio dessa temida (e, temo eu, cada vez mais próxima) teocracia brasileira: GUERRA!
      Lutemos agora enquanto eles ainda estão tentando alcançar o poder, pois se eles conseguirem, eu entro para a resistência e, se for necessário para defender os ideais de liberdade, democracia e direitos humanos, pegarei em armas e derramarei sangue por isso.
      QUEM ESTÁ COMIGO?

      Excluir
  10. Mais uma aproveitadora a fim de se promover às custas do ódio e da discriminação.
    Subcelebridade patética, figura triste que procura dar um verniz de psicologia para impor seu preconceito e destilar seu fundamentalismo.
    Um verdadeiro psicólogo saberia que o conceito de certo e errado é uma questão de angulo.

    ResponderExcluir
  11. ela quis dizer o que, que ser tolerantes com o candomblé com a umbanda com gays, com ateus é falta de fé ? Engraçado você odiar uma pessoa pela sua religião ou condição sexual e dizer que o seu deus é um deus de amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é exatamente isso. só que ela esqueceu, por um segundo, de deixar a típica hipocrisia religiosa de lado, daí ela confessou o que de fato é ser religioso.

      Excluir
  12. Quando será que ela vai cometer o crime de intolerância de uma forma concreta? Cadeia nela!

    ResponderExcluir
  13. Também acho que a origem da homossexualidade não seja genética e sim no desenvolvimento do cérebro ainda no útero em alguns casos, quanto a afirmação dela sobre tolerância, a psicologia agradece sua opinião sem base, fundamento ou importância.

    ResponderExcluir
  14. ELA NÃO FALA Q É PSICOLOGA. Minha psicologa fala, Religião e psicologia nunca se misturam, ela é cristã,e ela mesmo fala que nunca e jamais vai misturar psicologia com religião, como ela fala, tenho nojo de religião e de religiosos....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não fala que é psicóloga?
      Ela se apresenta como PSICÓLOGA CRISTÃ, e não fala que é psicóloga???

      Excluir
  15. Voces estao valorizando muito essa mulher. Fala coisas para polemizar e a ateiada cai no conto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, "nós" valorizamos muito, né? Deve ser por isso que ela está sempre metida em reuniões do Congresso a mando da Bancada Teocrata, né?

      Nós é que damos muito "ibope" pra Malafaia, Datena, Marisa Lobo... só que não.

      Mas é isso aí, você também está dando muito ibope pra gente, a "ateiada que cai no conto" não acha? Que tal parar de nos "valorizar" e se recolher à sua insignificância?

      Excluir
    2. A crítica do Mello direcionada, antes de todos, ao Paulo Lopes. Sim, pois cada matéria deste blogue sobre declarações e atos absurdos por parte dos religiosos significa que o jornalista ateu Paulo Lopes resolveu repercutir essas declarações e/ou ações.

      Quem critica os comentaristas por darem atenção aos religiosos, está, antes de mais nada, criticando o próprio autor do blogue. Isso é fato.

      Excluir
    3. Mello cueca, fica aí com a bunda na poltrona assistindo o circo pegar fogo, só não conte com nosso silencio.

      Excluir
  16. Pelo menos é honesta, né?? Mas dessa honestidade talibã não precisamos. Psicologia não é ciência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cala a boca e vai aprender o que é ciência.

      Excluir
    2. Existem coisas não científicas dentro da Psicologia, escolas de pensamento que não usam o método científico. Mas muitos psicólogos são cientistas rigorosos.

      E mesmo entre escolas não científicas de pensamento há material aproveitavel, conhecimento empírico e especulações interessantes. Mas sem experimentação muito se perde, claro.

      E o que essa senhora diz não tem embasamento científico algum, mas a culpa não é da Psicologia e sim da religião.

      Excluir
  17. Ahh,gente vamos combinar ela tá mais pra pastora do que psicóloga!!

    ResponderExcluir
  18. 'Nada é mais lógico que a perseguição. A tolerância religiosa é uma espécie de falta de fé. #Prossigamos fazendo o bem'. 'Aguardem. Só não entendo por que tanto ódio... só porque sou feliz?'

