Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Polícia de Goiás prende padre acusado de abusar de deficiente

com atualização

A Polícia Civil de Caldas Novas (GO) prendeu no sábado (4 de junho de 2016) o padre Fabiano Santos Gongaza (foto), 28, sob a acusação de molestar um garoto de 15 anos portador de deficiência intelectual que mora no Distrito Federal. O religioso é de Frutal (MG), cidade que pertence à Arquidiocese de Uberaba.

Padre teria
atacado garoto
em uma saúna
A polícia informou que o menino contou a sua família que, quando estava em uma sauna em um clube de Caldas Novas, foi beijado na boca por um homem e foi usado por ele para sexo oral.

Descobriu-se, depois, que o homem é um padre que estava em um hotel, o mesmo onde se hospedava a família do garoto.

Gonzaga teria admitido que é homossexual, mas negou que tenha abusado do menino.

A delegada Sabrina Leles disse que o menino “contou minuciosamente o que aconteceu”.

Ela disse que havia no celular do padre mensagens e conteúdos pornográficos, mas nada que possa ser classificado como material de pedofilia.

Com informação do site Metrópole e de outras fontes.

Arcebispo afirma que punir padre pedófilo idoso ‘é vingança’






Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...