Pular para o conteúdo principal

Lei impõe pai-nosso nas escolas públicas e privadas de Apucarana

vereador José Airton Araújo, o Deco
Deco, o autor da lei, disse ser preciso
que as "pessoas voltem para Deus" 
A Câmara Municipal de Apucarana (centro-norte do Paraná) aprovou na semana passada por unanimidade em 1ª discussão projeto de lei que obriga os 58.000 estudantes das escolas públicas e privados a rezarem o pai-nosso todos os dias, no início da primeira aula.

A cidade tem mais de 120 mil habitantes e fica a 369 km de Curitiba, a capital. A Câmara tem 11 vereadores.

O projeto de lei é de autoria do vereador evangélico José Airton Araújo (PR). Ele disse que tomou essa iniciativa porque, neste “tempo de violência e desesperança”, “é preciso que as pessoas se voltem para Deus”, o que, acrescentou, tem de ocorrer “já na infância”.

“Se a gente não doutrinar os jovens na direção do bem, os traficantes e demais bandidos podem fazer isso na direção do mal, como já se vê hoje nas escolas de muitas cidades.”

Araújo disse que quem se recusar a orar não será punido. “[O cumprimento da lei] vai ficar para a consciência de cada um”, disse o vereador, que é fiel da Assembleia de Deus.

Ateus vão pedir ao MPE medidas contra lei do pai-nosso no Paraná.
28 de junho de 2012

Embora ele tenha destacado que o pai-nosso “é a oração que Cristo deixou para os seus seguidores”, e o “cristianismo é a religião da maioria esmagadora do povo brasileiro”, a lei é inconstitucional. O vereador é conhecido como "Deco do Cachorro Quente", porque ainda trabalha como vendedor ambulante.

O Ministério Público poderá contestar a lei na Justiça com o argumento de que o artigo 19 da Constituição, o da laicidade do Estado brasileiro, impede que qualquer instância de governo legisle ou se envolva com crença religiosa.

Na Bahia, o Tribunal de Justiça concedeu em abril ao MP liminar suspendendo a lei do pai-nosso aprovada pela Câmara de Ilhéus e sancionada pelo prefeito Newton Lima (PT).

Com informação do TN Online

Tribunal suspende lei que impôs pai-nosso nas escolas de Ilhéus. 
abril de 2012

CNBB afirma que escolas não podem impor o pai-nosso aos alunos.
abril de 2012

Lei do pai-nosso de Ilhéus.    Religião no Estado laico.

Comentários

Anônimo disse…
Corja de vagabundos.
Felício disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Esses evangélicos são iguais a formigas no açucareiro, se não cuidarmos eles tomam conta
Anônimo disse…
Eu tenho parentes em Apucarana, e eles me disseram que os vereadores de lá são uns incompetentes.
Anônimo disse…
Que absurdo!
Anônimo disse…
Lei 100% ilegal, imoral e inconstitucional.
Anônimo disse…
As únicas coisas que essa cambada de evangélicos faz na política é tentar fazer com que o Estado seja mandado pela religião. Se eles pudessem tornariam o Brasil uma TEOCRACIA.

Outra coisa que os evangélicos fazem na política é serem os piores políticos do Brasil. A bancada evangélica é a pior turma de políticos do Brasil.

Flavio Campos
LUCARLORO disse…
Absurdo isso, se fizerem isso na minha cidade, quero ver quem vai me obrigar a rezar....
Melhorar o salário dos professores e a política educacional que é bom, nada!
Anônimo disse…
Lei inconstitucional, ridícula. Ao invés de melhoras as escolas, eles querem fazer besteiras como essa. Depois perguntam porque o Brasil é uma porcaria. Enquanto o estado não for REALMENTE laico, não haverá a verdadeira democracia.
Rodrigo Bispo disse…
"Ninguém respeita a Constituição. Mas todos acreditam no futuro da nação. Que país é esse?"
É A PORRA DO BRASIL!!!!!!!!!
Anônimo disse…
como se não houvessem maiores urgencias nessa porra desse país! pra foder msm!
Anônimo disse…
O judiciário ja tem tantos casos importantes para ser julgado, agora perdera tempo julgando isso.
Karina Hoiça disse…
SAUDADE ESTADO LAICO.

ISSO NÃO DEVERIA NEM SER APROVADO, VAI CONTRA A CONSTITUIÇÃO DE 88 E OUTRA ESSE VEREADOR ACHA QUE É QUEM? O SALVADOR DO MUNDO
Israel Chaves disse…
Mas, de novo? Eles não vão desistir nunca?
Na cabecinha deles, é só insistir o suficiente, que uma hora ganham pelo cansaço.
Como eu sempre digo, político que fica perdendo tempo e verba com lei inconstitucional, que só serve para atravancar ainda mais o sistema e não vai dar em nada, deveria ser punido.
Anônimo disse…
Então se é assim poe nam myoho rengue kyo, cantos de umbanda, e todas as outras religiões também, cara até quando essa merda vai ser imposto para as crianças como se fosse algo bom?, Religião o grande problema da sociedade!
Kaa disse…
saudade ESTADO LAICO
Unknown disse…
O uso de qualquer simbolo religioso é uma afronta a laicidade do estado brasileiro. O Brasil não é um país religioso que condescende as minorias, mas sim em um estado laico que permite religiões. Como um país laico que secularista permitir que ao longo dos anos a mitologia católica ou outra religião se tornasse mais um tentáculo neopentecostal dentro da política que fosse superior a própria constituição?
O pior são as escolas que gozam da doutrinação infantil, contrariando a constituição brasileira de 1988. Uma vertente vergonhosa que dá resultados negativos em todo território nacional.
Brasil está decadendo por meras questões religiosas....
Unknown disse…
Minha cara, nunca houve um estado laico!

Nosso país sempre teve uma só religião predominante, a igreja católica infelizmente predomina, e sempre predominou em nosso país.
Eu espero que algum dia seja, mas enquanto houver apenas governantes religiosos....!
Anônimo disse…
Apoiadíssimo!
Anônimo disse…
O estado é laico mas o povão, não, eis o problema.
Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse…
Rezar vai melhorar o mundo kakaka já são quantos anos de reza mesmo. ha.ha.ha. Políticos incompetentes , mais vereadores normalmente são analfabetos culturais e tantos outros analfabetismos mais. O que o estado tem a ver com o que o cidadão quer professar, agora o estado quer e esta criando leis para as pessoas orarem, que estado é este ??
Anônimo disse…
Até nas escolas privadas?
marcelo lobo disse…
amigo anônimo, me diga onde os vereadores SÃO competentes?
Wickedman disse…
Mas isso não é prioridade dos políticos evangélicos, caro metallic. A prioridade deles é cagar e mamar dinheiro público. Eu achava que os pastores eram a classe mais inútil desse país, mas acho que me enganei; são os políticos evangélicos.
Anônimo disse…
Como o proprio edil declarou, os vicios começam na infancia.
Então deveriam se preocupar com uma formação, construtiva para o sucesso da criança.
Bobo Ninja disse…
Saudade do Brasil Laico... Essa saudade que eu sinto de tudo que ainda não vi.
Wagner disse…
Por mais que eu não concorde, o cara tá lá pra representar a população religiosa católica.

Ser cristão dá voto nesse país, infelizmente.

E blogs como o do Paulopes vem para o bem, ajudar a expor as mazelas da religião e tentar convencer as pessoas a mudar de pensamento. Basta ver a quantidade de religiosos que entram aqui para comentar.

