segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Pai de senador americano diz que ateísmo estimula pedofilia

Rafael Cruz
Rafael Cruz elaborou uma ética de
comportamento para culpar ateus
Repercutiu na internet dos Estados Unidos a declaração de ódio aos ateus feita por Rafael Cruz (foto), pai de Ted Cruz, um senador do Partido Republicano.

Em palestra em um evento em Oklahoma, Rafael fez afirmações gratuitas como a de que o ateísmo e o humanismo secular levam ao abuso sexual de crianças.

"Vejamos, por exemplo, as consequências comportamentais desses dois fundamentos", disse Cruz. "Se não há nada, se Deus não existe, então somos governados pelos nossos instintos."

Nos Estados Unidos, como ocorre em outros países, têm sido frequentes casos de padres e pastores evangélicos pedófilos, mas essa é a primeira vez que alguém inclui os ateus, sem se apresentar qualquer prova ou dado estatístico.

Rafael desenvolveu uma teoria tortuosa para incriminar os ateus. Disse que a sociedade, por não ter uma moral absoluta, se guia por uma “ética situcional” para determinar o que é certo e o que é errado.

Falou que os ateus se aproveitam desse “relativismo moral” para disseminar práticas como o assédio sexual às crianças. “O que eles [ateus] pregam é anarquia moral.”





Arcebispo associa avanço da violência ao 'ateísmo prático' 
novembro de 2012

Ateísmo


Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...