Senegal acusa missionários brasileiros de traficar crianças

missionário José Dilson
Pastor José Dilson foi preso
no começo de outubro
A polícia do Segenal prendeu no começo de outubro os missionários brasileiros José Dilson (foto) e Zenaide Moreira Novais sob a acusação do Ministério Público de usarem um orfanato em Mbur para tráfico de crianças, desvio de menores e formação de quadrilha.

A APMT (Agência Presbiteriana de Missões Transculturais), dirigida por Dilson e sua mulher Marli, nega a acusação. Para o Ministério Público, contudo, trata-se de uma “Associação de Malfeitores para crianças”.

Senegal é um país africano com população de aproximadamente 14 milhões. A maioria é muçulmana. O tráfico de crianças para uso de pedófilos e outras finalidades é um grave problema no país.

Para a APMT, a prisão seria por motivo religioso, porque é acusada de evangelizar as crianças. Marli disse que seu marido foi obrigado a assinar documentos (que supostamente legitimam as acusações) sem lê-los.

missionária Marli
Marli admite que terá
de fechar orfanato
Os advogados da agência vão solicitar à Justiça um habeas corpus para que os missionários respondam as acusações em liberdade.

Marli disse que Dilson está preso com bandidos em uma cela que “não tem luz, água, nem cadeira para sentar”.

Ela admitiu que terá de fechar o orfanato e enviar as crianças para outras instituições.


Comentários

  1. Tem pena de morte pra esse crime, lá? É que esses religiosos elogiam tanto a vida eterna no céu que uma viagem só de ida para lá deve ser o objeto do desejo deles, não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se for preciso Elcio, com certeza!! Muitos são os que morrem nos campos missionários!

      Excluir
  2. Nesses países so tem penas pesadas para homossexuais já traficar crianças e pedofilia td bem!

    ResponderExcluir
  3. Marli disse que seu marido foi obrigado a assinar documentos (que supostamente legitimam as acusações) sem lê-los.

    putz jesus e você nem pra ajudar HAHAHA , pena de morte para esses traficantes de crianças , tomara que sejam decapitados....

    ResponderExcluir
  4. Pau neste crente pedófilo pra ele aprender o que é bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hummmm safadinho...

      Excluir
    2. Deixa de ser idiota. Quem falou em pedofilia?!!!

      Excluir
  5. Olha as missões evangélicas aí gente!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E os estudantes armando tenda pra falar de missões na africa tsc tsc .............esses evanja é muito burro..

      Excluir
    2. Ah, ah!, também lembrei disso! Tá aí a matéria para aquele grupo de estudantes evangélicos preconceituosos de Manaus. Querem falar de evangelização na África? Tá aí a matéria!

      Excluir
  6. Em relação à acusação, não sei e nem quero saber. Não estou diante dos fatos para ter melhor juízo.

    Mas uma coisa é fato. Esse pessoal adora criar problema. Em todos lugares que vão, querem evangelizar, arrebanhar. No presídio, no transporte, na escola etc.

    Muitos buscando arrumando um jeito fácil de ganhar dinheiro, afinal como uma pessoa se sustenta - e a sua família, diga-se -, sem dinheiro, hein?

    Para início de negócio - digo, de conversa -, que jeito mais fácil seria senão o de recolher uma miserável "alma" aqui, outra ali, com a pecha de "obra social" e donativos para isso - e tudo em nome da caridade, sabe. Ou ainda para salvação da "alma" perdia nesse mundo - como se ela precisasse de salvação.

    Depois, um dízimo de uns aqui e outros ali, daqueles que foram doutrinados. Logo teremos algum "artista" que abraça a "causa" - artista este querendo promover-se de carona - e finalmente chega-se a uma "senhora" OS e seus convênios com governos.

    Tem exceções? Deve ter. Mas muito poucas, certamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto delírio!! São pessoas que estão morrendo de fome e quando comem, é porque a igreja ajudou. Não têm nada para oferecer. Os missionários são pessoas que saem do conforto de suas casas, de seu país, para viverem da forma que essas pessoas vivem,justamente para facilitar a aproximação. Muitos são capturados e mortos!!!

      Excluir
    2. Você, pelo jeito, crê até em Papai Noel. A maioria desses evangelizadores são safados, mesmo, volta e meia envolvidos em escândalos. Isso quando não incitam os adultos a acreditar que as crianças são bruxas. A África já tem problemas demais pra ter agüentar ainda mais esses crentes hipócritas e exploradores.

      Excluir
    3. Conheço homens de bem que se escondem para poder falar da maravilhosa bença que é o evangélio de Deus. Infelizmente, pessoas que se acham melhores do que essas pessoas que deixam família, casa, conforto, trabalho, para falar um pouco de Deus, devem olhar para si ver que não são tão boas assim... que Deus mostre que nós verdadeiramente somos...