Na verdade, eles trollam os comentários por plena exposição de sua fé desabar frente aos fatos.
Ateu disse…
Os vereadores certamente tem consciência de que a lei é inconstitucional e que, provavelmente, não terá validade. Aprovam a lei só para ganhar crédito com seus eleitores religiosos. Mesmo que dê errado depois, já "conta pontos" com seus eleitores religiosos.
Josimar Alvaro disse…
É um absurdo em pleno século 21 ainda existirem pessoas criando leis que desprezam a pluralidade social. Políticos unilaterais que defendem apenas seu curral eleitoral.
Alguém tem que ensinar a eles que o Brasil foi construído pela diversidade e todos merecem respeito. Não podemos obrigar os alunos de outras religiões ou mesmo ateus a praticarem coisas que não acreditam e não desejam.
Senhores vereadores de Apucarana, o Brasil não precisa de pai-nossos, precisa de líderes com vergonha na cara, inteligentes o suficiente para saberem que o problema das drogas e da violência está falta de oportunidades, de acesso a educação de qualidade, saúde e cultura.
Uma câmara retrograda e ignorante que sequer tem conhecimento da lei maior do nosso país.
Se um dia o país conseguir se livrar dos políticos corruptos e burros, não precisaremos rezar para que nossos filhos tenho um futuro digno.
Unknown disse…
De novo?!

Mais trabalho para o Ministério Público.
Gustavo Gonçalves disse…
Acho que o cara ta muuuuito desinformado viu...
Como se religião ou Deus fosse a salvação ou cura pra este mundo. De fato, isto é o maior problema!
Anônimo disse…
Querem imbecibilizar o povo com crêndices, credo tem hora que da nojo desses governantes que temos.
Anônimo disse…
Culpada população a cidade que elege escórias desse naipe para cargos públicos.

Povo que vota nas coxas toma na bunda, como dizem por aí.

Att.,

Espancador de Pastores
Anônimo disse…
Se funcionasse o Governo do Rio de Janeiro ja teria implantado nas favelas .
Anônimo disse…
Exato, é tudo um jogo, afinal, quem vota é o povo, não o ministerio publico.
Anônimo disse…
Moro em Apucarana....seus parentes estão cobertos de razão...o pior é ver um idiota metido a esperto, criando lei "eleitoreira" para passar mel na boca dos católicos e evangélicos da cidade....lei feita pra não pegar mesmo....ridicula a ação....ele ganha os votinhos dele e os 15 min de fama, afinal, apareceu até aqui no Paulopes...vergonha alheia de minha cidade....(não votei nesse mané, antes que pergunte,...*rs)
Anônimo disse…
eu achando queera uma cidade de 1000 habitantes mais uma cidade de 120 mil habitantes fazer uma lei dessas é patetico
Anônimo disse…
Assim você ofende a corja de vagabundos.
Anônimo disse…
Medo de traficantes? Tenho mais medo de políticos dessa laia...
_"Nossa, que frase criativa"!
_Que tal tentar enganar as formigas e escrever a palavra "sal" no açucareiro? _Talvez desta forma, sinta-se menos amedrontado!
Por quê?! Por quê?! Por quê?! Por quê?! Por quê?! Por quê?!

POR QUE ESSES PALHAÇOS NÃO DEIXAM A RELIGIÃO NO SEU DEVIDO LUGAR, NAS IGREJAS?!
akanporan disse…
Voces sabem qual é a diferença entre rezar a um deus e rezar a uma pedra: a DIFERENÇA É QUE PRA PEDRA VOCE ESTÁ VENDO PRA QUE ESTA REZANDO.
Já dizia um pesador "É melhor ler a previsão do tempo antes de rezar por chuva."
— Mark Twain
"Se você rezar por chuva por bastante tempo, ela eventualmente cai. Se você rezar para que enxurradas se acalmem, elas eventualmente o farão. O mesmo acontece na ausência de preces."
— Steve Allen

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Escola Estadual Igreja Evangélica muda de nome e deixa de afrontar o Estado laico

Evangélico, chefão do tráfico no Rio manda fechar igrejas católicas

Malafaia divulga mensagem homofóbica em outdoors do Rio

Essência do totalitarismo é querer fazer o 'bem para todos'

