Gays sempre mentiram sobre a parada, afirma Malafaia

Parada de SP teve 270 mil pessoas, 
e não os milhões previstos 
O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, disse que “agora em diante não dá mais pra mentir”, referindo à medição de público da Datafolha que apurou que a Parada Gay de São Paulo, realizada no domingo, teve 270 mil participantes, e não os “milhões” anunciados em anos anteriores pelos organizadores.

Foi a primeira vez que o instituto usou uma medição científica para estimar o número de participantes de um evento. Do total detectado, 65 mil pessoas fizeram todo o percurso da parada.

“A verdade está aí, nua, crua e patente!”, disse Malafaia, de acordo com o seu site de notícias, o Verdade Gospel.

“Há muito tempo eu sei que os ativistas gays inflam os números para pressionar a sociedade e os políticos, afim de que seus privilégios sejam estabelecidos.”

O site estampou: “A casa caiu: a mentira gay foi desmascarada”.

De acordo com dados do Datafolha, que entrevistou 3.326 pessoas entre as 11h30 e as 18h, dos 270 mil participantes 60% moram em São Paulo e 28% participaram da parada pela primeira vez.

O instituto apurou, também, que 34% dos que desfilaram são heterossexuais.

dezembro de 2011

Comentários

  1. Esse aí tá sabendo legal como tentar desmerecer um movimento que luta contra preconceitos que ele mesmo adora pregar...Só que não...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Movimento Gay - notoriamente autoritário, manipulador e mentiroso - se desmerece por conta própria.

      Excluir
    2. respeito os gays, os crentes, macumbeiros, judeus e etc.
      Mas esta parada gay virou uma putaria feia mesmo.

      Gays de verdade são diferentes, como os ateus verdadeiros tbm.


      Ateu convicto.

      Excluir
    3. Anônimo das 21:17 - Creio que você esteja falando de seu movimento religioso quando projeta seus defeitos no movimento LGBT...


      Anônimo "Ateu convicto": Ué, agora existem gays e ateus de verdade e de mentirinha? Tipo a pessoa acorda em um belo dia ensolarado e diz "Hoje vou fingir ser gay" ou "Hoje vou fingir ser ateu"?

      Excluir
    4. Chama-se falácia do escocês, Cherry.

      Excluir
    5. Eu ia dizer isso Baphomet, mas havia me esquecido quando publiquei o comentário...

      Excluir
    6. Há ateus e gays que gostam de parada gay, putaria e mentira, e há ateus e gays que não.

      Excluir
    7. Sou gay e acho a parada gay inútil, você vê que a maioria vai la por qual motivo? Fazer um carnaval fora de época, Poucos vão para lutar por direitos mas a maioria nem sabe o que acontece fora da avenida.

      Excluir
  2. Deu pra perceber que tá rolando uma autocrítica meio excessiva por parte de alguns "membros do movimento"... isso pode ter esvaziado.

    Quem é que consegue juntar 270 mil pessoas por alguma causa em SP?

    ResponderExcluir
  3. A parada gay já perdeu a causa faz muito tempo. Deixou de ser uma parada para virar mais um evento de putaria, a grande maioria que nem deve ser gay, vai para encher a cara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Relmente a parada gay perdeu o seu foco principal que é lutar contra as desigualdades sociais em relação a eles (GLBT).Muitas pessoas vão para encher a cara,como se fosse mais um carnaval de Salvador.Existe pessoas sim que lutam pela causa mas sozinhas não irão conseguir nada.
      (sou homossexual assumida e adimito isso)

      Excluir
    2. As igrejas perderam a decência há mais tempo que a parada gay.

      Excluir
  4. Malafaia comemorando uma medição cientifica... Ha ha ha. Um tipo de alegria que dura muito pouco.
    Quero ver ele comemorar as outras medições cientificas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero ver o que ele vai dizer quando medirem o número real de participantes da Marcha Para Cheeeeeessusss e ver que é inferior ao que ele divulga...
      Dirá o Salafraia que é perseguição dos que querem implantar a (Cof cof) "ditadura gay"?

      Excluir
    2. Quero ver quando fizerem uma medição científica da Marcha para Jesus e der que não foram nem 50 mil pessoas.

