Igreja Universal abre templo até em aldeia africana



É difícil saber quantos templos a Igreja Universal abre por dia em todo o mundo, porque ela está se estabelecendo até em aldeias africanas.

Esse é o caso da aldeia Nhanque, da província de Buba, da Guiné-Bissau [mapa].

Ali, a Igreja tem um templo de barro.

O site da Universal estima que 45% da população da Guiné-Bissau praticam “religiões étnicas”.

Ou seja, do ponto de vista da Universal, é tudo gente que acredita em espíritos endemoniados.

Haja exorcismo!

A Igreja já comunicou à aldeia que é importante conquistar a “salvação”, porque “a qualquer momento Jesus pode voltar”.

Portanto, que os fiéis tratem de ir pagando o dízimo do que jeito que der.

À espera de Jesus

Envio de correção



Em Estado laico ninguém pode impor sua religião à sociedade


Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog