Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Polícia da Índia procura ateu que desvendou milagre para prendê-lo

Sanal Edamaruku
Edamaruku mostrou
 que Cristo goteja
 água de infiltração
Policiais de Delhi (Índia) estiveram na manhã de hoje (4) na casa de Sanal Edamaruku (foto), 56, para cumprir a ordem judicial de prendê-lo e não o encontraram. Para que  o cético não seja preso, seus familiares informaram que ele se encontra em viagem para local não identificado.

A Igreja Católica está usando a Justiça para perseguir Edamaruku por ele ter mostrado na TV a farsa que era o “milagre” das gotas d’água do pé de um crucifixo em Mumbai.

Edamaruku, que é presidente da Associação Racionalista Indiana, alertou os católicos que estavam fazendo romaria ao crucifixo em busca de um pouco da “água benta” que se tratava de uma infiltração de um encanamento rompido.

Ele tirou fotografias de onde vinha o líquido que, disse, podia estar contaminado. Autoridades católicas ficaram furiosas e recorreram à lei da blasfêmia.

Água benta vinha de um
encanamento rompido
Nos últimos dias, a situação se complicou para o cético, porque a Justiça se recusou pela segunda vez a receber um pedido de “fiança antecipatória”.

O cético é chamado de “caça-gurus” por ter desmascarado mais de 300 charlatões, entre eles curandeiros, xamãs, adivinhos e médiuns. Mas nunca ele sofreu uma retaliação tão determinada como a de agora, da Igreja Católica.

A Rationalist International, entidade de livres pensadores, está apoiando Edamaruku, pedindo doações para custear os advogados e a divulgação do caso, para sensibilizar os defensores da liberdade de expressão, além de pressionar a Justiça da Índia e o Vaticano. 

Cético mostra na TV a origem do milagre 

video


Com informação do site da Rationalist Internacional.

Justiça recusa fiança antecipatória ao indiano ateu que melou milagre
junho de 2012

Sanal Edamaruku.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...