Pular para o conteúdo principal

Comércio de Rondônia quer acabar com feriado do Dia do Evangélico

Segunda-feira (18), Dia do Evangélico em Rondônia, parte dos comerciantes de Porto Velho deu expediente normalmente, seguindo orientação da Federação do Comércio do Estado, que discorda que a data seja feriado por dar prejuízo ao setor.

O deputado estadual Maurão de Carvalho (PP), autor da lei do feriado, criticou a federação por não respeitar os evangélicos, “esses cristãos tementes a Deus” que, disse, se encontram espalhados pelos 52 municípios de Rondônia.

Rubens Nascimento, presidente da Federação do Comércio, disse que, nessa questão, a Assembleia Legislativa de Rondônia usurpou uma atribuição da União, a quem cabe decretar ou não feriados.

Além disso, segundo ele, por ser o Brasil um país laico, não se pode impor à população uma data de uma religião específica, porque isso é desrespeito à liberdade de religião expressa na Constituição brasileira.

A Federação do Comércio está aguardando a manifestação do STF (Supremo Tribunal Federal), onde tramitam há anos ADIs (Ações Diretas de Inconstitucionalidade ) para que o feriado evangélico seja derrubado. Dezenas de cidades nas diversas regiões do país instituíram o Dia do Evangélico, mas só em parte delas a data tem status de feriado.

Com informação do Rondônia Dinâmica, entre outras fontes.

Dia do Evangélico passa a ser feriado em cidade da Paraíba.
dezembro de 2011

Evangélico critica a lei do ‘Dia do Evangélico’: ‘Estado é laico’.
setembro de 2010

Religião no Estado laico.

Comentários

Rodrigo Mokepon disse…
Ta vendo, como eles imcomodam muita gente?
Marcos disse…
Opa! Pera aí!
Se formos por essa linha de não termos feriados religiosos no estado laico, então nada mais de feriado de páscoa, natal, corpus christi e finados?
E a gente viaja quando pra praia? hahahaha!
Nas ferias
Marcos disse…
Só???
J. Tadeu disse…
Seria bom se tirassem tantos feriados religiosos, como Nossa Senhora, Finados, Sexta-feira Santa, Corpus Christi, e até Carnaval (o Natal na verdade veio da festa pagã ao Sol Invictus, assimilada pela religião oficial greco-romana-judaica, cristianismo) e em troca, diminuíssem a carga horária semanal de trabalho (de 44 para 40 ou mesmo 35 horas semanais, como em alguns países europeus). Façam as contas e vejam o que é mais vantajoso.
Anônimo disse…
Ué? Tem o Dia de Newton, Dia de Einstein, Dia de Max Plank, Dia de Darwin, fora Solstícios e Equinócios.
Explicação para os pentecostelhos:
Newton - Pai da Mecânica Clássica
Einstein - Pai da Relatividade
Max Plank - Pai da Mecânica Quântica
Darwin - Pai da Teoria da Evolução
Mário disse…
Sim, não teremos mais nenhum feriado religioso, talves só o natal que virou mais comercial do que religioso. Por mim não haveria nenhum feriado religioso. Se há os católicos, então há justificativa para haver os evangélicos, os judeus, os afros, os islâmicos, etc..
Anônimo disse…
Têm de proibir o dia de Tiradentes também. A imagem dele se parece muito com a de Jesus Cristo, e isso ofende aos ateus e ao Estado laico.
Wickedman disse…
Tiradentes pode deixar. Esse a gente sabe que existiu.
J. Tadeu disse…
O dia de Tiradentes poderia deixar de ser feriado por outro motivo: "Tira-dentes" lembra "dentista", e só de pensar no nome e na associação com o barulho da broca, sangue, dor, siso arrancado... Isso sim já seria um bom motivo. :-E
não pode disse…
Dia de Newton e Dia de Darwin não são permitidos, pois os referidos cientistas eram CRISTÃOS, e isso fere o Estado laico, além de ofender os ateus.
Israel Chaves disse…
Deviam sim tirar os feriados cristãos também. Se querem feriados, que inventem outros ou dêem importância a outras datas históricas que ninguém liga.
Wickedman disse…
Mas dia de Feynman pode. Ele não era cristão.