    Quanta idiotice vomitada de uma só vez! Como uma psicóloga consegue dizer tantas porcarias! Em que universidade essa maluca se formou? Com certeza em alguma universidade ou faculdade cristã. Como um ser humano pode prosseguir fazendo o bem se está ao mesmo tempo com más intenções persecutórias? Isso é uma contradição, e só funciona em mentes retrógradas, selvagens, psicopatas. Quem pensa dessa forma está implicitamente dizendo que também é a favor da limpeza étnica, limpeza religiosa, etc. Ora, se alguém é intolerante com quem lhe é contrário e deseja que tal pessoa fique longe ou mesmo desapareça, então está a um passo de praticar todo tipo de perseguição para que isso ocorra realmente. Quem assim procede está com o coração pleno de ódio, e ela diz que os outros é que tem ódio dela! Quer dizer, ela pode odiar, perseguir, eliminar (se tiver oportunidade para isso) os outros, mas os outros não podem proceder da mesma forma com ela? Será que ela não conhece a lei da ação e reação? E ainda diz que é feliz! Que é felicidade para essa psicóloga cristã? Bom, dá para perceber que na visão de fundamentalistas, todo aquele que não faz parte da religião deles é considerado um adversário em potencial, alguém que dissemina o mal (ou seja, é do lado das trevas), alguém comparado com ervas daninhas e que merece ser destruído (ou árvores que não dão bons frutos e devem ser queimadas e/ou amaldiçoadas).

    Não entendo como alguém pode ser feliz dizendo e fazendo tudo isso! A única maneira de a pessoa dizer e fazer essas coisas é sendo psicopata, mas, claro, muitas pessoas não se dão conta que são psicopatas porque existem vários graus de psicopatia. Além do mais, nada mais conveniente que se esconder atrás de religiões para se cometer todo tipo de atrocidades. Nazistas também usaram a Bíblia para dar respaldo a suas ideologias, e foram apoiados por cristãos protestantes e católicos; a KKK também se baseia na Bíblia, bem como o The White Power (O Poder Branco, que também é conhecido como WASP – White Anglo-Saxon Protestant); a ICAR praticou todo tipo de selvagerias com a Bíblia nas mãos: Inquisição, Cruzadas, etc.

    Conclusão: as pessoas podem ser más, psicopatas, selvagens, cheias de ódio e mesmo assim serem felizes desde que estejam do lado de algum ‘deus’, pois nesse caso, esse ‘deus’ também é mal, psicopata, selvagem, cheio de ódio. Logo, tais pessoas não podem fazer uma autocrítica e perceberem o quanto são doentes e ridículas porque suas mentes estão nubladas, cauterizadas, rígidas. Suas mentes são como águas paradas: apodrecem, junta mosquitos transmissores de doenças, animais peçonhentos, etc. A analogia é pertinente, uma vez que tais livros religiosos são rígidos, vão de encontro a evolução tecnológica, e pregam todo tipo de perseguição e selvageria. Essa é a verdade que se esconde atrás da máscara do amor, da felicidade, do 'deus bondoso'.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Empatia é o processo de se colocar no lugar do outro, de sentir o que o outro está sentindo, de ver o mundo sob o ponto de vista (perspectiva) do outro. Como um/a psicólogo/a pode exercer sua profissão amarrado a um modo fixo de pensar (uma única perspectiva)? Claro que será um profissional muito falho, pois não terá capacidade de se colocar no lugar do outro (principalmente pacientes). Mas será que tais profissionais atendem pessoas que não são de sua religião? Ou o dinheiro os fazem esquecer das tais diferenças? Se assim for, então está evidenciado mais uma vez a hipocrisia porque tais profissionais deveriam atender unicamente a pessoas de sua religião.