      Excluir
  5. As reivindicações dos gays perdem valor tendo em vista a quantidade de pessoas na parada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As reivindicações não perdem força, mas a importância do evento no momento de pedir verbas públicas, sim.

      Excluir
    2. Anônimo11 de junho de 2012 18:47

      O que você entende por verba pública para o evento?

      Excluir
    3. Refiro-me aos R$ 325 mil da prefeitura para os 14 trios elétricos e outras coisas. Não passado foi muito mais.

      Se os homossexuais querem pular na avenida, tudo bem. Mas que paguem pelo menos pelos trios elétricos. Se são tantos, 4 milhões, como dizem, a contribuição de um real de cada deles daria para uma festança, não é mesmo?

      Não sou contra a parada gay, sou a favor de a prefeitura gastar bem o dinheiro dos contribuintes, como tapar o buraco do asfalto da rua aqui de casa. É pedir muito?

      Excluir
    4. Um típico comentário de classe média sofredora: "O governo dá dinheiro pros gays enquanto eu pago impostos que são voltados pra esse povinho" (Isso é uma ironia, pro caso de alguém não entender)


      Como se ser homoafetivo fosse condição para ser isento de pagar impostos e não pudesse usufruir de seus direitos...

      Excluir
    5. Olha só quem fala! Nenhum centavo saiu dos bolsos desses pastores espertalhões para financiar a sua querida Marcha pra Jesus! Deixa de ser hipócrita!

      Excluir
    6. Se os pastores quiserem uma marcha para Jesus, então que paguem com o próprio dinheiro deles e não com grana pública como fazem.Pau que dá em Chico,dá em Francisco..Essa metodologia do Datafolha é altamente questionável,mas mesmo assim, quero ver o que o Malafeita(com sua cara descarada) vai dizer quando medirem apenas 100 mil na Marcha gospel ao invés dos 3 milhões que ele adora repetir todos os anos.

      Excluir
    7. Estado tem que usar recursos públicos para ações de interesse geral, e não dar dinheiro pra Marcha para Jesus nem pra Parada do Orgulho Gay.

      Excluir
    8. E nem para a construção de Estádios de Futebol que serão explorados pela iniciativa privada. Mas, o político ruim quer estar de bem com todos. Ele é o amigo da conveniência. É muito liberal com verbas para ações que aparecem bem na mídia. Mas, se o jogo político virar, o mesmo "amigo" pode se voltar contra quem ele apoiou antes. Existem muitos outros ralos de verbas públicas, por exemplos, sob o carimbo de apoio à cultura. Num país carente na assistência à saude, ridículo quanto à educação pública e com uma rede de esgoto mínima, é um verdadeiro roubo ao povo gastar dinheiro público com parada evangélica ou LGBT, futebol ou manifestação artística/cultural de quinta categoria.

      Excluir
    9. Concordo com vc, de fato o poder público deve ter mais vergonha na cara em soltar recursos financeiros para causas reais q concretizem o desenvolvimento social, como investimento educação, saúde, saneamento básico, habitação, etc., com qualidade. Um povo educado passa a aceitar melhor a turma GLBT e ignorar as rivalidades religiosas para minar com a desigualdade social, q é um eterno e grave entrave ao nosso desenvolvimento.

      Excluir
  6. Não sei se isso é tão importante assim, mas o Malafail sempre dá um jeito de dizer alguma merda quando abre a boca: de 2000 a 2006 os organizadores e a PM de São Paulo divulgaram estimativas de público, com uma discrepância média de 33% acima do estimado pela PM. A PM parou de fornecer estimativas em 2006, mas enquanto fazia isso, chegou a fornecer números acima de 1 000 000.

    Malafail diz que, pela primeira vez, foi usado um método de medição com caráter científico. Ok. Ele quer dizer que esse método é que deve ser confiável e que provavelmente policiais não sabem contar. Mas como o método não foi usado nas estimativas de público da marcha para jesus, devería-se confiar nos números fornecidos por seus organizadores? Ou deveria-se esperar até que o método fosse usado esse ano na marcha para jesus?

    Por fim, esse dilúvio em copo d'água é pra quê? 270 000 é gente pra caramba! Ele só não falou nada sobre os 34% de heterossexuais que participaram. Malafail só queria mesmo era encher linguiça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Malafia não perderia a chance de falar besteira.