E Darwin não foi cristão a vida toda. Se tornou agnóstico no fim da vida.
Anônimo disse…
Desde que substitua por outros, sem problemas!
Lia de Souza disse…
Também voto pelo fim de todos os feriados religiosos. Aliás, dos dias santos de guarda o pior é domingo[ e são muitos], que a força da Icar conseguiu impor até nas leis trabalhistas. O domingo foi reservado como folga semanal obrigatória para que os 'fiéis' fossem às missas.Acabou sendo adotado pelas leis trabalhistas. Se mudaram o a.C/d.C, mera nomenclatura para afastar a referência religiosa do tal JC, por que não mudar o nome do domingo que é, a rigor, dia do Senhor? Por que não 'primeira-feira', como era antes de ser o 'dia do senhor', ou ainda dia do sol, como inglês e afins antigos, ou outro nome que justifique o atrelamento legal às leis trabalhistas, sei lá ( acho errado pagar mais para quem trabalha aos domingos e feriados religiosos). Deveria haver outro critério.

Não é necessário perder a 'folga' do feriado, basta substituir por outro mais cívico.Dia 12 de outubro pode continuar feriado,porém não por ser da NS Aparecida, mas por ser dia do descobrimento da América, data histórica. E assim por diante. Ficam as datas significativas dos estados e municípios, fundação, emancipação, etc.
Natal fica como data folclórica, da lenda ligada ao solstício, convencionando que é perto de virada de ano e feita para oportunizar encontro de famílias, amigos, trocar presentes, etc. Se tem a festa da colheita de tudo, festa da Primavera, por que não a festa do fenômeno astronômico original? Afinal, é só pra dar motivo pra festa mesmo.

Agora, o que é bem contraditório é agnóstico/ateu não aceitar acabar com feriados religiosos só pra folgar, né? Beira à hipocrisia. É como a piadinha da hora que avião balança e tem feriado religioso ninguém é ateu...Não se perde as folgas, trata-se de substituir as razões. Até Carnaval vira festa fixa. Muito melhor do ponto de vista de acerto trabalhista e ano letivo.

Se tem feriado religioso católico, e só conheço católico, por que não de outras religiões e seitas?

Voto pelo fim de todos eles.
Lia de Souza disse…
Onde está na bíblia a 'imagem' de JC? a descrição?

A imagem de JC é que parece Tiradentes e não o contrário. Todas as imagens de Deus e JC são criações artísticas. Já vi gente achando o ator Fábio Assunção a 'cara' de Jesus ¬¬ aff. Loiro de olhos claros. Se desde que começaram os ícones botassem a cara dele como de terrorista do hamas,queria ver só. Ou cara de beduíno...
Israel Chaves disse…
Como se já não tivéssemos feriados demais. Pode ser muito legal para quem quer ficar em casa, mas fode a economia.
Feriados deveriam ser só as datas realmente importantes.
Caruê disse…
Darwin era tão ateu quanto Richard Dawkins, quem tem duvidas a respeito de algo significa que ainda não acredita e se ainda não acredita é ateu.
Anônimo disse…
Você quis dizer feriados católicos?
Israel Chaves disse…
Não. Natal e Páscoa, por exemplo, não são exclusividade católica. Evangélicos também comemoram. Cristãos em geral comemoram, acho que só os Testemunhas de Jeová que não.
J. Tadeu disse…
Pro comércio em geral, os únicos feriados que tem impacto positivo nas vendas (em quase todos os setores) são Páscoa, Dia dos Namorados, Dia das Mães, Dia dos Pais e Natal, quase todos no domingo e sem ser dia de folga (com exceção do Natal, se cair durante a semana). Não conheço outros.
Anônimo disse…
Esse feriado só seria justo se também tivesse:
Dia do católico.
Dia do muçulmano.
Dia do indu.
Dia do wicca.
Dia do budista, etc, etc, etc, etc,etc
E mais etc.
ateus ofendem Darwin disse…
Falar que Charles Darwin era "tão ateu quanto Dawkins" é uma verdadeira ofensa ao cientista britânico (o cientista de verdade, do século XIX, não o militante ateísta pop star do séc XXI), pai da Teoria da Evolução.

Quem tem dúvidas é cético, questionador, pesquisador, às vezes agnóstico, e principalmente livre pensador, e pode até ser cristão, como era o caso de Darwin.

O ateísta típico tem CERTEZAS IDIOTAS de que só existe isso aqui, e aquilo ali não existe. Não era o caso de Darwin, cientista de mente extremamente aberta e questionadora, coisa raríssima nos ateus felizes com sua meia dúzia de verdadezinhas prontas.
Anônimo disse…
Concordo plenamente com a redução da carga horária de trabalho.
Felipe... disse…
Qual é a diferença entra jesus e tiradentes?


é que o tiradentes existiu de fato.
Anônimo disse…
O que importa é que a imagem atribuída a Tiradentes é muito parecida com a imagem atribuída a Jesus Cristo, e isso viola o princípio de separação entre religião e Estado, ofende os ateus e fere o Estado laico.