Título original: Tentação totalitária por Luiz Felipe Pondé para Folha Você se considera uma pessoa totalitária? Claro que não, imagino. Você deve ser uma pessoa legal, somos todos. Às vezes, me emociono e choro diante de minhas boas intenções e me pergunto: como pode existir o mal no mundo? Fossem todos iguais a mim, o mundo seria tão bom... (risadas). Totalitários são aqueles skinheads que batem em negros, nordestinos e gays. Mas a verdade é que ser totalitário é mais complexo do que ser uma caricatura ridícula de nazista na periferia de São Paulo. A essência do totalitarismo não é apenas governos fortes no estilo do fascismo e comunismo clássicos do século 20. Chama minha atenção um dado essencial do totalitarismo, quase sempre esquecido, e que também era presente nos totalitarismos do século 20. Você, amante profundo do bem, sabe qual é? Calma, chegaremos lá. Você se lembra de um filme chamado "Um Homem Bom", com Viggo Mortensen, no qual ele é um cara

Ministro do STF critica a frase ‘Deus seja louvado’ do real

Marco Aurélio lembrou  que somente no  império  a religião era obrigatória  O ministro Marco Aurélio (foto), 65, do STF (Supremo Tribunal Federal), disse que não consegue conceber “que nas notas de moedas do real nós tenhamos ‘Deus seja louvado’”, porque isso fere a laicidade do Estado. Em uma entrevista ao UOL, lembrou que na argumentação de seu voto favorável à descriminalização do aborto de fetos anencéfalos, em abril, ressaltou que o Brasil não está mais no império, “quando a religião católica era obrigatória e o imperador era obrigado a observá-la”. “ Como outro exemplo de incompatibilidade com o Estado laico ele citou o crucifixo do plenário do STF. “Devíamos ter só o brasão da República.” Aurélio elogiou a decisão do Tribunal de Justiça gaúcho pela retirada do crucifixo de todas as suas dependências, o que demonstra, segundo ele, que o Rio Grande do Sul é um Estado que “está sempre à frente em questões políticas”. Celso de Mello, outro ministro do Supremo, já

Intel deixa de ajudar escoteiros que discriminam gays e ateus

Arcebispo afirma que vida dos descrentes não tem sentido

Para Battisti, o sentido da vida está no sobrenatural  O arcebispo Anuar Battisti (foto), 59, de Maringá (PR), escreveu um artigo onde aborda um tema recorrente por parte de religiosos, o de que não há sentido na vida dos descrentes em Deus. “Este ambiente de descrença, misturado com ateísmo, leva a pessoa a viver no deserto da vida sem gosto, sem rumo, vagando em busca de um sentido”, escreveu dom Battisti no artigo publicado no Diário.com. “A ausência de Deus cria na alma humana um vazio de sentidos que leva ao desespero, à negação de tudo o que diz respeito ao sobrenatural”, acrescentou. A americana Paula Kirby, consultora de organizações seculares, escreveu recentemente no Washington Post que quem precisa de Deus para que a sua vida tenha um significado é porque a sua família e amigos, em tese, não têm nenhum valor. O que, obviamente, é um absurdo. Ninguém precisa de Deus, por exemplo, para amar seus filhos. Kirby argumentou que é o cristianismo que tenta tirar todo

Médico acusado de abuso passa seu primeiro aniversário na prisão

Roger Abdelmassih (reprodução acima), médico acusado de violentar pelo menos 56 pacientes, completou hoje (3) 66 anos de idade na cela 101 do pavilhão 2 da Penitenciária de Tremembé (SP). Foi o seu primeiro aniversário no cárcere. Filho de libaneses, ele nasceu em 1943 em São João da Boa Vista, cidade paulista hoje com 84 mil habitantes que fica a 223 km da capital. Até ser preso preventivamente no dia 17 de agosto, o especialista em reprodução humana assistida tinha prestígio entre os ricos e famosos, como Roberto Carlos, Hebe Camargo, Pelé e Gugu, que compareciam a eventos promovidos por ele. Neste sábado, a companhia de Abdelmassih não é tão rica nem famosa e, agora como o próprio médico, não passaria em um teste de popularidade. Ele convive em sua cela com um acusado de tráfico de drogas, um ex-delegado, um ex-agente da Polícia Federal e um ex-investigador da Polícia Civil. Em 15 metros quadrados, os quatros dispõem de três beliches, um vaso sanitário, uma pia, um ch