      Excluir
    2. Entre uma besteira e outra Malafaia dissera em uam reunião no RJ q o protestantismo é responsável pelo desenvolvimento das nações da América do Norte e do centro-norte europeu. Falácia pura: essas nações se desenvolveram justamente com a laicidade dos referidos Estados, que permitiu os investimentos na boa qualidade das necessidades sociais prementes (educação, saúde, moradia, saneamento, distribuição de renda etc.). O Brasil é um estado laico, mas certos atrasos político-econômicos e ideológicos impedem os investimentos referidos acima. E, acreditem, coincidência ou não, tenho observado q a violência urbana cresceu em paralelo com o de evangélicos na população. Claro, nada contra os religiosos, mas q há uma rivalidade religiosa forte, tem...

      Excluir
  7. Não é engraçado um crente elogiar um método científico de contagem, ao mesmo tempo que defende milhões de espécies de animais num barquinho de madeira?
    Por que será que os métodos científicos só têm validade quando lhes convém?
    Tsc, stc, stc, que feio, Malafaia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crente aplica o duplipensar. São 2 pesos e 2 medidas.

      Excluir
  8. Adoro ver Malafaia histérico.

    Dá-lhe gays!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nessa história, não sei se é mais estranho o Malafaia histérico ou os gays decepcionados. Parece uma comédia com problema de tempo nas piadas - acho que os atores que interpretam o pastor e os outros, nos papéis de alegres, não são muito generosos uns com o outro. Que trope desunida!

      Excluir
  9. Parada Gay is ugly!!!

    ResponderExcluir
  10. Silas Malafaia queria participar da parada gay, mas nunca é convidado.
    Ele sonha em ir fantasiado de Jesus Cristo, carregando a cruz nas costas, com uma sunguinha da bandeira gay, ou seja, ele adoraria desfilar levando pau nas costas.

    ResponderExcluir
  11. parada gay e uma putaria tem que proibir dinheiro publico na marcha

    ResponderExcluir
  12. Igualmente a teologia da prosperidade, se existem milhões na igreja do malafaia, porque não existem milhões de ricos no brasil, e ainda sim existem pobres e favelas e ladrões?


    Duvido ele responder essa, ou vai vir com mentira né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sou o anonimo 21:20 e concordo contigo e sou ateu

      Excluir
  13. Malafaia, explica porque pinguins são depravados em nome deus....

    Já que o criacionismo é o correto né.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. felipe a onde eu disse que o criacionismo e correto tu se comporta igual um idiota,ignorante e arrogante. para mim o criacionismo a marcha pra jesus,o carnaval e a parada gay sao um monte de merda.

      Excluir
    2. Nossa que vergonha eric perde seu tempo ainda pra escrever comentarios como esse! se nada presta e tudo é merda o q será q vc considera como importante? Me faz lembrar um velho ditado "NA BOCA DE QUEM NÃO PRESTA NINGUÉM VALE NADA!"...

      Excluir
  14. Bom.

    O fato é que a Parada Gay é um sucesso. Sucesso esse jamais vai ser alcançado por qualquer evento evangélico.

    Gasta-se dinheiro público? Sim, com certeza. Mas os gays deixam milhões no comércio de SP. Gay tem dinheiro e gosta de gastar. Simples assim.

    A Parada Gay perdeu o sentido original? Evidente. Hoje está mais para carnaval fora de época do que para protesto social. Mas ainda assim tem seu valor simbólico.

    Malacheia perdeu novamente uma ótima oportunidade de ficar calado.

    Vejam que ironia. Choveu e fez frio a semana toda em SP. Ontem, como que por milagre, o tempo abriu e fez uma temperatura agradável.

    Se seu deus não gosta de gays, porque permitiu tempo bom para que a Parada fosse um sucesso?

    Onde estava seu deus?

    Eu sei.

    Aproveitando a Parada Gay, vestida de princesa no maior esplendor.

    Ou então fantasiada de Jônatas de tanguinha a procura de seu Davizinho.

    Att.,

    Espancador de Pastores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei seu comentário! Afiado na medida!