Por estas razões, o Dia de Tiradentes deve ser proibido, pois o mesmo é inadmissível num verdadeiro Estado laico.
Anônimo disse…
Prove!
Comissão da Verdade disse…
O Dia da Proclamação da República (15 de novembro) também deve ser proibido, pois tal evento foi um golpe militar.

Não podemos admitir esse tipo de comemoração numa sociedade progressista que zele pelos valores democráticos comunistas.
Anônimo disse…
Já existe Dia do Orgulho Gay, fique tranqüilo.
Cisma disse…
Ateus são tão ignorantes quanto religiosos crentes. Poderiam até ser chamados de irreligiosos crentes. Tentam fundamentar seus dogmas da não crença em verdades científicas, mas não entendem que a Ciência prima pela observação e invetigação, e não pela simples descrença inativa e improdutiva. A Ciência repudia a simples crença e a simples descrença, pois são simples crenças em coisas diferentes ou simples descrenças em coisas diferentes. São, fundamentalmente, a mesma coisa. São coisas de mentes limitadas e preguiçosas que enxergam um mundo em preto e branco.
Só os Agnósticos podem produzir idéias, realmente, revolucionárias, como Darwin e Jesus Cristo. Sim! Jesus era Agnóstico. Ele criou seu sistema filosófico porque duvidava da aplicabilidade das leis, do que chamamos hoje de Antigo Testamento, ao presente em que ele vivia e ao futuro.
Agnósticos devem anunciar bem alto que não são ateus e não tem nada a ver com ateus. Agnósticos devem separar-se de ateus!
Michelle disse…
>> Além disso, segundo ele, por ser o Brasil um país laico, não se pode impor à população uma data de uma religião específica, porque isso é desrespeito à liberdade de religião expressa na Constituição brasileira.

Ótimo. Então pq não acabar com os feriados de Nossa Senhora Aparecida, Corpus Christ, Páscoa, Sexta-Feira da Paixão, Dia de Santo Antônio, etc, já que esses feriados são uma imposição à uma religião específica? O que vale pra uma religião, vale pra todas e não são "dois pesos, duas medidas".

Senti um pouco de hipocrisia nesse comentário do Rubens Nascimento.
Oração dos Ateus disse…
Não creio em Deus,
Creio na Razão.
Ninguém por mim sofreu,
Ninguém por mim morreu.
É tudo ilusão!

Eu sou ateu.
Estimo a Ciência.
Esse tal plebeu,
Que em Belém nasceu,
perturba minha paciência!

De verdade, em verdade
O Mundo se torna laico.
De cidade em cidadade,
vejo que a realidade,
É um mero fluxo prosaico.

Por tras da criação,
Não há um Criador.
O que há é evolução.
Nunca existiu criação,
Nem deus interior.

Não pratico a crença,
Isto é pura bobagem.
Só creio na descrença.
Pois, quem existe pensa.
E o resto é trollagem.
Israel Chaves disse…
Esse dia não é feriado, caro crentroll.
Aprenda a diferença entre feriado e data comemorativa. Todo dia é data comemorativa de alguma coisa (Dia do Médico, Dia do Santo tal, Dia da Aviação, etc.), mas nem toda data comemorativa é feriado.
Foda. Igreja demais e escola de menos dá nisso.
Por mim eu ficava só com Tiradentes, Trabalho, Indenpendência, República e Aniversário da cidade.

Seria bom Consciência Negra em todos os estados, lembrando a morte de Zumbi dos Palmares em 20 de Novembro.

Aqui em Manaus temos o Dia da Elevação do Amazonas à categoria de província, dia 5 de Setembro, aí emendamos com o Dia da Independência e fica um feriadão. Pra mim isso já tá de bom tamanho. Brasileiro precisa trabalhar e estudar!
Anônimo disse…
Que crentelho criativo !
Oração dos Ateus (continuação) disse…
Creio na minha arrogância,
no que Richard Dawkins fala,
e no Estado Laico salvador.

Amém.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Terraplanista vai a Noruega, vê o sol da meia-noite e admite que a Terra é redonda

Contar o número de deuses é difícil porque são muitos, dezenas de milhares, milhões

Bíblia tem mais de 2,5 milhões de mortes em nome de Deus

Darwin teve a melhor ideia de todas porque liga vida, física e cosmologia, diz Dennett

A beleza ilusória do mundo da nuvem digital tem impacto na saúde mental

Não acreditar em Deus é atalho para a felicidade, afirma Sam Harris

Evangélicos acham que o dízimo é investimento financeiro, afirma estudo