      A palavra mente deriva da palavra latina 'mens', que dá origem também a palavras como 'mensurar'. Portanto, a mente é capacidade que o ser humano tem de pesar, medir, comparar, mensurar as coisas e os fatos. Para tanto, é necessário que o ser humano tenha um certo distanciamento de tudo e tenha a capacidade de se colocar em diferentes pontos de vista. A analogia com um pintor é evidente, uma vez que um pintor deve manter distância do que pinta para ter uma visão mais abrangente e, para achar um melhor enquadramento, deve se movimentar e achar um ponto de vista melhor entre vários pontos de vista possíveis. Imagine um pintor que se posicione sempre num mesmo ponto de vista! Você diz para ele (ou ela) que do ponto de vista que você está a imagem está bem mais clara, com mais detalhes, com um espelho no fundo que permite ver até o lado oposto. Contudo, o pintor insiste em ficar no mesmo ponto de vista fixo. Isso é o que acontece com religiões: usam livros escritos há séculos, milênios, e não permitem outra maneira de ver as coisas. Pior: o 'deus' (ou 'deuses') de tais religiões, principalmente as abraâmicas, são pervertidos, psicopatas, raivosos, ciumentos, coercitivos (no cristianismo e islamismo ameaçam com inferno, etc. Principalmente no cristianismo).

      As religiões primitivas, e algumas ainda hoje, praticavam sacrifícios humanos para poderem satisfazer seus deuses. Pensavam que, assim procedendo, tais deuses se acalmariam e lhes concederiam boas colheitas, não fariam a terra tremer nem os vulcões explodirem, etc. Mas qual a diferença para as religiões na maior parte dos casos? Vejam as abraâmicas: seu 'deus' manda perseguir os que lhe são contrários, e essa perseguição inclui a morte. Não dá no mesmo que as religiões primitivas? Qual a diferença? Em ambos os casos, esses 'deuses' querem sangue para poderem ficar calmos, para poderem conceder bênçãos, para poderem ser únicos. O princípio é o mesmo: selvageria, atraso, psicopatia (tanto dos deuses quanto dos que os seguem), falta de lógica, falta de amor, e tantas outras bestialidades.

      A palavra hebraica para responsabilidade é 'AHRaYúT', e ela nos remete a 'AHéR', que quer dizer o outro, o diferente. Ou seja, a palavra 'AHRaYúT' deriva de 'AHéR'. Como pode um/a psicólogo/a ter responsabilidade pelo outro, pelo diferente, se tem apenas um ponto de vista? Como pode ter empatia se não consegue se colocar no lugar do outro, ou seja, se não consegue 'AHRaYúT'? Como essas religiões pretendem transformar o mundo através de perseguições? Como querem convencer as pessoas que são do bem, da luz, do amor, se pregam a intolerância, o ódio, a morte? Um nome define isso: hipocrisia.

      Excluir
    2. De acordo com Schwaller de Lubicz, a psicologia está entre as formas modernas de feitiçaria. Lubicz faz distinção entre magia e feitiçaria; essa trabalha com energias oriundas do complexo humano, e aquela com energias harmônicas cósmicas. Ou seja, enquanto a feitiçaria lida com a mente diretamente, influenciando-a através de sugestões principalmente, rituais e pregações; a magia lida com harmonias cósmicas: música, arquitetura, pintura, joalheria, etc. (sempre obedecendo a medidas como Phi ou Proporção Áurea, PI, raízes de 2, 3 e 5, etc.). Não importa que os modernos feiticeiros e suas vítimas saibam como esse processo funciona. Funciona e ponto! É irrelevante que haja o conhecimento profundo sobre essas coisas!
      Para Lubicz, a feitiçaria moderna recebe nomes eufemísticos como: publicidade para os empresários; propaganda para os políticos; sugestão para os psicólogos; rituais e pregações para os religiosos. É irrelevante que as pessoas que fazem ou recebem essas técnicas saibam disso. Vemos, por exemplo, como a publicidade pode influenciar as pessoas: um homem pode querer comprar um carro por achar que será melhor sucedido com as mulheres; uma mulher pode querer comprar determinado perfume porque o mesmo é veiculado como sendo um afrodisíaco poderoso e irresistível para os homens; a criança pode querer exigir dos pais o Baton (Compre Baton...Compre Baton...Compre Baton) ou a tesoura (Eu tenho, você não tem...Eu tenho, você não tem). Ninguém pode duvidar do poder da feitiçaria moderna, uma vez que seus efeitos podem ser demonstrados claramente através de milhares ou milhões de exemplos.
      Agora imaginem uma psicóloga cristã como essa! Ela poderá usar as técnicas em favor do proselitismo cristão. Um/a paciente vai se tratar de depressão e, em vez de receber tratamento neutro, poderá ser bombardeado com sugestões do tipo ‘estar sendo perturbado por demônios’, etc. Essa psicóloga, no caso, poderá usar a publicidade (símbolos cristãos, vantagens de ser cristão – ir para o céu, receber bênçãos em forma de vantagens financeiras, etc.,), pregação (usar diretamente passagens da Bíblia e também símbolos), sugestões (as já citadas e mais outras como).