      Excluir
  15. Há quem diga que havia mais de 3 milhões.E a PM por que não divulga sua medição?Os organizadores não divulgaram nada este ano,mas deixaram para outros divulgarem.Duvido que a crentalhada não minta sobre números da sua marcha.Deveriam fazer o mesmo que os movimentos LGBTS.Deixar a PM e o Datafolha divulgarem.E aí crentalhada hipócrita?

    ResponderExcluir
  16. Engracado, nao eram os evangelicos que sempre inflavam os numeros para cima, qdo faziam as Marchas para Jesus ? E todos ficavam de boquinha torta, quando a Policia Militar os contradizia e apresentavam numeros bem mais baixos..

    ResponderExcluir
  17. sou o autor dos comentarios 21:20 e 21:46 os gays e os crentes pra mim sao a mesma coisa

    ResponderExcluir
  18. Embora eu não seja homofóbica, eu não aprovo a parada gay,não da forma repugnante que ela acontece. Assim como eu não gosto do carnaval também. Como eu disse num post anterior, a sociedade ainda não está preparada para este tipo de manifestação, ainda mais quando envolve atitudes tão depravadas e deprimentes. Sou a favor de manifestos de carinho do tipo discreto tanto para homos como para héteros

    Não me interpretem mal, por favor. Tenho conhecidos gays e amigos também. São pessoas adoráveis, contudo tem certas atitudes que sinceramente vai contra princípios éticos e morais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que eles fazem?

      Excluir
    2. Eles fazem essas coisas por que são gays ou por que são seres humanos? E como o Wickedman perguntou, o que eles fazem?

      Excluir
    3. Pois é, Fabiano. Essa conversa de que "são pessoas adoráveis" geralmente vem com um "mas". Tipo: "meus amigos gays são pessoas adoráveis, mas, pôxa, eles tem que se abraçar/das as mãos/beijar em público"?

      "Olha a moral e os bons costumes, gente! Minha filha pode dar pra o namoradinho que eu não vou com a cara porque é vagabundo, filhinho de papai e usa drogas, porém tudo bem, ele pelo menos é hetero. Mas, meus amigos gays maravilhosos não podem dar as mãos e demonstrar afeto, pois é contra os bons costumes".

      É o tipo "gente boa meia-sola".

      Excluir
    4. Naõ adianta querida, foi isso que Hitler pensava, meus pêsames.

      Excluir
    5. Gente, vcs não entenderam o que eu disse ou eu não soube me expressar ? Quando eu disse que eu não aprovo a parada gay é pq estão fazendo dela um desfile meio carnavalesco, ali não ha nada de reivindicação.
      E quanto a vc Wickedmam, eu não disse que não podem demonstrar carinho em público. O que é chocante são os tipos depravados e escandalosos, e isso vale pros héteros tbm. Outra coisa, não gosto de "vagabundos", sempre preferi os mais sérios, é por isso q eu namoro um, ok
      Ao anonimo das 23:53:se o seu comentário foi pra mim eu vou te dizer uma coisa, sou uma pessoa bem resolvida, frustração passa longe do meu dicionário.

      No mais, me desculpem se ofendi alguém, não era a minha intenção.

      Excluir
  19. Quer dizer que pro Malafeia, quanto mais minoria for, mais permissao tem pra atacar?

    ResponderExcluir
  20. Deus não existe mais salafrarios como o silas maracutaia esta cheio, o cara é um bandido deveria estar preso por vender bíblias por 900 reais com promessa de enriquecimento charlatanismo é crime, o vagabundo é só um bocudo descarado , o que me impressiona é como que um cara desse usufrui de algum estatus em nosso lindo brasil. O dia que a humanidade parar de aplaudir esses canalhas pode ter certeza que já é um sinal de evolução.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem educação no pais, veremos malafaias sempre.

      Excluir
  21. Outra coisa também é este fascismo eu não aprovo a parada gay, pô deixa eles se expressarem nem tudo tem que ser do jeito que você quer ou que vocês querem, eu tenho certeza que quem se incomoda diretamente com os gays é gay também, tem alguma coisa frustrada ou mal resolvida dentro desta pessoa.

    ResponderExcluir
  22. A parada gay tem propósito civis é uma luta da sociedade LGBT por uma maior inclusão social, independente de como eles se manifestam isto não importa é a cultura deles , a parada pra jesus não tem propósito nenhum não há luta nenhuma nem busca de nada.

