Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

sábado, 19 de novembro de 2016

Transexual acusa TJs de ficar com dinheiro que deu para mãe

Sarah trabalha como prostituta na Espanha
A transexual brasileira Sarah (foto) apresentou à polícia de Salamanca (Espanha) pedido de intervenção da Justiça para que a religião fundamentalista Testemunhas de Jeová devolva o dinheiro que ela enviou a sua mãe, no Brasil, ao longo de oito anos. A Igreja não se manifestou sobre a denúncia.

O dinheiro era para que a mãe comprasse uma casa. A intenção da transexual era voltar para o Brasil e morar com a mãe.

Sarah trabalha no mercado de prostituição da Espanha há quatro anos. Antes, atuou na Itália, onde se submeteu a uma cirurgia de mudança de sexo.

No Brasil, a TJs a expulsou em 2.000 porque, então com nome de homem, admitiu gostar de pessoas do mesmo sexo.

A mãe de Sarah também foi expulsa da religião sob a acusação de adultério, mas ela foi readmitida, o que a levou a rejeitar de novo a filha transexual. O pai foi o primeiro a rejeitá-la.

“Notei que ela passou a demorar mais para responder minhas mensagens”, disse Sarah. “E começou a me chamar pelo meu nome de homem.”

"Eu perdi minha família, mas pelo menos estou conseguindo ganhar meu dinheiro com a prostituição."

Com informação de El Periódico.


Envio de correção.

Ninguém é mais desprezado do que o travesti, escreve Varella


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...