      Onde está o Conselho de Psicologia? Onde está o Ministério Público? Onde está Ministério da Saúde? Processem essa idiota maluca!

      Excluir
    3. Quanta besteira num unico post. Psicologia é uma espécie de feitiçaria?
      Trabalha com sugestão?
      ahahahahahaha
      o cara não sabe mesmo o que ta falando.

      Excluir
    4. Valdo8 de fevereiro de 2013 08:58

      Quanta besteira num unico post. Psicologia é uma espécie de feitiçaria?
      Trabalha com sugestão?
      ahahahahahaha
      o cara não sabe mesmo o que ta falando.


      Valdo, tudo bem!? Como vão as coisas aí no seu 'reino'? O 'rei' dos trolls é você atualmente? Será que você se deu conta do papel ridículo que fez? Bom, vou lhe mostrar alguns detalhes...


      'Quanta besteira num único post'...Veja bem: você desmerece tudo que eu disse numa única frase, tentando me ridicularizar. Logo, nessa única frase que você disse estão dois tipos de falácia: apelo ao ridículo e ad hominem;

      Psicologia é uma espécie de feitiçaria?...Você desconhece realmente do que se trata a psicologia. Sugiro você procurar informações sobre um livro chamado 'O poder da sugestão', bem como tantas outras fontes que também deixam claro o próposito da psicologia. Só para lhe adiantar: a psicologia lida com possibilidades diversas, e existem vários métodos e ramos na psicologia. Logo, um psicólogo ou uma psicóloga não irá tentar implantar uma opinião ou 'cura' como implanta um órgão como coração, pulmão, etc. Não, a psicologia trabalha através de sugestões, e o paciente é quem deve aceitá-la ou não. Por isso, muitos tratamentos não funcionam, pois o paciente se recusa a aceitar as sugestões...


      risos...Você deve procurar estudar sobre o riso, pois desde Aristóteles que o mesmo é estudado, e Hobbes mostra bem o que o riso. Você quer mesmo ser o tal, o superior através desse método? Bom, tá mostrando quem é realmente!

      O cara não sabe mesmo o que tá falando...novamente, ad hominem e apelo ao ridículo. Bom, eu sei quem é Schwaller de Lubicz, John Anthony West, e outros estudiosos do assunto. Mas quem é você mesmo!? 'Rei' dos trolls? Ou apenas um 'troll' comum...tanto faz, é um troll!