    ResponderExcluir
  23. Porque deus não faz crescer cabelo na calvíce do silas maracutaia? Ele prega pra pessoa dar dinheiro que deus devolve de volta e defende isto com garras e dentes. Sera que não tem nada na bíblia que faz crescer cabelo na calvíce dele? porque da mesma maneira então que é "verdadeiro" que deus da dinheiro pra quem dar dinheiro a ele ,ele também faria crescer cabelo na cabeça de careca ou deus tem dois pesos e duas medidas. Esta ai mais uma prova que deus não existe, só existe quando e para pastores defender seus interesses escusos.

    ResponderExcluir
  24. “Há muito tempo eu sei que os "religiosos" inflam os números para pressionar a sociedade e os políticos, afim de que seus privilégios sejam estabelecidos.”

    ResponderExcluir
  25. Prestem atenção na artimanha de Malafaia!

    Ele diz que a Parada Gay não leva 1 milhão de pessoas. Até ai tudo bem, não é nada de mais.

    Mas agora quando esse senhor falar que a Macha para Jesus levou 2 milhões de pessoas, comecem a mostrar que a cara desse senhor caiu.

    Numericamente falando é impossível realmente levar 2 milhões de pessoas na Parada Gay de São Paulo. Também é impossível levar 2 ou 3 milhões de pessoas na Marcha para Jesus, cujo evento Malafaia gostava de dizer que levava toda essa gente.

    Se a mentira gay foi desmascarada, a mentira evangélica também foi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário perfeito,mas o Malafail usa medidas diferentes para julgar os engodos,mentiras e safadezas dos evanjas.

      Excluir
  26. No aguardo para ver os numeros reais da massa evangélica em marchas e afins.

    Mas ele tem razão numa coisa: sempre inflaram esse número para alguma finalidade, não é possível.
    Já fui nesse evento, e sempre tive a impressão que não há mais que um milhão de pessoas.Já fui no Morumbi em final de Libertadores, havia 100 mil e me deu impressão de sufocamento e muito empurra-empurra, coisa que não senti na Parada Gay.

    ResponderExcluir
  27. A maioria dos fiéis do maracutaia não sabe que ele anda com seguranças armados e carro blindado talvez até com colete a prova de balas. Ele tem muita fé,mais só na hora de pedir dinheiro não é? Iahuashuashuahua

    ResponderExcluir
  28. Há muitos anos existem divergências nos números da parada gay. A PM precisa de uma estimativa para poder dimencionar as operações de segurança, destacar apoio médico e pessoal para situações diversas. A prefeitura "investe" nos trios elétricos, por entender que atrai público consumidor para a cidade e pelo ganho de marketing como amiga da diversidade, suas estimativas não são tão pragmáticas quanto as da PM, já que o dinheiro do contribuinte não para de jorrar para os cofres da cidade. Quanto aos organizadores, parece que usam apenas a sorte e são sempre muito otimistas. Parece que os números não podem coincidir mesmo. Mas, pelos comentários sobre o artigo, o que menos importa é que o chute habitual dos organizadores foi muito ruim e desta vez houve uma régua para aferir o tamanho do erro. Para quem já veio ao Rio de Janeiro para o reveillon de Copacabana tem uma base para estimar o que são 2 milhões de pessoas ao longo da Avenida Atlântica com seus 4 Km de extensão e mais a praia com uma faixa de areia maior que as pistas. A Avenida Paulista tem menos de 3 Km e não tem praia! Aí, criou-se a ideia de que o número estimado era ao longo do dia...
    Bem, não creio que dizer que esperar receber 3,5 milhões e receber 270 mil não seja digno de crítica. Penso que os organizadores estão, há muito tempo, com algum problema com os números. Acredito que seja muito difícil saber quantos vão comparecer, mas divulgar números à esmo não é uma coisa que contribua para o respeito às causas de qualquer movimento.

    ResponderExcluir
  29. os organizadores da parada gay,da marcha pra jesus, e todas as marchas populares, sempre aumentao os numeros.

    ResponderExcluir
  30. Militantes gays geralmente mentem, não apenas sobre a parada, mas sobre tudo:

    Inventam números sobre "violência homofóbica", inventam "direitos" que acreditam que devem ter, inventam que quem discorda deles são monstros malvados que precisam ser calados e punidos, inventam "preconceito", inventam "discriminação" onde não há, etc.