      Excluir
  7. Voltando à história que cerca o caso noticiado.

    É importante uma investigação séria, isenta, e sabemos que:
    Se num país como o nosso a polícia e o sistema judiciário em geral não estão isentos de interferências políticas, e mesmo outras, ocultas, que dirá em países que possuem uma certa intolerância religiosa? Portanto, é bom que o caso seja acompanhado pelo consulado. Digo acompanhado, apenas, sem interferência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais um que critica o Poder Judiciário sem conhecer. No mínimo, deve ser algum espertalhão que teve algum problema judicial (criminal ou não) e se achou o injustiçado por "interferências políticas" ou "outras ocultas". Faz-me rir, ok?

      Excluir
    2. Conheço sim. Porém longe de conhecê-lo inteiramente. E se tivesse algum problema na justiça sequer estaria trabalhando no órgão. Mas você, anônimo, por que se esconde no anonimato, se a CR veda?

      Excluir
    3. Veda o anonimato pra efeito de reivindicação de direitos assegurados pela CF.

      Excluir
    4. Perdão, se o seu problema era com o "anonimato", agora está resolvido.

      Sabia que com sua conduta, em tese, você poderia ter violado a proibição descrita no artigo 242, I, da Lei nº 10.261/68 (se você for servidor público civil em São Paulo, mas acredito que nos Estatutos dos outros estados existe norma parecida)?

      Excluir
    5. Shuashuashua... Um estatuto de 1968, anterior à CR de 1988? Quer me calar com isso?
      A vedação do anonimato é para efeitos de reivindicação de direitos? Ora, diz a norma que é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

      Excluir
    6. Vá em frente, Henrique. Entre no site e denuncie.

      Excluir
    7. Aparece cada um, crendo ser o dono da palavra. Sujeito mais mal educado. Até parece que o órgão - seja o judiciário, o policial, o ministerial, o fiscal, o escolar etc. - é isento de interferências. O ser humano está em todas as relações. O órgão age através de quem? Há ser humano perfeito? Logo, há órgão perfeito?

      Excluir
    8. Caso você não saiba, trata-se do Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de São Paulo. Mas não vou discutir sobre isso aqui. Bem como não vou perder meu tempo te denunciando ninguém ou algo do tipo, não ganho nada com isso.

      Como as coisas mudam né, agora você já mudou parcialmente sua opinião. O que era uma generalização, agora deu lugar a uma flexibilizada. E realmente, é cada um que aparece né sr. Daniel.

      Excluir
    9. Henrique, tenho certeza que não fiz ser bem entendido em nenhuma das minhas duas colocações. Desde o início, pensei no ser e não órgão. Em certas instituições existem mais ou menos situações tais, ou todas elas. E não falo de política. Mas ocultas, de valores pessoais ou comunitários, ou, ainda, a popular. A imparcialidade é impossível. E tem ainda atitudes criminosas, que em certos órgãos são mais raros que outros. Em fim, discussão salutar. Não baixaria, como você quis fazer.

      Excluir
    10. Ok, mas quando você escreveu "a polícia e o sistema judiciário em geral não estão isentos" certamente se referiu ao todo (e não apenas ao "ser"). Fazendo uma interpretação sem dificuldades, deu pra extrair sua crítica às Instituições referidas.

      Sim, a imparcialidade total não é possível. Tanto é que os Juízes, por exemplo, têm a liberdade de decidirem conforme seu entendimento, mas devendo respeitar as legislações.

      Ocorre que muitas vezes as questões possuem diversos entendimentos. Por exemplo: em relação ao casamento/união estável - se a gente levar ao pé da letra o artigo 226 da Constituição, só casais heterossexuais podem se casar. No entanto, se a gente for analisar a Constituição como um todo, não há motivos pra não permitir o casamento homossexual, já que o texto constitucional é enfático em estabelecer a igualdade de direitos entre todos os cidadãos e sua "repulsa" ao preconceito. Portanto, existem os dois posicionamentos. E por este motivo que exige o duplo grau de jurisdição, pra que quem se sinta prejudicado recorra, sendo o caso reexaminado por um colegiado de juízes (Tribunal).

      No entanto, não é porque que um Juiz decidiu de um modo ou de outro que eles estão indo contra a lei. Diferente situação é quando a gente diz que existem "interferências políticas ou ocultas", o que dá a impressão de corrupção e etc.

      E não estou dizendo que não existem Juízes, Policiais, Promotores, corruptos. Existem sim, mas não podemos generalizar toda a Instituição.