      Excluir
  19. Digníssimos senhores ateus,no livro(gi-bíblia)-bíblia estragada-denominação que é dada pelos senhores de inteligência "superior", está registrado que o "tal" jesus que dizia ser o filho de Deus(que tambem é uma invencionice esperta)apregoou na palestina à 2.000 anos que estava alí(aqui)na terra para ensinar o homem a viver melhor com seus iguais e que seria morto por essas mensagens(malucas,claro)e que no terceiro dia ressucitaria do túmulo e subiria(voando) para o céu(se é que existe isso alem da estratosféra)Mas que depois desses acontecimentos voltaria para arrebatar(arrancar,raptar)os escolhidos(pessoas crentes nele)e os levaria com ele, e na sequência destruirá os incrédulos(os descrentes nessa historinha maluca)lançando-os num lago de fogo que arderá esternamente com Diabo(o coisa ruim,cramunhão,capeta,etc)......Toda essa história tem um início,mas como é muito longa vamos resumir.Não riam ,apenas leia quem quiser.No começo a terra era sem forma e vazia(no original hb: a terra estava transformada em um caos)e Deus mandou que houvesse luz,criou o sol,lua,estrelas,que a terra produzisse frutos,capim.mata,flores,etc.Fez separação das aguas,doce e salgada mandou e delas surgiram os peixes.Em fim por último criou o homem do barro(fez um boneco)e lhe deu vida....daí por diante a humanidade cresceu aumentando em números e chegando no que se vê....Agora vamos para a parte que interessa.Os seguidores de Jesus eram descendentes de hebreus que ouviram essas histórias contadas desde a sua infância,antes ,como os senhores inteligentíssimos ateus sabem não havia livros impressos como os que temos hoje,com capa,folhas enumeradas,prólogo,dedicatórias etc..Mas eram escritos em couros,papiros,pedras,preparados para esse fim.Ali nos escritos antigos e não se pode negar a veracidade disso ,pois arqueólogos renomados e até sem religião ou fé em nenhuma divindade,encontraram essas provas irrefutáveis.Estão antiquíssimos relatos de professias ou previsão dos acontecimentos com reis ,nações antigas que já não existem e outras que tem nomes diferentes daquela época.Impressionantemente,sehores,os seus escritos concidem com o que Jesus pregou e disse que aconteceria consigo mesmo.Depois da morte(crucificação) de Jesus seus seguidore fizeram mais adeptos(cristãos)e aconteceu que o Imperador da época(um deles é Nero)não aceitando aquelas doutrinas de um morto(que na verdade ressucitou,sendo visto por muitos)perseguiu,matou com requintes de crueldade na fogueira,crucificando,à espada e outras atrocidades mais esses novos seguidores de um homem chamado tambem de messias.Com a justificativa de que eles causavam confusão e rebelião entre os povos judeus que estavam sob o dominio de Roma.Agora semhores me digam ,quem é que foi o povo perseguido,morto,desterrado(exilados).teve suas mulheres e filhas estupradas e mortas,suas crianças entregues as arenas para os leões se fartarem de suas carnes e outras maldades mais?Quando alguem falar em perseguição,preconceito,maldades,intolerância,faça o favor de rever a história dos cristãos primitivos.Não defendo pastores que usurpam de sua posição de líder religioso solapando recursos de gente ignara.Sou crítico dessas igrejas odiernas que nada tem de evangélho de Cristo como no começo da igreja simples,pobre ,mas poderosa ao pregar sua verdade.E sou mesmo contra e fico revoltado sim com as mentiras aqui expostas e idéias de beligerância e ataques até com veemente violência daqueles que se dizem "cultos" e desenvolvidos no seu "raciocício lógico" contra a fé e a crença alheia.Ninguem é obrigado a acrediar na Bíblia e muito menos em Deus,mas sim pela educação e boas maneiras para uma boa convivência com os outros que tenham respeito para que tambem sejam igualmente respeitados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. chora mais crentalhao

      Excluir
    2. É, seu Zé, só faltou mencionar que não demorou muito não só pro Império Romano tolerar os católicos, como também abraçar a religião cristã, de tal forma que, a medida que os católicos exerciam mais cargos dentro do império, e a medido que o proprio imperador se batizava cristão, os imperadores romanos CRISTÃOS passaram a perseguir TODAS AS OUTRAS RELIGIÕES.

      Massacres são o que NÃO FALTA na história da idade média promovido por CRISTÃOS!!!!! E nem falo pela igreja católica, mas pelos seus tão estimados "cristãos primitivos", que na Grécia destruiram templos, academias (as faculdades da época), proibiram os jogos olimpicos; QUEIMARAM a Biblioteca da Alexandria, e livros INESTIMÁVEIS dos quais até hoje se ouviu falar, um verdadeiro patrimonio da humanidade (poucas semanas antes haviam matado uma filósofa, Hipatia, pelo crime de uma mulher ousar pensar!!!! Sim, os seus estimados "cristãos primitivos". Mas aí talvez seja uma questão de como se interpreta a palavra "primitivo", né? Porque nada pode ser mais PRIMITIVO do que um bando de BÁRBAROS que acreditam em seres invisiveis e perseguem com mortal VIRULENCIA todos os amigos da ciência e do saber!

      A idade das trevas não se chama assim a toa! Foram MIL ANOS de atraso cientifico, político e cultural!!!! Mil anos de domínio dos CRISTÃOS! Mil anos de perseguições, assassinatos e loucuras em nome de JESUS!!!! Isso é HISTÓRICO, senhor José Carlos de Aquino, documentalmente registrado através dos tempos!!!!

      Tal como os israelenses de hoje em dia hoje usam a memória do Holocausto pra se comportarem tal com os NAZISTAS oprimindo o povo palestino (campos de concentração para palestinos, como o mundo pode aguentar uma coisa dessas? simples, se alguém falar contra, te chamam de anti-semita, te lembram do holocausto, coitadinhbo dos judeus, deixa eles exterminarem os palestinos em paz!). Da mesma forma são vocês cristãos com as perseguições contra os cristãos, que aliás, JÁ FORAM ATÉ CONTESTADAS por alguns historiados. Eram MAL VISTOS sim, mas um italiano, que escreveu um livro sobre o reinado de Nero, conta que era apenas mal vistos e presos porque causavam TUMULTOS, tais como os evanjegues fazem hoje.

      Em suma, NERO seria um cara que tentou dar um basta nos Malafaias e Valdomiros da época, e como os crentes venceram no final, reescreveram a história e tentaram transformá-lo num ditador sádico (inclusive a historia do incendio de roma foi uma fofoca espalhada pelos cristãos entre o povo romano, não há o menor indicio HISTÓRICO que o imperador tenha mandado fazê-lo!). Isso mostra que cristãos são EXAGERADOS e MENTIROSOS e não é de hoje!

      Criaram um mito sobre uma perseguição aos cristãos que justificou dali por diante TODAS AS PERSEGUIÇÕES e MASSACRES perpetrados ao longo da história humana pelos cristãos contra os outros povos e religiões! Cristianismo, religião de hipócritas, mentirosos e assassinos! Calem bem a boca quando falarem de HISTÓRIA! Vocês não sabem de nada! Vocês são o pior dos ignorantes, como dizia Sócrates, aqueles que pensam que sabem, o que é um mal bem maior!!!!!!!!!!!

      Excluir
  20. Não concordo com o que essa pscóloga escreveu,mas não concordo tambem quando alguem que não crê no que outros creem,os tratam como seres menores,ignorantes ,sem cérebro,bobalhões.Incitando contra os tais a agressão por palavras de ordem ,como se superiores fossem aqueles que em nada divino creem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse negócio de 'dar a outra face' é papo da igreja para doutrinar os cordeirinhos como bem entenderem. Aqui entre nós, céticos, é diferente: bateu, tomou. Ou V. Sa. quer condescendência com arrogantes incitadores de ódio?

      Ruggero

      Excluir
  21. Posso até estar enganado, mas acho que a frase não é dela. É uma citação. Reforça a minha suspeita o fato de que a Marisa Lobo é incapaz de escrever uma só frase corretamente.

    ResponderExcluir
  22. Se a "tolerância religiosa é uma espécie de falta de fé" (que por incrível que pareça, ela tem razão), os grandes fundamentalistas como ela, Malfaia, Valdemiro (que acaba de comprar a CNT), Edir Macedo e cia, não podem conviver em uma sociedade democrática que preza pela tolerância, acima de tudo. Aparenta um fascismo religioso parasitário, explorador da democracia.


    Fundamentalismo e democracia são como água e óleo, só por isso o Ministério Público já deveria tomar alguma providência.

    ResponderExcluir
  23. Não sei como ainda não está em falta capim.

    ResponderExcluir
  24. vou te dar uma dica , procure por fontes isentas e não acredite em tudo o que você anda lendo nestes sites que você freqüenta pra achar suas fontes científicas. Segundo não existe nada que prova que jesus tenha existido , vários relatos estão errados como o nascimento de jesus , a bíblia foi adulterada diversas vezes , a morte das crianças inocentes nunca existiu , vários historiadores do século I que escreviam sobre religião política nunca escreveram nada sobre jesus , é lógico que existiu um povo antigo que acreditava numa divindade e lógico que arqueologia iria achar evidências disso. Mais sobre profecias e etc tudo não passa de mentira já que o povo judeu que foi o povo escolhido hoje não passa de 10 milhões, e se existiu dinastias e reinados o que houve com essas poderosas dinastias e com esses poderosos reinados?

    ResponderExcluir
  25. uma mulher falante não seria falta de fé ? porque as igrejas não volte à cumprir à risca o que diz sobre as mulheres, mulheres no pulpito é uma abominação ,é falta de fé uma mulher tagarela, leia a bíblia e veja se não é.