    A mentira é a principal arma da militância gay.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Descreveu bem os evangelicos.

      Excluir
    2. Claro, e o racismo tambem não existe, inventam que quem persegue negros são monstros malvados que precisam ser calados e punidos, tudo mentira!

      Excluir
    3. Para a militância gay mentirosa e autoritária, basta alguém discordar do que ela prega, exige e inventa, e esse alguém já é um perigosíssimo "homofóbico" perseguidor de homossexuais que precisa ser exemplarmente calado e punido.

      Excluir
  31. mentir sempre é a mesma coisa dos evangélicos:

    Inventam que a imprensa persegue os evangélicos, mesmo esse pessoal tendo cada vez mais espaço na mídia. Inventam uma perseguição religiosa. Inventam que quem é ateu é ruim. Inventam "preconceito", inventam "discriminação" onde não há, etc, etc, etc.

    ResponderExcluir
  32. Ele poderia falar também sobre o festival gospel "promessas", que tinha uma estimativa de 200 mil, e só compareceram 20 mil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fracasso total e ainda com protesto de outros crentes que pra eles a globo é do demo e ridículariza evangélicos em novelas. Isto o maracutaia já esqueceu o jegue de deus tem memória curta mesmo a santa.

      Excluir
  33. Como bissexual, nunca freqüentaria a parada gay ou GLBTTTSXYZ(Dragon Cannon com 2800 pontos de ATK) pois tenho bom senso (aposto duzentos contos como nunca veríamos Freddie Mercury, Alan Turing, Oscar Wilde e outros nesse tipo de evento) faz muito tempo que deixou de ser um protesto.
    Como pretendem protestar vestidos de “Pricila Rainha do Deserto”? E gritando e falando como coisinhas saltitantes no cio?
    Marcha para legalização da maconha, parada gay, marcha para G-zuis, marcha das vadias (?) ou whatever, para mim é tudo bobagem.
    O que gente precisa é de mais marchas contra a corrupção dessa bagaça chamada Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tuuuudooo... parada gay está mais pra carnaval do que pra manifesto.

      Excluir
    2. Sim,inegavelmente.Hoje,como você bem o disse, é um carnaval fora de época(uma espécie de micareta)diferentemente do seu real sentido original quando foi idealizada como forma de manifesto.A luta por direitos dos LGBTS não encontra mais quase nenhum espaço em meio aquele enorme carnaval.FATO.

      Excluir
    3. Sem falar que é tudo financiado pelo dinheiro público que poderia estar usando esses milhões gastos na Parada Gay na educação, saúde, segurança,...

      Excluir
    4. Mas sou contrário também ao uso deste mesmo dinheiro público em marchas gospel ou eventos da ICAR(eu espero que o Datafolha meça o número de participantes lá também),nem em copa do mundo e nem em Fórmula1 etc.

      Excluir
  34. Que não haviam "milhões" na Parada Gay era certo, mas para apurar isso não precisa nem de instituto: basta um pequeno cálculo matemático que qualquer pessoa pode fazer se souber ao menos a área (em metros quadrados) que foi utilizada durante o evento (qualquer evento).

    No caso da Paulista, basta multiplicar a extensão ocupada pela largura da avenida. De posse desse dado, considerar-se-á: 6 indivíduos por metro quadrado nas áreas de menor densidade, e de 10 a 12 indivíduos por metro quadrado nas áreas de maior densidade.

    Digamos que a Parada ocupou uns 800 metros da Paulista, então são aproximadamente 36.000m² (800 x 45 de largura).

    Estimando que em 40% da área ocupada (14.400m²) houvesse uma grande densidade de pessoas (10/m²), teríamos 144.000 indivíduos; e nos outros 60% (21.600m²) houvesse uma densidade média menor (6/m²), logo teríamos mais 129.600 pessoas, totalizando algo próximo de 275.000 pessoas.

    Esse é um cálculo básico sem ver imagens ou fotos da Parada, baseado apenas na área aproximada que o evento ocupou no ano passado.

