Marvel pede desculpas por citação de ódio do Corão



A Marvel Comics pediu desculpas ao seu público por referências do Corão colocadas disfarçadamente no quadrinho X-Men Gol # 1.

Surata 5:51 prega ódio aos judeus e cristãos

Explicou que as menções foram introduzidas na publicação pelo artista muçulmano indonésio Ardian Syaf, sem que tivesse autorização para isso.

Syaf colocou o número 5:51 na camiseta de um mutante russo.

Trata-se de uma surata do Corão que diz: “Ó fiéis, não tomeis por amigos os judeus nem os cristãos; que sejam amigos entre si. Porém, quem dentre vós os tomar por amigos, certamente será um deles; e Alá não encaminha os iníquos”.

Em outro desenho da história, Sayaf colocou 212 como numeração de uma joalharia que serve de fundo para a cena em que a personagem judaica Kitty Pryde fala a um grupo de pessoas.

O número 212 se refere ao protesto de muçulmanos contra o governo cristão de Jakarta que ocorreu em 2 de dezembro de 2016.

Marvel tirou a publicação de circulação e vai substituí-la por uma versão sem as mensagens de ódio.

A empresa informou que vai submeter o artista a “medidas disciplinares”.

No Facebook, Sayaf assumiu a autoria das menções e disse estar arrependido.

Acrescentou que não tem ódio dos judeus nem dos cristãos.

Acredite quem quiser.

O número 212 faz referência a
um protesto contra cristãos
Envio de correção.

Com informação do Sky News e de outras fontes.



Igreja coloca Jesus entre Vingadores para atrair jovens


Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog