Igreja acobertou na Argentina padre que violentou 50 jovens

Justo José Ilarraz
Padre Ilarraz abusava de jovens de
de 12 a 14 anos de um seminário 
O arcebispo Estanislao Esteban Karlic, ex-responsável pela Província de Entre Ríos, no nordeste da Argentina, permitiu que o padre Justo José Ilarraz (foto) abusasse de jovens de um seminário sem o denunciar às autoridades e nem sequer afastá-lo de suas atividades. A informação é da revista Análisis de La Actualidad.

De acordo com denúncias de vítimas, o padre violentou pelos menos 50 adolescentes de 12 a 14 anos entre 1984 a 1992 do Seminário Menor, da cidade do Paraná, naquela província. O número de vítimas pode chegar a 80. Ilarraz era o responsável pela igreja Ñuñorco, em Monteros, na província de Tucumán.

Na maioria, os internos no seminário são de família de camponeses de baixa renda e de forte sentimento religioso. Os pais se orgulham dos filhos quando eles manifestam vocação religiosa.

Pelos relatos das vítimas, Ilarraz seguia um ritual: ele levava cada um dos jovens para o seu quarto, acariciava-o, dava banho, beijava-o na boca, masturbava-o e o penetrava.

Ilarraz intimidava os jovens para que não revelassem o “segredo”. Ele costumava dizer às vítimas que elas precisavam entender que a amizade entre eles tinha aumentado. “Quanto maior a confiança, maior é o nosso amor e amizade”, dizia. Em troca do silêncio, o padre oferecia privilégios os jovens, como viagens para o exterior.

Revista expôs mais um
escândalo da Igreja
O atual arcebispo de Província de Entre Ríos é Juan Alberto Puiggari, que também foi conivente com o estuprador, de acordo com a revista. Na época, ele era prefeito do seminário.

Puiggari rebateu a acusação da revista com a afirmação de que tomou todas as medidas “para esclarecer a verdade, sempre preservando o direito à privacidade” das pessoas envolvidas.

Houve em 1993 uma investigação interna no seminário, e o padre, como “castigo”, foi enviado para o Vaticano, onde ficou um ano. Lá, escreveu artigos sobre o futuro das crianças, como o “Filhos: novos missionários para novos tempos”.

A Justiça assumiu o caso.





Fonte:  Análisis Digital

Frade pede desculpa por culpar crianças pela pedofilia de padres
setembro de 2012

Casos de padre pedófilo.


Comentários

  1. O espirito santo agindo novamente.
    E o Papa crianças chefe ta vindo ao brasil.
    Tranquem as criancinhas.

    ResponderExcluir
  2. Se um pai violentar esse padre é capaz de ser condenado à prisão.

    ResponderExcluir
  3. AGORA SÓ FALTA VIR UM BANDO DE FANATICOS DIZENDO QUE ISSO É OBRA DE STANÁS!! BANDO DE FILHOS DA PUTA!! TINHA É QUE CORTAR O SACO DE VERME!!

    ResponderExcluir
  4. Mais do mesmo.

    Winston Smith

    ResponderExcluir
  5. Espero que a igreja indenize cada vítima desde cristão safado.

    ResponderExcluir
  6. Ele foi enviado para o Vaticano, onde pode compartilhar suas experiências com outros pedófilos. As conversas deviam ser regadas a vinho bento, envelhecido 16 anos. Os Maricas, comodamente assentados e ajeitando suas saias, entravam em discussões sobre quem comeu mais crianças.

    ResponderExcluir
  7. E nenhum ateu vai conseguir fazer nada para acabar com isso, são racionais demais!

    Crente que é "bicho solto"; rouba dos fiéis, come as irmãs, enriquece fácil, são viciados em fazer sexo com crianças... Isso que é produto da evolução!

    Ateus são muito fraquinhos; são meras presas dos mais evoluídos/capazes.

    Não tem sequer a capacidade de acabar com os padrecos comedores de meninos.

    Att: Provocador

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filhota, quem tem de acabar com isso não são os ateus, mas a sociedade de maneira geral.
      Basta começar a se tocar que de santo essas organizações religiosas não tem nada. Seu objetivo é apenas ludibriar os mais idiotas, enriquecer e em alguns casos comer crianças é claro.
      Esse seu argumento remete-nos a desconfiar que tu é um religioso, dado o escopo de seu carater.

      Excluir
    2. Seu imbecil; por acaso não viu que assinei como "Provocador"? Era só pra instigar o debate; meu filho, sou Ateu convicto...

      Att.:Provocador

      Excluir
  8. Ué, cadê os defensores de padres violentadores de menininhos?
    Tão demorando pra aparecer!

    ResponderExcluir
  9. Religião de qualquer origem geografica, é dada a servir de pretexto, justificativa,acobertamento e proteção aos mais bizarros atos humanos.
    O corporativismo dessas agremiações do crime é fortissima.
    Usam da chantagem e da intimidação para se impor nas sociedades em que se instalam, usando metodos sutis e disfarçados de benevolentes. O unico remedio é a educação e o bem estar da população, humanos com dicernimento e levando uma vida boa, não se preocupam com a religião, ou não se submetem ás suas imposições. Ao assistir as pregações pela televisão, o que se ve é um atentado a inteligencia. O ministerio publico investe contra ,algumas vezes mas nós ainda não vimos resultados concretos.
    Esses seminarios, são sabidamente redutos de pederastia e seus frequentadores covardes e intimidados não denunciam,
    lamento que ainda querem aconselhar a sociedade usando um livro ditatorial e ameaçador. Por incrivel que pareça a pregação é a mesma a quase dois mil anos e é a mesma usada pela mafia: Resumindo.: " Eu te dou o capeta de graça e depois te vendo a proteção.".

    ResponderExcluir
  10. Esses padres gays safados, destruindo familias, se passando por servo de DEUS, com certeza são criaturas abominavéis aos olhos do criador. Que a justiça prevaleça e essas corjas paguem diante da justiça e diante de DEUS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como vcs evanjegues naso tivessem lá seus pastores pedófilos e picaretas.

      pra sua informação existe tbm padre que estupra meninas, esse gay-hater deve ter tido uma doutrinação pesada durante a infância, ou então é aquele típico cara que fez todo tipo de loucura na juventude e agora quer redimir seus erros passados virando evanjegue, não é a toa que dizem muito crente tem passado sujo.

      Excluir
    2. Ou então é só mais um projeto de Malafaia, por estar dentro do armário e com medo de sair, acaba usando o ódio dele pra disfarçar.

      Excluir
    3. pra mim tá mais pro cara que fez toda putaria no mundo e depois vira crente pra se arrepender cagadas po passado, e depois vem pregar moral de um alfarrábio contraditório e violento. meus pêsames Churrasco.

      Excluir

Postar um comentário