    Se alguém tiver uma foto aérea da última parada, onde seja possível ver a extensão e as variações de densidade ao longo da área ocupada, é possível refazer o cálculo levando em conta esses aspectos e chegar muito próximo do número real de participantes - que talvez seja aquele apurado pelo Datafolha (embora eu particularmente não confie no Datafolha).

    As polícias militares costumam usar a mesma lógica referendada acima para estimar público em eventos, porém geralmente eles consideram sempre a menor densidade como parâmetro fixo (6/m²) e não calculam com muito rigor a área total (até porque eles fazem isso no calor da hora, quando o ideal é analisar imagens aéreas).

    Já aconteceu de eu ver um tenente da polícia militar de SP sendo entrevistado por uma emissora de TV falando em um público X, enquanto em uma emissora de rádio um soldado da mesma corporação estimava um público Y para o mesmo evento...

    Isso daí não tem mistério: é só matemática. Todavia eu espero que o Datafolha também entre em campo nas quermesses cristãs, porque esses historicamente são eventos superdimensionados. Basta sair 500 pessoas segurando uma santa na rua e a Igreja se apressa em dizer no dia seguinte que eram 5 mil.

    E, para concluir, quero deixar claro que eu apoio integralmente a Parada Gay. Acho que o fato de ter 270 mil pessoas em vez de milhões não desmerece em nada o movimento de gays, lésbicas, bissexuais, travestis e afins, porque é preciso entender que são 270 MIL PESSOAS que eram oprimidas e segregadas, mas que hoje estão aí: botando o bloco na avenida e dizendo para os boçais "Nós existimos, quer vocês queiram ou não".

    Até porque todo mundo sabe que na verdade existe infinitamente muito mais homossexuais do que aqueles 270 mil que colocam a cara para bater na Paulista.

    A minha neta de 9 anos me perguntou outro dia, em meio a um jantar em família: "Vô, o senhor é homofóbico?"... Eu respondi no ato, arrancando o sorriso mais doce que uma criança pode dar: "Eu não, menina! Homofobia é coisa de velho! Olha se o teu avô tem cara de velho!?".

    Fica a dica para uns jovens aí, que se acham modernos e têm a cabeça na idade média.

    ResponderExcluir
  35. Deveria fazer medição de cerebro dele

    ResponderExcluir
  36. Acho que eles deveriam fazer uma pesquisa para saber qual a porcentagem de milagres reais que acontecem verdadeiramente nas igrejas. Será que chegaria a 5% de milagres reais? 4%?

    ResponderExcluir
  37. desculpe o texto foi mal escrito, mas é o que eu queria dizer mesmo. KKK

    ResponderExcluir
  38. Sou militante gay, e digo que existem paradas e paradas. a de São paulo é valida pelo tamanho e por sempre trazer um tema. Se é um carnaval, e dai? As pessoas gostam de se divertir. queriam que fosse uma marcha solene, cheia de pessoas chorando e implorando por serem aceitos? Não,esfregamos na cara deles : não precisamos de sua autorização para sermos o que somos! Mas enquanto negarem nossos direitos, e o de outros; não vamos parar a luta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I don’t want to live on this planet anymore.
      Se acalme criatura revoltada, um marcha para exigir direitos não pode em hipótese alguma virar festa, pois ela perdera seu sentido original.
      Esfregar o que meu filho?
      "Ei Heteros eu tenho orgulho de dar o rabo e fazer sexo com pessoa do mesmo sexo"
      Por essas e outras um pouco exageradas é que muitas pessoas tem o termo "militante gay" como pejorativo.
      Então se acalme e controle-se.

      Excluir
    2. *Errata: Medidas um pouco exageradas.

      Excluir
    3. rodrigo eu não tenho nada contra o ser humano que é gay sou apenas contra a tal pratica.

      Excluir
    4. Protestar conta um direito? SIM! Agora ter q trabalhar e passar por um lugar onde um bando de gente fica mostrando peitos, bundas e fazendo putaria, porra...tem um bom senso vey! Isso já é sacanagem!

      Excluir
  39. Essa perseguição do Malafaia está ficando insuportável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já ficou há muito tempo. Ele deveria se ocupar da vida pastoral dele, de suas ovelhinhas e cordeirinhos e em pregar o tal evangelho em que diz crê e esquecer os homossexuais, que em geral, não estão muito preocupados com os achaques dele.

      Excluir

Postar um comentário