Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Juiz de tribunal paulista censura vídeo a pedido de muçulmanos

“Inocência dos Muçulmanos”
Nos EUA,  Google resiste em 
 tirar o vídeo de exibição
O juiz Gilson Delgado Miranda, da 25ª Vara do TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo, acatou pedido da União Nacional das Entidades Islâmicas e mandou nesta terça-feira (25) o Youtube tirar do ar o trailer do polêmico filme anti-islã “Inocência dos Muçulmanos”. A decisão não se restringe ao trailer porque abrange todos os vídeos que contenham trechos do filme.

Se o site não tirar o vídeo do ar em 10 dias, a partir desse prazo pagará multa diária de R$ 10 mil.

O juiz concordou com a alegação da entidade islâmica de que o vídeo pode “induzir ou incitar a discriminação de preconceito de religião”.

Tem havido em mais de 20 países, principalmente nos de cultura islâmica, forte reação ao trailer, e o saldo de mortes já chega a dezenas. Em São Paulo, na sexta-feira (21), muçulmanos fizeram um protesto pacífico.

Para os muçulmanos, qualquer representação de Maomé é ofensiva. Além disso, o filme mostra o profeta como néscio e aproveitador de mulheres, inclusive de adolescentes.

O juiz admitiu que a questão é “complexa” porque envolve “um conflito” entre a liberdade de expressão e a “necessidade de proteção de indivíduos ou grupos humanos contra manifestações” cujos efeitos possam promover o preconceito religioso.

Juiz derruba liminar que proibia filme anti-islã aos brasileiros
janeiro de 2013

Nos Estados Unidos, o Google, ao qual pertence o Youtube, tem resistido às pressões, inclusive do governo, para deixar de exibir o vídeo. Mas o bloqueiou na Líbia e Egito, onde os protestos foram mais veementes, e na Índia e Indonésia, países cuja legislação proíbe esse tipo de filme.

Na internet brasileira já se espalhou uma versão com legendas em português do vídeo.

Vídeo tem versão com legenda em português

video

Com informação da Folha, entre outras fontes.

Versão legendada em português mostra trailer do filme anti-islã
setembro de 2012

Religião contra liberdade de expressão.   Fanatismo religioso.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...