      Excluir
  8. Conheço sim. Porém longe de conhecê-lo inteiramente. E se tivesse algum problema na justiça se quer estaria trabalhando no órgão. Mas você, anônimo, por que se esconde no anonimato, se a CR veda?

    ResponderExcluir
  9. Marli disse que Dilson está preso com bandidos em uma cela(...)

    Provavelmente está no lugar dele, com seus pares. Se bem que num país de maioria muçulmana, é bom desconfiar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que ele já foi "justamente" estuprado pelos outros detentos?

      Excluir
  10. A sacrossanta proteção divina, sendo desmascarada.
    Como se ve, se a tal divindade não proteje nem os seus asseclas, imagine o resto.
    Apenas tolos continuam acreditando nisso.
    Estes que acreditam acabam dando espaço pra criminosos continuarem com suas ações nefastas.

    ResponderExcluir
  11. caramba que denuncia grave , eu sou ateu é lamento muito pelas crianças que foram vitima desse monstro cristão evangélico.

    ResponderExcluir
  12. Car@s,

    Alguém saberia me dizer, qual a razão de eu não conseguir visualizar meu último comentário no post anterior? Já fiz várias tentativas de carregar a página.

    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Artimanha do inimigo, irmão!

      Joelhos no chão é a solução! Joelhos no chão...
      Shalom!

      Excluir
    2. É obra de satanás! Tem que rezar 30 ave-marias pra deus libera a visualização.

      Excluir
    3. não entendo que esse pastor faz aqui, parece masoquista, gosta de sofrer.

      Excluir
  13. Isso pe obra mina hehehe...

    TRANCA RUA.

    ResponderExcluir
  14. Sempre desconfio de pessoas bondosas que querem ajudar crianças e vão pra outros países pra fazer isso, acho que se eles quisessem mesmo ajudar, não precisariam viajar pra tão longe, pelo menos no que diz respeito aos brasileiros, pois o que não falta aqui são pessoas precisando de ajuda. Fatima

    ResponderExcluir
  15. Coitados ja foram julgados e condenados por certas pessoas que aqui comentaram,sem no mínimo darem a presunção de inocência ate serem apurados os fatos.tanta gente hipócrita por aqui.

    Se de facto forem culpados que paguem pelo seu crime sejam eles quem forem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo se forem inocentes eles devem estar felizes, vão morrer igual o mito jezuis.. Pra mim eles já são culpados ensinando cristianismo pra crianças fazendo lavagem cerebral nas pobres crianças.

      Excluir
    2. Os presidiários vão mostrar pra eles com quantos "paus" se faz uma canoa!

      Nem preso tolera estupradores, então eles estupram também! Né mole não, mermão! Pau neles!!!!

      Vão experimentar um cotonetão estraçalhando o lombo bonitinho!

      Excluir
  16. Porque o espanto?

    Afinal, trata-se de evangélicos!

    ResponderExcluir
  17. Eu conheço Dilson e Marli, são da minha cidade, eles não são pedofilo nem tão pouco traficantes de criança. O que acontece que crianças de rua estavam se convertento ao cristianismo, e na região como essa é inaceitável, por isso estão sendo perseguidos.
    As pessoas em vez de julgarem deveriam orar e pedir que Deus tenha misericordia desses missionários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De que cidade eles são? Parece que conheço eles de algum lugar.

      Excluir
    2. a maioria aqui eh ateu... e tratando-se de noticias que escandalizam a igreja, os cristãos e Jesus, não pensam duas vezes antes de fazer uma crítica. que infelizmente, sao na maioria doentias. (na minha opiniao).
      Será que a mídia nao manipulou os fatos? as noticias? eram deveras pedofilos? traficantes de crianças??
      pelos comentarios feitos por nossos colegas ate parecem que eles estavam la. ate parece que viram todos os fatos.
      mas o pior, eh q parecem esqecer o poder que um governo tem, juntamente com a midia,para manipular a noticia dos fatos. alguem aqui esta esqecido da ditadura militar? da censura? da midia controlada e manipulada?
      se esses missionarios que foram presos, forem msmo criminosos, terao o seu castigo...
      mas se eles foram presos por amor ao evangelho e a DEUS, eles terao seu galardao no ceu.
      quem nao acreditar, que nao acredite... a biblia fala que uns creem en carros, outros em cavalos, e outros em nada.. mas quem cre em Deus que faça mençao de Seu nome.

      Excluir
    3. Eles são de Eunapolis - Bahia

      Excluir

  18. Natural, afinal eles são evangélicos, esperem tudo mas tudo mesmo de um evangélico.Principalmente de pastor.

    ResponderExcluir

Postar um comentário