Paulopes

Religião, ateísmo, ciência e astronomia

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Mãe solteira joga balde de merda e urina em pastores

Evangélica disse à polícia que se
 sentia desmoralizada pelas pregações

M.S.R., uma dona de casa de 47 anos, durante o culto de Ano Novo de uma Igreja da Assembleia de Deus, em Lucas do Rio Verde (MT), jogou um balde de merda e urina nos pastore e em algumas fiéis.

As vítimas foram a um hospital para verificar se as fezes tinham causado algum tipo infecção.

Um dos pastores reclamou de ardência nos olhos.

Detida neste final de semana pela Polícia Civil, a mulher disse que seu ato foi uma reação aos pastores que depreciam as mulheres solteiras, como ela.

Por causa disso, ela estaria sofrendo preconceito na cidade.

Lucas do Rio Verde tem cerca de 56 mil habitantes e fica a 350 km de Cuiabá.

O delegado Walter de Melo Fonseca contou que a mulher afirmou em depoimento que estava sendo acusada de viver em pecado por ter filho e não ser casada.

“Ela disse que estava sofrendo com essa situação e até entrou em depressão", afirmou Fonseca. "Disse que tinha um tratamento diferente em relação às outras pessoas pelo fato de não ter um marido."
O nome da mulher não foi revelado.

A polícia a liberou após ela ter assinado um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) comprometendo-se a não mais jogar merda nos pastores.

Ainda assim ela vai responder na Justiça pelo crime de ultraje a culto religioso.

Já os pastores que teriam disseminado preconceito contra as mulheres solteiras vão ficar impunes.

Com informação de Olhar Direto e foto de Celso Ferreira Nery.





Bispa lança cosméticos que exalam o ‘bom cheiro de Jesus’


Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...