    Esta marisa coitada se acha tão inteligente e a bíblia condena tudo isto que ela esta fazendo , já que a bíblia diz que uma mulher não deve ensinar e etc e que deve cobrir a cabeça na igreja e em casa perguntar as coisas para o marido. Agora marisa burrinha, me diga na bíblia onde foi desfeito isto ? Então quer dizer que isto é falta de fé , então vai lá e compre uma burca e se cubra e vai ser uma escrava sexual do teu marido.

    ResponderExcluir
  26. Melhor do que a maioria dos cristãos entende por "tolerância religiosa" que, significa que os DEMAIS devem tolerar absolutamente TUDO que a determinada religião do indivíduo em questão faz ou prega

    ResponderExcluir
  27. Essa mulher é totalmente doente. Como pode?


    tem que cassar ela, esse comentário é a prova de que endoidou de vez.

    ResponderExcluir
  28. Acho que falta no Brasil ateus que se mostrem, que expliquem a outros o que são os ateus e porque são ateus. Se deixarmos espaços para Datenas e Lobos falarem o que quiserem, dá nisso. É comum encontrar pessoas que pensam como eles porque nem sabem o que é ateísmo. A ignorância sobre o assunto é gigantesca no Brasil. Resta a militância, a propaganda.

    ResponderExcluir
  29. Se fosse em um pais serio essa desqualificada ja estaria presa!

    ResponderExcluir
  30. A frase é do americano Ambrose Bierce. Eu não sei se ela entendeu direito o que ele quis dizer (inteligente, obviamente, a Marisa Boba não é). Ele tinha um estilo de humor negro.

    ResponderExcluir
  31. Não tem, sentido. Então para que eu aceite o credo alheio tenho que ter a mesma fé.

    ResponderExcluir
  32. o q essa psicologa evangélica tem na cabeça?????????????????????

    me desculpem sou católica e não concordo

    na igreja o padre sempre ensina q não precisamos concordar com a religião do outro, mas não devemos descriminar, devemos respeitar acima de tudo

    vou orar por ela

    pena q ela nao é católica, eu daria bons conselhos pra ela, so q infelizmente nao posso pq nao somos da mesma igreja

    ass, Miriam

    ResponderExcluir
  33. engraçado a pessoa incita ódio e depois sai falando em processar , quem incita ódio deve estar preparado pra tudo. E depois esta mulher se diz psicóloga ?

    ResponderExcluir
  34. Essa está me parecendo um Malafaia de saias. Inclusive se diz psicóloga (na verdade, está mais para objeto de estudo da psicologia)! Os conselhos de psicologia devem estar muito 'contentes' com as atitudes dela e do Mala... No mais, vemos reavivada nas palavras dessa figura a religião da Idade Média: faz questão de ser intolerante e ainda incitar os adeptos a essa postura. Religião é a cobra que ainda devorará a si, própria.

    Ruggero

    ResponderExcluir
  35. Ela é apenas um insignificante ameba de duas pernas.

    ResponderExcluir
  36. O que seria desse povo (Silas e essa psicóloga) no rigime de Hitler?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Malafaia seria porta-voz do Hitler e ela seria algo como "ministra da saúde".

      Excluir
  37. "E estabeleceremos as balanças da justiça para o Dia da Ressureição. Nenhuma alma será injustiçada no mínimo que seja (...)" Alcorão 21:47

    "Allah nada vos proíbe quanto àqueles que não vos combateram pela causa da religião e não vos expulsaram dos vossos lares, nem que lideis com eles com gentileza e equidade, porque Allah aprecia os equitativos" Alcorão 60:8

    " Allah ordena a justiça (...)"Alcorão 16:90

    "Ó vós que credes! Sedes firmes na justiça, como testemunhas por amor a Allah, ainda que seja contra vós mesmos, vossos pais ou contra vossos parentes,seja o acusado rico ou pobre, porque Allah incumbe a protegê-los. Portanto, não sigais os vossos caprichos, para não serdes injustos (...)" Alcorão 4:135

    "Quando falardes, fazei-o com justiça, mesmo que seja contra alguém próximo a ti (...)"Alcorão 6:125

    " E o ódio para com um povo não voz induza a se afastardes da justiça.Sedes justos, porque isso está mais próximo da virtude (...)" Alcorão 5:8

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Adriana Atefah,


      Você não tem culpa em defender uma religião como o islamismo, pois é tão-somente uma vítima da mesma. Isto é: é só uma das milhões de vítimas dessa relgião. Junto com o cristianismo, o islamismo é um perigo para a humanidade devido a seu caráter altamente missionário e exclusivista. Sinto muito, mas você está selecionando apenas versículos ou suras do Corão que interessam a seus interesses missionários. Contudo, a maioria dos que frenquental esse blog tem boas noções de filosofia, de religião, de falácias, de história. Essa técnica de selecionar apenas bons versículos (ou suras no Corão) é igual tanto no cristianismo quanto no islamismo. Mas conhecemos bem os outros versículos ou suras, e neles está claro que o islamismo não é flor que se cheira não, viu!

      No Corão constam passagens do tipo que diz que os fiéis islâmicos devem matar os infiéis, que deve levar a todo custo o islamismo a todo o mundo (Jihad), que prega a inferioridade das mulheres, e muitas outras barbaridades. Além do mais, existem os rachas dentro do islamismo entre sunitas, xiitas, etc. Como no cristianismo, que existem diversas denominações, o islamimso também está em guerra internamente. Ou seja, caso 'deus' realmente tivesse deixado uma mensagem de paz, de amor, de justiça, 'ele' seria claro e não deixaria brechas para que houvesse rachas. Existem rachas porque o ser humano distorceu tudo, inventou outro monte de bobagens, e o que vem do ser humano é passível de rachas, discórdias, richas, violências.

      Suas palavras não condizem com a verdade histórica. Assim como os cristãos dizem que são do amor, da justiça, etc., e vemos o quanto de mortes eles causaram; o islamismo também não passa no raio X histórico, uma vez que vemos sua violência claramente, bem como os males que causa devido a seu radicalismo.

      O Paulopes está de parabéns por publicar seu comentário, uma vez que vivemos num país laico. Contudo, pessoalmente, não vejo com bons olhos nazistas, radicais de esquerda ou de direita de quaisquer espécies, nem fundamentalistas de quaisquer espécie, pois todos não sabem viver em democracia e só falam em democracia enquanto não conseguem tomar o poder. Isto é: depois que tomam o poder, a democracia já era. Logo, radicalismo é um perigo para as democracias laicas, para a secularização...O islamismo é tão danoso que proíbe qualquer manisfetação de outras religiões onde domina, bem como de secularização, ateísmo, laicização. Mas querem viver nos países laicos e se disseminarem, né! Vê como não existe justiça nessa religião!? Nos poupe, tá!?

      Bom, você vai perder seu tempo se tentar ser missionária nesse blog, viu. Sem falar que muitos irão pegar pesado com você!

      Excluir
    2. Correções importantes (agradeço antecipadamente ao Paulopes pela publicação das mesmas, uma vez que cometi erros que precisam ser corrigidos para um melhor entendimento do que expus, e para que tais erros não venham a ser tomados como sendo o correto):


      É só uma das milhões de vítimas dessa ***religião***...

      Contudo, a maioria dos que ***frequentam*** (também pode ser 'frequenta') esse blog...

      ..., o ***islamismo*** também está em guerra internamente.

      ..., e o que vem do ser humano é passível de rachas, discórdias, ***rixas***, violências.

      ...O islamismo é tão danoso que proíbe quaisquer ***manifestações*** de outras religiões onde domina, ...

      Excluir
  38. Já corre um abaixo-assinado direcionado ao CRP/RJ para que seja cassado o registro de psicólogo do Silas Malacheia:

    http://www.avaaz.org/po/petition/Pela_cassacao_do_registro_de_psicologo_do_Sr_Silas_Lima_Malafaia/?pv=7

    Essa mulher aí é outra que envergonha a classe.

    Ruggero

    ResponderExcluir
  39. Não existe psicologia cristã, da mesma maneira que não existe física budista, medicina islâmica ou biologia judaica. Psicologia NÃO É religião. Portanto, o que essa infeliz escreve deveria ser desconsiderado a priori. E o CRP do Paraná deveria cassar o registro dessa pessoa, que demonstra tão claramente não ter o menor conhecimento da profissão que supõe exercer. Em tempo: sou psicólogo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Busca neste site